Barreiras – Prefeita tem até o dia 12 para recontratar os profissionais de saúde


Após o Ministério Público Federal (MPF) pedir a prisão da prefeita de Barreiras, Jusmari Oliveira, pelo descumprimento de liminar, que determinou o restabelecimento dos contratos com os profissionais de saúde e a regularização do pagamento dos servidores da área, a Justiça fixou até 12 de dezembro para que a ordem seja cumprida. O pedido de prisão foi requerido pelo MPF na terça-feira (04), pelo descumprimento de ordem judicial que obrigou a recontratação dos profissionais de saúde e o pagamento em dia dos salários de todos os servidores que trabalham na área. Porém, o procurador da República José Ricardo Teixeira Alves se reuniu com a juíza responsável pelo processo e com a gestora, para dar a possibilidade de ela se defender. Ao final da reunião, a juíza fixou prazo até 12 de dezembro para que todas as obrigações determinadas na liminar sejam cumpridas.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.