Ato Solene sem a presença do governador marca o início da revitalização da avenida Kaethe Richers.

Com 14 dias de atraso, foi dado oficialmente o início das obras de revitalização da avenida Kaethe Richers que tem orçamento de R$ 1.098.617,39 onde serão realizadas diversas intervenções, como: revitalização do canteiro central da via, reconstrução do passeio, paisagismo, instalação de academia ao ar livre e de iluminação de LED no trecho. A previsão de execução das obras é de oito meses.

Como anunciado pela administração Kiko Teixeira (PSB) através de ampla divulgação pelos diversos canais de comunicação, o evento contaria com a presença do governador Márcio França.

Após aproximadamente uma hora ao horário previsto, deu-se início a solenidade simbólica.

A ausência de França foi justificada devido a uma série de compromissos o que impossibilitou a sua vinda para a Estância. Para as autoridades que compareceram ao ato e aos servidores municipais que compareceram em grande número, a frustração ficou visível uma vez que somente nesta semana, o senador Álvaro Dias, outra autoridade de grosso calibre, também deixou de comparecer na cidade.

Representou o governo do Estado, Winderson Anzelotti, secretário executivo do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (FUMEFI), órgão que financia a obra.

Abrindo os discursos, o vice-prefeito de Ribeirão Pires, Gabriel Roncon (PTB), em tom de homilia, falou sobre o negativismo de algumas pessoas. “Quero pedir para que todos aí se deem as mãos! Eu vou contar uma experiência, e vocês não precisam acreditar em mim”, pregou Roncon.

Em seguida em fala carregada de metafísica mística, Roncon proferiu:

“Quero que vocês assistam no YouTube o vídeo ‘O poder das palavras na água’. Ainda no enredo, explanou sobre a água benta e a do ódio. Ao final da experiência, as duas águas foram congeladas e analisaram num ‘telescópio’. A água que as crianças falaram que amavam estava linda e a água que falaram que odiavam estava feia, visto pelo ‘telescópio’ ” .

“Nós somos 75 por cento de água e isso é bíblico! As pessoas de bem declaram bênçãos a nossa cidade, e as pessoa do mal falam mal da nossa cidade. Os perversos falam mal da nossa cidade”.

Roncon ainda orientou aos presentes a lerem Provérbios, capítulo 11, versículo 11”.  (Vale a pena também ler o versículo 12)”, disse se referindo aos cidadãos que reclamam da qualidade dos serviços públicos que são ofertados em Ribeirão.

O representando do governador Márcio França (PSB), secretário executivo do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (FUMEFI), Winderson Anzelotti, iniciou a sua fala de modo descontraído.

“Eu, se não fosse a pregação do nosso querido vice-prefeito, eu só tenho a falar bem de rio grande e ribeirão. Só tenho bem a falar. O Gabriel é um encantador de pessoas, se preparem! Nosso governador Márcio França está desde essa manhã inaugurando obras e esteve em compromisso em Poá e depois em Suzano, foi chamado para uma reunião de urgência. Foi para Brasília, acho que em encontro com o presidente Michel Temer, e o governador me pediu para que tocasse essa agenda”, disse Anzelotti.

O prefeito Kiko falou sobre as dificuldades em que encontrou a prefeitura quando assumiu o mandato, mas que com muitos esforços está resolvendo questões importantes. Kiko ainda discorreu sobre alguns feitos de seu governo, além de exaltar Gabriel Maranhão, comparando-o ao atual governador do Estado, Márcio França.

“Hoje pela manhã, recebi um telefonema do próprio governador Márcio França que me disse que teria problema de ultima hora na sua agenda, e eu até falei para ele, governador vamos marcar outra ocasião que eu faço questão da sua presença. Ele falou, olha Kiko, não vamos fazer isso, já está aí a estrutura monta e é importante que você de início a essa obra o mais rápido possível, porque o meu governo que prima pela seriedade e pela celeridade nas obras pública. Lamento a falta dele aqui. Eu tenho um vice que todo prefeito sonha ter, Gabriel Roncon, uma pessoa leal, uma pessoa séria e assim como o Márcio França, uma pessoa que vai até o final com os seus amigos. O início desta obra de revitalização tem um grande significado. O projeto está agora saindo do papel e ganhando forma graças ao trabalho intenso de reorganização financeira e administrativa que realizamos em 2017. Quitando e negociando mais de R$ 27 milhões de dívida, recuperando o crédito do município e as certidões exigidas para a celebração de convênios com o Estado e a União, firmamos parcerias como essa e garantimos recursos que irão viabilizar benfeitorias para nossa cidade. Em poucos dias de governo, Márcio França está seguindo a cartilha do governador Geraldo Alckmin e mais do que isso está fazendo com que o estado de São Paulo andar a ‘passos lentos’ ”.

Ao final, todos seguiram para a placa indicativa de obra para uma foto. Nela consta o dia 03 de maio como início das obras e o prazo de oito meses.

Enquanto se prioriza a entrada da cidade… vejam abaixo a foto denúncia postada no Pensar Ribeirão Pires apresentando faixa de pedestres recém pintada. Luís Carlos Nunes

Deixe uma resposta