Flavio Gomes e Carlinhos terão que aguardar. Justiça ouve MP e marca interrogatório para 5 de novembro

Conforme noticiou o Repórter ABC na matéria intitula “Flávio Gomes enfrenta resistência do MP para obter Liminar para voltar ao cargo de vereador“, a Promotora de Justiça da 2ª Promotoria de Justiça de Ribeirão Pires, doutora Paula de Figueiredo Silva se manifestou na última sexta-feira (20) contrária a concessão de Liminar solicitada pelos advogados de defesa do vereador afastado, Flávio Gomes que requereu a revogação da medida cautelar de suspensão do exercício do mandato de vereador.

Segundo a promotora, “…é prudente que se aguarde o término da instrução para que se avalie a pertinência ou não de manutenção da cautelar, mesmo porque os fatos apurados são graves o investigado se utilizou justamente da sua condição de vereador para auferir benefício financeiro ilícito… Nesse contexto e ante a impossibilidade processual de nova oitiva para esclarecimentos, a absolvição criminal por insuficiência de provas foi, de fato, o caminho jurídico adequado ao caso”.

Hoje, quarta-feira (25), nova movimentação ocorreu onde em acolhimento da orientação do Ministério Público (MP), o juiz Walter de Oliveira Junior que preside o processo designou para o próximo dia 5 de novembro, às 15:45 horas para oitiva da vítima.

Desde o afastamento de Flávio Gomes pela justiça em 19 de abril de 2018, a sua cadeira está ocupada pelo 1º suplente Carlinhos Trindade que com a recente decisão judicial permanecerá no posto até uma decisão em definitivo.

Deixe uma resposta