Após três dias, juventude desocupa Câmara de Ribeirão Pires.

 _DSC9276

Estudantes que ocupavam a Câmara de Ribeirão Pires desde a última terça-feira (31), desocupou na tarde desta sexta-feira (3), sem apresentar resistências em cumprimento a determinação judicial que estabelecia uma multa de R$ 10 mil por estudante e até mesmo emprego de forças policiais caso a desocupação não ocorresse até as 16:59hs.

Os estudantes ligados a União da Juventude Socialista (UJS) reivindicam a instalação de Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar supostas irregularidades na gestão da saúde ao longo do governo do prefeito Saulo Benevides (PMDB).

_DSC9344

No local, devidamente inspecionado pelo Secretário Geral da Casa, Márcio Nicoluchi foi verificado que não houve depredação e como ultima expressão de protesto, foram deixadas rosas vermelhas aficadas nas poltronas.

_DSC9256

Já do lado de fora, os manifestantes gritavam palavras de ordem questionando os motivos da não abertura da CEI.

_DSC9335

Vereadores assinam termo de entrega

Segundo a presidente da UJS no município, Raíssa Braga a luta deve continuar até que as investigação comessem.

“Estamos deixado a sede do legislativa com a sensação de que fizemos a nossa parte. Solicitamos a mediação do judiciária para tentar um acordo com o presidente da casa, mas infelizmente o mesmo não aceitou. Quero esclarecer que entre muitas falácias feitas por pessoas que não passaram pelo local durante esses três dias, que não atrapalhamos em nada a rotina do legislativo, tanto que foram realizadas duas reuniões, sendo uma do Conselho Municipal de Segurança e outra com o Conselho Municipal de Saúde. Nós em momento algum descartamos a possibilidade de termos antecipado a nossa ocupação. Lamentamos a atitude do chefe do legislativo que não aceitou dialogar”, disse a líder estudantil.

13331001_1051010561636053_9002700236503090568_n

Em marcha, munidos de tambores e apitos, os manifestantes e apoiadores do protesto rumaram para o Teatro Municipal Euclides Menato, no Complexo Ayrton Senna onde acompanharam a sessão do Legislativo convocada em caráter extraordinário.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply