Bahia registra maior aumento no número de homicídios da juventude negra

O Mapa da Violência 2012: A Cor dos Homicídios no Brasil, divulgado ontem (29), em Brasília, pelo Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos (Cebela), revelou que a Bahia aumentou os números de homicídios da população negra jovem em 318% de 2002 a 2010. Foram 3160 mortes de jovens negros no estado em 2010, em comparação com 203 brancos. A Paraíba e o Pará ficaram em segundo e terceiro lugar no ranking de unidades da federação com maior acréscimo. O estado também é o que mais concentra cidades com mais de 50 mil habitantes com taxas elevadas de homicídios negros no ano de 2010: Simões Filho, a segunda maior (177,8), e Porto Seguro, com a quinto mais elevada (153,7). Apesar de ter o maior número de homicídios negros, com 1659 mortos no último ano estudado, Salvador fica após a 40ª posição neste ranking, com taxa de 78,3.

Deixe uma resposta