1ª audiência sobre morte de padre em Angical é realizada

A primeira audiência que trata da morte do padre Raimundo Reinan Valette (ver aqui), ocorrida em março, em Angical, foi realizada na terça-feira (20/ago) na comarca da cidade. Quatro testemunhas do crime foram ouvidas pelo juiz André Gomma. Informações do assistente do juiz, Josafá Ramos, dão conta de que outra audiência já está marcada para o dia 17 de setembro, às 9h, para que mais uma testemunha e o suspeito do crime, um jovem de 18 anos, sejam ouvidos. Dois adolescentes que participaram do crime cumprem pena educativa em Feira de Santana, e também devem ser ouvidos na cidade onde estão. Segundo, ainda o assistente Josafá Ramos, o crime foi configurado como latrocínio. No caso dos adolescentes, que já foram sentenciados, eles vão cumprir três anos de internação no Centro de atendimento Socioeducativo de Feira de Santana pelo ato infracional de latrocínio. Eles têm 13 e 17 anos.
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply