Barreiras – Prefeita tem até o dia 12 para recontratar os profissionais de saúde


Após o Ministério Público Federal (MPF) pedir a prisão da prefeita de Barreiras, Jusmari Oliveira, pelo descumprimento de liminar, que determinou o restabelecimento dos contratos com os profissionais de saúde e a regularização do pagamento dos servidores da área, a Justiça fixou até 12 de dezembro para que a ordem seja cumprida. O pedido de prisão foi requerido pelo MPF na terça-feira (04), pelo descumprimento de ordem judicial que obrigou a recontratação dos profissionais de saúde e o pagamento em dia dos salários de todos os servidores que trabalham na área. Porém, o procurador da República José Ricardo Teixeira Alves se reuniu com a juíza responsável pelo processo e com a gestora, para dar a possibilidade de ela se defender. Ao final da reunião, a juíza fixou prazo até 12 de dezembro para que todas as obrigações determinadas na liminar sejam cumpridas.

Deixe uma resposta