Barreiras: Estudantes da UFOB fecham campus em protesto

Estudantes do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) realizam, nesta segunda-feira (12/ago), uma mobilização em protesto pela falta de professores, laboratórios e acervo bibliográfico. De acordo com informações do jornal A Tarde, durante a manifestação, os estudantes impediram no início da manhã o acesso de professores, funcionários e alunos de outros cursos ao campus da Prainha. A proposta dos discentes é manter o ato até que haja garantia de soluções para os problemas apresentados. De acordo com um dos representantes do movimento, Videnicio Reis Batista, de 20 anos, no próximo semestre, por exemplo, a área de Engenharia Civil terá apenas três professores para os 170 alunos matriculados. “Além disso, dos sete laboratórios que deveríamos contar apenas dois já estão funcionando”, afirmou. Está prevista uma reunião na tarde desta segunda com representantes de 13 cursos da UFOB com a reitoria para discutir as demandas dos universitários.

Deixe uma resposta