João diz que pode desistir de reeleição à presidência da Câmara

O atual presidente da Câmara de Vereadores de Rio Grande da Serra, vereador João Mineiro (PSDB), disse ao Repórter ABC que poderá desistir de disputar a sua reeleição no comando da Casa de Lei.

Segundo disse o parlamentar, a política é um ambiente que muito lhe agrada mas ao mesmo tempo que a função de chefe do legislativo lhe consome muito tempo e lhe impõe muitas responsabilidades.

“Estou a aproximadamente cinco meses do término de meu mandato como presidente. Durante a minha gestão, foram muitos os aprendizados e realizações. Ao final de 2016, pudemos devolver aos cofres da prefeitura R$ 567 mil frutos de uma gestão séria e comprometida com os recursos públicos. Quando assumi a presidência, cortei o ralo do desperdício, principalmente com o consumo de combustível para os veículos oficiais”, disse Mineiro.

Sobre o seu futuro político, João Mineiro disse estar avalizando as suas decisões pessoais.

Eu estou no meu terceiro mandato, e sempre aumentando a minha votação. Já sou um homem maduro e experiente na vida. Quero poder ter mais tempo para minha família e amigos. Ultimamente ando pensativo sobre muitas coisas e sinto que ainda é muito cedo para tomar decisões. No mais, continuo no meu mandato ao qual fui eleito até o fim.

No parlamento municipal, o vereador João Mineiro mantém boas relações com os demais parlamentares. Sempre receptivo e aberta ao diálogo. Caso João Mineiro confirme a sua disposição em não mais disputar uma recondução a presidência, um possível favorecido, talvez seja Bibinho, seu colega de partido, que por diversas vezes já declarou pré-candidato ao comando da Câmara municipal. Outros possíveis candidatos são: os estreantes Jonathan Rago (PSD) e Akira Ono (PSB) e também Benedito Araújo do PT.

Deixe uma resposta