Formosa do Rio Preto mantém restrição de acesso à cidade

A Secretaria Municipal de Saúde de Formosa do Rio Preto, por meio da Vigilância Sanitária (Visa) em parceria com Vigilância Epidemiológica (Viep), Polícia Militar e Bombeiros Civis continua com a barreira sanitária instalada na principal entrada para a cidade, realizando o controle de acesso, conforme determinado no Decreto Municipal nº 13/2020. É importante lembrar que apenas veículos de moradores, de pessoas que prestam serviços essenciais no município e de carga e descarga para o comércio local estão autorizados a entrar.

Mascates, ambulantes e similares de outros locais estão terminantemente proibidos de atuar na cidade até segunda ordem e, por isso, estão sendo barrados.

“Esse trabalho é importante para conter a disseminação do novo coronavírus no município, garantindo maior proteção e segurança para a população, que deve também colaborar, evitando aglomerações e circular pela cidade se não for extremamente necessário”, enfatiza o coordenador da Visa, Jailton Pereira da Silva.

A responsabilidade também é dos comerciantes, que devem manter a organização em seus estabelecimentos, respeitando as regras ou poderão ser multados ou até mesmo ter a licença de funcionamento cassada. Controlar a quantidade de pessoas dentro e na frente das empresas é obrigação do proprietário.

Enfrentamento ao Coronavírus: Prefeitura de Formosa do Rio Preto inicia a distribuição de cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social

 

A prioridade é atender aquelas com filhos que estudem na Rede Pública Municipal de Ensino. Houve aumento do número de beneficiados do Programa Bolsa Família Municipal passando de 500 para 700 famílias

Além das medidas restritivas de prevenção e controle à propagação do novo coronavírus, a Prefeitura de Formosa do Rio Preto também está adotando várias medidas emergenciais de auxílio sócio-assistencial.

As cestas básicas além de itens alimentícios de primeiras necessidades tem um kits de higiene com sabão, sabonete e água sanitária, para as famílias em vulnerabilidade social do município

Na manhã desta segunda-feira (06/04), deu-se início à doação de cestas básicas, com acréscimo dos kits de higiene com sabão, sabonete e água sanitária, para as famílias em vulnerabilidade social do município. A prioridade é atender aquelas com filhos que estudem na Rede Pública Municipal de Ensino que ficaram sem o importante complemento nutricional da merenda escolar, devido à suspensão das aulas.

O prefeito Dr. Termosires Neto também determinou o incremento do número de beneficiados do Programa Bolsa Família Municipal de 500 para 700 famílias beneficiadas. A ampliação das concessões de outros benefícios assistenciais também está autorizada pelo gestor, para garantir a segurança alimentar e as necessidades essenciais das pessoas de baixa renda. Todas essas iniciativas utilizam recursos próprios do município.

“Estamos trabalhando no combate à Covid-19 com reforço das ações de saúde e de assistência social para minimizar os efeitos dessa séria doença no nosso município e pedimos que a população também nos ajude, adotando as medidas de prevenção como evitar aglomerações e sair de casa – o distanciamento social tão falado – e higienizar sempre as mãos”, enfatiza Dr. Termosires.

As famílias não precisam sair de casa para receber a sua cesta básica, pois a equipe do Cras está fazendo as entregas em domicílio, para que as pessoas evitem ficar circulando pela cidade ou se aglomerando no Cras, seguindo o levantamento realizado pelas Secretarias de Assistência Social e de Educação. Mais informações pelos telefones: (77) 3616 – 2334 / 9 9971 – 5671 (Whatsapp).

Deixe uma resposta