Prefeitura de Ribeirão Pires responde questionamentos e emite nota sobre queda de gestante no Hospital São Lucas

Respondendo a questionamento feito pelo Repórter ABC sofre a queda de mulher gestão de gêmeos (ver aqui) ocorrida na última segunda-feira (13), a prefeitura de Ribeirão Pires através da Secretaria de Comunicação emitiu nota nesta sexta-feira (17).

O Repórter ABC fez algumas perguntas com base nas denúncias recebidas, como segue abaixo:

1 -É do conhecimento da administração municipal que paciente gestante tenha caído de maca no interior do Hospital e Maternidade São Lucas nos últimos dias? Em caso afirmativo em qual dia e horário foi registrada a ocorrência?
2 – Há piso em más condições na unidade apresentando buracos em algum ponto? Em caso afirmativo, providências estão sendo tomadas?
3 – Quantas macas existem na unidade? Existe previsão de troca das mesmas? As atuais macas estão em bom estado de conservação e uso?
4 – Quais providências estão sendo tomadas para apurar o caso?
Acompanhe a seguir a íntegra da Nota Oficial da Prefeitura

Nota Oficial – Prefeitura de Ribeirão Pires

A Prefeitura de Ribeirão Pires esclarece que a paciente Veronica de Lima Oliveira foi atendida nessa segunda-feira, dia 13, no Hospital e Maternidade São Lucas e foi transferida na terça-feira, dia 14, para o Hospital Nardini, em Mauá, unidade de referência para partos de alto risco (gestação de gêmeos – parto prematuro). Durante o procedimento de transferência da paciente, houve incidente em rampa de acesso da unidade hospitalar. O caso está sendo apurado por Comissão de Sindicância da Prefeitura, que tomará as medidas necessárias. O desnível na referida rampa foi corrigido. A equipe do Hospital e Maternidade São Lucas está acompanhando o atendimento da paciente no Hospital Nardini. O quadro de saúde da mãe e dos bebês é estável.

Atenciosamente,

Joyce Cunha

Assessoria de imprensa

Deixe uma resposta