ABIN: publicado o edital de concurso para 300 vagas.

Foi publicado nesta quarta-feira (03/01), o edital do concurso da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe/UnB) é o responsável pela organização do processo seletivo, que tem 300 vagas: 220 para Oficial de Inteligência, 60 para Oficial Técnico de Inteligência e 20 para Agente de Inteligência.

O salário inicial para oficiais é R$ 16.620,46. Para os Oficiais Técnicos, R$ 15.312,74. No caso dos Agentes, a remuneração chega a R$ 6.302,23.

Os interessados devem se inscrever entre 10h do dia 9 de janeiro e 18h do dia 30 de janeiro (horário oficial de Brasília/DF) e devem ser e devem ser feitas exclusivamente pelo clicando aqui ou aqui.

As taxas de inscrição são: R$ 230,00 (Oficial de Inteligência), R$ 210,00 (Oficial Técnico de Inteligência) e R$ 190,00 Agente de Inteligência, devendo ser efetuado o pagamento até dia 1º de fevereiro.

Para o cargo de Oficial de Inteligência, é exigida formação superior em qualquer área. Os candidatos às vagas de oficial técnico terão de apresentar diploma universitário de administração, economia ou contabilidade (área 1); direito (área 2); psicologia (área 3); pedagogia (área 4); engenharia civil (área 5); engenharia eletrônica ou engenharia (área 6); matemática ou estatística (área 7); tecnologia da informação ou engenharia, com ênfase em tecnologia da informação (áreas 8 e 9); arquivologia ou biblioteconomia (área 10).

O posto de Agente de Inteligência exige formação de nível médio. As provas objetivas e discursivas deverão ser aplicadas em 11 de março de 2018. Além do salário inicial, há os benefícios de auxílio-transporte, assistência pré-escolar e auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00.

O que é a Abin?

A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), é o serviço de inteligência civil do Brasil. A função principal da agência é investigar ameaças reais e potenciais, bem como identificar oportunidades de interesse da sociedade e do Estado brasileiro, e defender o estado democrático de direito e a soberania nacional. Foi criada em 1999 e apesar de a agência ter sido criada há pouco tempo, a Atividade de Inteligência no Brasil já existe desde 1927.

A área de atuação da Abin é definida pela Política Nacional de Inteligência, definida pelo Congresso Nacional de acordo com os focos indicados pelo Poder Executivo Federal como de interesse do país. A Abin é o órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin).

Como a maior parte dos órgãos estatais, os cargos da Abin são preenchidos, desde 1994, através de concurso público. Ainda fazem parte da agência alguns ex-funcionários dos órgãos de inteligência que a antecederam, sobretudo do chamado SNI, criado durante a ditadura militar e extinto em 1990.

Apesar do nome, a agência não tem natureza autárquica, tratando-se de órgão da administração direta integrante da Presidência da República. É fiscalizada pelo controle externo exercido pelo Congresso Nacional, que possui uma comissão mista de senadores e deputados para este fim, denominada CCAI (Comissão Mista de Controle da Atividade de Inteligência).

Deixe uma resposta