Brasil registra o maior número de greves em 16 anos


O Brasil teve em 2012 o maior número de greves dos últimos 16 anos, segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). Foram 873 ocorrências, número que não era alcançado desde 1996, quando a pesquisa identificou 1.228 greves. Em relação a 2011, o aumento foi de 58%. O aumento do número de greves não está relacionado à piora das condições de trabalho, mas justamente ao oposto disso. Com o desemprego em baixa, os assalariados se sentem mais seguros para fazer reivindicações. Por outro lado, os empregadores têm mais dificuldade de substituir seus funcionários. No balanço do Dieese, nota-se que a maior parte das reivindicações foi atendida pelo menos parcialmente (75%), ao mesmo tempo em que as reações dos empresários, com desconto de salário ou ameaça de demissão foram mínimas (8% do total).

Deixe uma resposta