Câmara de Rio Grande da Serra aprova Plano Diretor de Turismo.

A Câmara de Vereadores de Rio Grande da Serra aprovou por unanimidade, nesta quarta-feira (21), o Projeto de Lei nº 05/2018, que institui Plano Diretor de Turismo. O Projeto de 51 páginas, de autoria do chefe do Poder Executivo, veio a plenário com o parecer favorável das comissões permanentes.

O Plano Diretor de Turismo é um documento que contém o planejamento do desenvolvimento do turismo no Município. Rio Grande da Serra é uma cidade localizada na região metropolitana de São Paulo, mas que mantém características interioranas, com suas Praças e Igrejas Antigas, Centenária Estação Ferroviária, Festa de São Sebastião, corrida Desafio Rio Grande, Carnaval, Festival Gastronômico, Festa de São Francisco de Assis, Festa da Primavera Poluída entre outros, além do município proporcionar aos turistas diversas modalidades esportivas, sendo de aventura como trilhas, rapel, Jet Sky, canyoning e caiaque.

Em mensagem encaminhada ao Legislativo, o prefeito Gabriel Maranhão destacou que:

“A aprovação deste projeto de Lei é a última etapa para que a atual Administração solicite junto à Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa de São Paulo a classificação do Município de Interesse Turístico, conforme a Lei Complementar Estadual nº 1.261/2015, e possibilita a valorização do Município, proporcionando ainda melhores condições de investimentos público e privado no turismo municipal de Rio Grande da Serra. Com estes esclarecimentos, esperamos que essa Casa de Leis aprove o Projeto de Lei ora encaminhado, para a qual solicitamos apreciação em regime de urgência”.

Rio Grande da Serra possui as qualidades necessárias para alavancar o desenvolvimento em diversas áreas, seja indústria limpa, comercial, prestação de serviços, hotelaria, gastronômica e esportes em diversas modalidades. Possui infraestrutura urbana em franco desenvolvimento e estruturação, disponibilidade de energia elétrica, água em abundância. Está localizada em local de fácil acesso, com boas estradas, trem e linhas de ônibus.

Em rápido questionamento via aplicativo de comunicação, o prefeito Gabriel disse:

“Em Rio Grande da Serra reúnem-se variadas atrações turísticas, uma extensa área de Mata Atlântica nativa, festejos tradicionais, e clima agradável. Portanto, pode-se dizer que além de Rio Grande da Serra ter uma qualidade de vida invejável, possui uma forte vocação turística”, lembrou o prefeito.

Com essa etapa concluída, o próximo passo é reunir toda a documentação necessária exigida e entregar à Assembleia Legislativa de São Paulo para o pleito de MIT (Município de Interesse Turístico).

“Estaremos na próxima semana na Assembleia Legislativa protocolando toda a documentação necessária”, afirmou Maranhão.

O Projeto de Lei nº 71/2017 que titula Rio Grande da Serra como município de Interesse Turístico (MIT) é de autoria do deputado estadual Sebastião Santos (PRB) e caso a cidade seja alçada à condição de MIT receberá anualmente R$ 700 mil para investir no setor do turismo.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.