Analfabetismo atinge 24,8% dos maiores de 60 anos, aponta IBGE

Apesar de os índices de analfabetismo caírem no país, os números ainda são altos na camada da população com mais de 60 anos, segundo a pesquisa Síntese de Indicadores Sociais 2012, divulgada nesta quarta-feira (28) pelo IBGE. A faixa etária registra 24,8% de analfabetos, praticamente um quarto do total. O estudo avalia o intervalo entre 2001 e 2011. De acordo com os dados do estudo, a proporção de pessoas com 15 anos ou mais que não sabia ler nem escrever caiu de 12,1%, em 2001, para 8,6% em 2011. No ano passado, 8,8% dos homens nessa faixa etária eram analfabetos. Entre as pessoas de cor preta ou parda, 11,8% não sabiam ler nem escrever, enquanto na cor branca, o porcentual cai para menos da metade: 5,3%. Já a proporção de jovens estudantes (18 a 24 anos) que cursavam o nível superior cresceu de 27,0% para 51,3%, entre 2001-2011, sendo que, entre os estudantes pretos ou pardos nessa faixa etária, a proporção cresceu de 10,2% para 35,8%. De acordo com o IBGE, as desigualdades reduziram-se, na década 2001-2011, em razão da valorização do salário mínimo, do crescimento econômico e dos programas de transferência de renda, como o Bolsa Família.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.