Geninho Zuliani, ribeirãopirense, ex-prefeito de Olímpia e candidato a deputado Federal é entrevistado pelo Repórter ABC

O ribeirãopirense Geninho Zuliani, foi prefeito de Olímpia por duas vezes a colocou a cidade como a segunda mais desenvolvida do Brasil

Em visita pelo ABC Paulista, o ilustre ribeirãopirense se encontra com amigos

Visitando cidades da região, o candidato a deputado federal Geninho Zuliani (DEM) esteve em Ribeirão Pires nesta sexta-feira (3), oportunidade em que foi entrevistado pelo Repórter ABC. Nascido em Ribeirão Pires, mudou-se para Olímpia quando tinha apenas 05 anos de idade, mas não perdeu contato com a sua cidade natal, sempre retornando para visitas a familiares. Geninho tem 42 anos de idade, é graduado e pós-graduado em Gestão Pública na Universidade de Harvard. Foi vereador por três vezes na cidade de Olímpia, prefeito por duas vezes. Geninho foi diretor da União dos vereadores do Estado de São Paulo (Uvesp), Presidente da Associação dos Municípios da Araraquarense (AMA), presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Turvo Grande (CBH T/G), Presidente do Consórcio de Desenvolvimento do Vale do Rio Grande, vice -presidente da Associação Paulista de Municípios (APM) e Coordenador do Programa Cidade Legal do Governo do Estado.

Na entrevista, Geninho Zuliani falou ao Repórter ABC, sobre a sua experiência exitosa a frente da prefeitura da Estância Turística de Olímpia, sobre o Programa Legal onde ao lado de Rodrigo Garcia (candidato a vice-governador na chapa de João Dória) que destinou R$ 500.000,00 para regularização de imóveis em Ribeirão Pires, sobre a sua administração que levou a Estância Turística de Olímpia a condição de 2ª cidade mais desenvolvida do Brasil e também, caso eleito deputado Federal, sobre as atuação como parlamentar.

RABC – Você é nascido em Ribeirão Pires, como era no tempo em que morou aqui na cidade e como foi a sua ida para Olímpia.
Geninho Zuliani – Eu me mudei para Olímpia ainda com 05 anos de idade, mas tenho boas recordações daqueles tempos. Foi uma época muito boa onde eu brincava com total liberdade. Meu pai tinha uma empresa de transportes aqui na cidade e como tínhamos parentes em Olímpia, meus pais resolveram se mudar pra lá, mas eu nunca me desliguei de Ribeirão Pires, mesmo com a vida agitada da política sempre arrumava tempo para visitar a cidade. Sempre tive um carinho especial por Ribeirão Pires, no final de 2017, enquanto coordenava o Programa Cidade Legal do CDHU, junto com o secretário de Habitação do Governo do Estado, Rodrigo Garcia, liberamos R$ 500 mil para Ribeirão para a regularização de imóveis de loteamento em condições de vulnerabilidade. Os recursos liberados são para transformar os moradores em proprietários de fato através de matrícula e a emissão da escritura.
RABC – Você foi eleito vereador por três vezes em Olímpia e prefeito por dois mandatos onde elevou aquela cidade, segundo a Revista Exame, a condição de segunda cidade mais desenvolvida do Brasil. Qual o segredo para o feito?
Geninho Zuliani – Fui vereador de 1996 a 2008. Nas eleições de 2008 fui eleito o mais jovem prefeito da cidade com 35% dos votos e reeleito em 2012 com mais de 73%. Na minha administração foram tempos de muito trabalho. Fizemos forte trabalha na educação e a cultura onde entregamos para a população teatro, cinema e biblioteca municipal, meio ambiente, infraestrutura, entregamos 3 mil moradias populares, reformamos a delegacia, Corpo de Bombeiros, participamos ativamente para a reinauguração do Tiro de Guerra da cidade, valorizamos o esporte com construção, investimos pesado em saneamento básico e infraestrutura, instalamos os primeiros semáforos da cidade. Tenho muito orgulho de ter administrado aquela cidade. Quando sai da administração municipal, deixamos a cidade como a terceira maior rede hoteleira do Estado com 22 mil leitos e mais 8 mil em construção. Olímpia recebe 3 milhões de turista por ano e tem população estimada em 70 mil habitantes.
RABC – Você como nascido em Ribeirão Pires, como você avalia a cidade?
Geninho Zuliani – Ribeirão Pires é uma cidade muito agradável. Como todas as outras cidades do país, passa por serias dificuldades financeiras. Localizada em área 100% de preservação fica difícil atrair empresas para cá. Posso dizer com toda a certeza que a cidade tem um imenso potencial turístico. Administrei um Estância e posso afirmar que o turismo é um grande gerador de riqueza e trabalho. Mas é preciso muito mais do que boa vontade. Para se gerar um bom sistema de turismo na cidade, é preciso envolvimento de toda a cidade, é preciso muito treinamento e orientação aos comerciantes, moradores e todo o conjunto da cidade. É preciso identificar o potencial da cidade diante das novas tendências, a partir da sua história, suas características socioeconômicas, sua cultura, e apoiar suas lideranças locais, para que ele se desenvolva, gerando mais oportunidades, renda e novos empregos. Eu acredito que Ribeirão Pires que o caminho para o desenvolvimento de Ribeirão Pires seja realmente investir em turismo.
RABC – Você foi prefeito onde é comum a tomada mais rápida de decisões, como você vê a sua possível eleição como deputado Federal.
Geninho Zuliani – Tenho consciência de que o trabalho de um parlamentar não é simples, já que lida com ações mais lentas e que dependem de uma conjuntura de circunstâncias e dos colegas de parlamento para que algo de bom possa acontecer na vida das pessoas. Então precisamos ter um congresso sério, com parlamentares comprometidos com a sociedade, com a coletividade, e não com corporações e que realmente pensem no futuro do Brasil. Eu acho que a renovação do parlamento, com boas pessoas que pensam nas próximas gerações, é o futuro do país.
RABC – Geninho, fale um pouco sobre os seus projetos para a região do ABC Paulista e para o estado.
Geninho Zuliani – Para projetar o futuro é necessário olhar para o passado. Fui candidato a vereador com 19 anos, sendo vereador por três legislaturas em Olímpia. Fui presidente da Câmara e prefeito por dois mandatos. Trabalhei durante um ano e meio na Secretaria Estadual da Habitação, ao lado de Rodrigo Garcia. Acredito que a gestão pública é a minha vocação, então sou muito grato e satisfeito por estar tendo a oportunidade de disputar essa eleição, e participar não de uma forma aventureira, mas de uma forma consistente. Aqui na região do ABC, temos três cidades ligadas ao turismo, Santo André, na região de Paranapiacaba, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra que é forte concorrente a se tornar um Município de Interesse Turístico. Temos também São Bernardo do Campo que investe no turismo industrial. Acredito no turismo e em todo o seu potencial gerador de empregos. Quero estar ao lado destes municípios para apoiar e buscar recursos, tecnologia e conhecimento.

Prefeito Kiko é recebido por Geninho Zuliani para assinatura de  convênio no valor de R$ 500 mil

Deixe uma resposta