Abapa inicia obra de recuperação da Estrada Rio de Pedras


Os produtores já podem notar a melhoria das condições da Estrada Rio de Pedras. A recuperação está sendo executada pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), que em dez dias de serviço concluiu um trecho de 15 quilômetros. “A qualidade do trabalho está excelente, vai melhorar o escoamento da nossa produção, facilitar o transporte dos insumos e baratear o valor do frete. É um grande benefício”, comemorou o produtor, Ismair Zanin.

A intervenção faz parte do Projeto de Conservação dos Recursos Naturais e Escoamento da Produção, conhecido como Patrulha Mecanizada, que está possibilitando a recuperação das estradas vicinais dos núcleos produtores de algodão. Desenvolvido pela Abapa, com recursos do  Instituto Brasileiro do Algodão (IBA)  e do Fundo para do Desenvolvimento do Agronegócio do Algodão (Fundeagro), o projeto foi viabilizado através do convênio de parceria público-privada, com a Prefeitura Municipal de Barreiras e os produtores da localidade.
“Esse é o projeto piloto que será concluído em abril. Continuaremos em outras frentes de trabalho sempre com o objetivo de melhorar a logística e reduzir os custos de produção”, afirmou a presidente da Abapa, Isabel da Cunha. No município de Barreiras, além da Estrada Rio de Pedras (40 km) será recuperada também a Estrada do Café (56 km), totalizando 96 quilômetros.
O Projeto Patrulha Mecanizada também contempla os municípios de São Desidério, Luís Eduardo Magalhães,  Formosa do Rio Preto, Baianópolis, Jaborandi, Riachão das Neves, Cocos e Correntina. (Cristiane Barilli/Ascom Abapa)
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply