Alaíde Damo vai à Brasília em busca de recursos para Mauá

Alaíde Damo cumpre agenda em Brasília e conversa reservadamente com o presidente Michel Temer

A prefeita em exercício de Mauá, Alaíde Damo (MDB), esteve durante esta quarta-feira (4), em Brasília para pleitear recursos a serem investidos no município. Alaíde, ao longo do dia participou de reuniões e cumpriu agenda com Ministros e Deputados. A alcaidessa, na oportunidade, teve encontro reservado com o presidente Michel Temer (MDB).

No Ministério dos Esportes, a prefeita foi recebida pelo titular da pasta, Leandro Cruz onde solicitou apoio para diversos projetos trazer ações do Ministério para o município.

Segundo informou a nossa fonte, “a prefeita tem como objetivo nesta viagem, o de estreitar relações e laços institucionais e políticas com o governo Federal e entre as ações que estão sendo articuladas, está principalmente obter recursos financeiros para a compra de remédios, equipamentos e materiais hospitalares para Mauá”, disse.

Outra informação repassada, é de que ofícios foram entregues aos deputados federais, Baleia Rossi (MDB), Beto Mansur (MDB), Roberto de Lucena (Podemos), Missionário José Olímpio (DEM), Celso Russomano (PRB) e Eli Correa Filho (DEM) para que liberem emendas parlamentares para diversas áreas da administração pública municipal de Mauá.

Fogo cruzado

Alaíde Damo ao retornar de viagem nesta quinta-feira (5), dará de cara com a uma verdadeira deflagração de guerra política. O presidente do PSB municipal e ex-presidente da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá), Israel Aleixo declarou que o seu partido está assumindo postura de oposição à emedebista alegando que a família Damo traiu seus aliados. A declaração ocorreu momentos após a sua exoneração.

Outro crítico a Alaíde Damo, é o presidente da Câmara de Mauá e pai do prefeito afastado Atila Jacomussi (PSB), Admir Jacomussi (PRP). Admir afirma que Alaíde Damo rompeu acordo de que a cidade seria administrada por uma comissão composta por seis pessoas sendo três indicadas pelo Grupo de Atila e a outra metade por Alaíde. Sobre as exonerações, Admir Jacomussi disse que ela (Alaíde) está agindo com precipitação e de que poderia aguardar um pouco mais.

A defesa do prefeito afastado Atila Jacomussi entrou com recurso no TRF-3 (Tribunal Regional Federal) na tentativa que que o mesmo retorne ao comando da prefeitura. O relator do recurso será o desembargador Maurício Kato, o mesmo que decretou a prisão preventiva do prefeito.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.