Bancada da bala faz exposição em resposta à resistência negra na Câmara

Foto do Bope exposta na Câmara dos Deputados em janeiro de 2020

A mostra é resultado de um “direito de resposta” a uma exposição instalada no final do ano passado, que foi batizada de “resistir para existir”

Congressistas da bancada da bala se uniram para montar uma exposição exaltando os números positivos da polícia militar de todo país. Com imagens de policiais carregando bebês, ajudando em salvamentos e brincando com crianças, a ideia da exposição é demonstrar que a polícia é a guardiã da democracia e que os policiais são os grandes heróis da população e muitas vezes, inclusive, são vítimas de bandidos. A mostra é resultado de um “direito de resposta” a uma exposição instalada no final do ano passado, que foi batizada de “resistir para existir”, que exaltava a existência e resistência negra no país, e mostrava um desenho de um policial assassinando um jovem negro.

Ao contrário da exposição de 2019, a da PM não tem imagens violentas. Em nenhum momento policiais aparecem em confronto. As imagens mais fortes são de policiais com armas em punho, mas sempre posando para fotos.

Os números demonstrados são positivos para a polícia militar. As imagens expostas mostram que a polícia militar conseguiu 22% de redução de homicídios e latrocínios em 2019. Os roubo de veículos no país também diminuíram, foram 24,9% casos a menos do que em 2018.

Também está exposto o número de policiais militares e civis mortos em 2018, foram 343. A mostra não traz números de 2019, pois o anuário ainda não foi divulgado.

Quebra da placa em novembro de 2019

Deixe uma resposta