Termosires e Bira Lisboa foram a Brasília em busca de recursos para concluir o hospital de Formosa do Rio Preto

Do ZDA, editado por Caso de Política | Luís Carlos Nunes – O prefeito de Formosa do Rio Preto, Dr. Termosires Neto, e o pré-candidato à sucessão, Bira Lisboa, foram à Brasília pleitear investimentos para conclusão e equipagem do hospital regional de Formosa do Rio Preto com o objetivo de atender casos de coronavírus (Covid-19) no extremo Oeste da Bahia e Sul do Piauí. Termosires e Bira também aproveitaram a oportunidade e requisitaram no Ministério da Saúde uma Unidade de Suporte Avançado do Samu.

Os líderes formalizaram a solicitação com o diretor de Programa da Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde, Paulo César Ferreira Júnior, embasada por relatórios técnicos de viabilidade e situação atual da construção, nesta quinta-feira (28/05), acompanhados do secretário de Saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, e do presidente do IGES-DF – Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal, Sergio Luiz da Costa – ambos representando o governador do DF, Ibaneis Rocha – e da diretora do Departamento de Regulação, Avaliação e Controle de Sistemas (DRAC), Cleusa Rodrigues de Silveira Bernardo. A ação também conta com o apoio e empenho do formosense Dr. Sady Carnot Falcão Filho, que viabilizou o convênio da referida obra com o governo federal.

De acordo com Dr. Termosires, todos os esforços devem ser somados para reforçar o sistema de saúde em Formosa e região e salvar vidas. Considerando a reduzida disponibilidade de leitos no Hospital do Oeste (HO) em relação à população que atende, o hospital regional de Formosa é um implemento significativo de 80 leitos clínicos e mais 20 de UTI e Sadt (Serviços de Apoio Diagnóstico e Tratamento).

“Tenho fé que nossa reivindicação será atendida. Tem muita gente do bem empenhada, a começar pelo governador Ibaneis, Dr. Sady e o prefeito Termosires. No Ministério da Saúde a proposta foi recebida com bons olhos porque a obra e estrutura são importantes para toda a região, pois nos prepara para quando a Covid-19 chegar”, pontua Bira, confiante de que o pleito tem tudo para ser atendido em função da sua relevância.

O médico Termosires Neto, ao assumir o comando do município em 2017, recebeu as obras do hospital regional de Formosa do Rio Preto com as paredes a meio metro de altura. Atualmente, cerca de 70% da construção está pronta, faltando detalhes como a instalação de  esquadrias metálicas, instalação elétrica, forro térmico, louças e bancadas para banheiros, cozinha e refeitório.

Deixe uma resposta