Brasil fica em 69º no Índice de Percepção da Corrupção

No ano em que a corrupção brasileira finalmente chegou aos tribunais com o julgamento do Mensalão, o país alcançou a 69ª colocação – entre 176 países – no Índice de Percepção da Corrupção.  A edição deste ano do projeto da ONG Transparência Internacional conferiu ao Brasil a nota 43, em uma escala de 0 (mais corrupção) a 100 (menos corrupção). O resultado coloca o Brasil como o terceiro mais “limpo” da América do Sul, e compartilhando com a África do Sul a liderança das nações que integram o bloco econômico BRICS (países emergentes que mais crescem no mundo: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). A 69ª posição coloca o Brasil empatado com a Macedônia e a África do Sul, sua colega no BRICS. O empate com o país africano significa que, pela primeira vez desde 2006, quando foi formado o bloco econômico, o Brasil encontra-se na dianteira do grupo quando o assunto é a percepção da corrupção nacional. Nos últimos anos a África do SUl sempre vinha tendo vantagem. No Índice 2012, a China obteve 39 pontos (80ª posição), a Índia ganhou 36 (94ª) e a Rússia ficou com 28 (133ª).

Deixe uma resposta