Category Archives: Cidades

Parque Linear de Rio Grande da Serra recupera espaço verde e espaço de lazer.

Inaugurado em 1º de julho de 2016, o Parque Linear em Rio Grande da Serra é mais uma opção de lazer.

O Parque Linear Luiz Antônio Correa, localizado na Avenida José Bello, no Recanto das Flores tem aproximadamente 8000 m² de área foi realizado sobre um antigo aterro e conta com quadra esportiva, quiosques, playground e ciclovia, entre outras atrações, além de monitoramento por câmera interligado com a Polícia Militar, atendendo principalmente pessoas que residem na região da Vila Conde, Recanto das Flores, Vila Tsuzuki e demais bairros vizinhos.

Com o objetivo de iniciar a última etapa do Parque, no dia 08 de fevereiro, uma reunião na Secretaria Estadual da Casa Civil, o prefeito Gabriel Maranhão apresentou ao mandatário da pasta, Samuel Moreira, o projeto da 3ª etapa do Parque Linear de Rio Grande da Serra.

A 3ª etapa do Parque Linear prevê o prolongamento da canalização existente na Avenida José Belo (área de manancial), e instalação de quadras poliesportivas e espaço recreativo e de lazer.

Através da belíssima imagem aérea captura pela equipe “Meu Drone da Serra” é possível notar a importância do parque que trouxe para Rio Grande da Serra a recuperação de importante espaço verde antes em completo estado de degradação.

Grupo de Rio Grande da Serra faz vaquinha para criar santuário para animais abandonados.

Uma chácara em Rio Grande da Serra pode se tornar abrigo para centenas de cães e gatos resgatados das ruas. Para isso, o projeto de proteção animal “Cantinho do Amor” pede ajuda para custear as obras do local e transformá-lo em uma espécie de santuário.

Com uma despesa mensal de cerca de 6 mil reais, além de dívidas altíssimas em clínicas veterinárias, as protetoras criaram uma vaquinha on-line (ajude aqui) para arrecadar o montante de R$ 50 mil e dar seguimento às obras na nova sede. “Qualquer valor é bem-vindo e já faz a diferença”, diz Sandra Campos, uma das voluntárias à frente do projeto.

Hoje, com 50 cães e 75 gatos, o projeto recebe o apoio da ONG Ampara Animal e promove feiras de adoção dos gatinhos todos os sábados na Cobasi da Rua Augusta, em São Paulo.

Vamos ajudar? Faça sua doação aqui. Qualquer valor é válido.

Outras formas de ajudar:

Itaú

Agência: 0691

Conta Poupança: 19777-6/500

Dayana Garcia Machado

Bradesco

Agência: 0557

Conta Poupança: 1012758-0

Dayana Garcia Machado

Banco do Brasil

Agência: 4723-6

Conta Poupança: 570.412-0

variação 51

Sandra Ap. L. Campos

Polícias de Rio Grande e Ribeirão Pires tem os melhores resultados em recuperação de veículos roubados no ABC, aponta SSP.

O trabalho da polícia contra o roubo e furto de veículos nas cidades de Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires tem obtidos grandes resultados, segundo aponta levantamento feito pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP).

Segundo os dados, Ribeirão Pires no ano de 2016 teve 231 roubos registrados contra 169 em 2017, o que representa uma queda de 26,84%. Ainda na cidade, a Polícia conseguiu recuperar 32,9% dos automóveis.

Em Rio Grande da Serra, ainda que haja aumento se compararmos o ano de 2016 com 2017, foram recuperados 62,1% dos veículos roubados. Em 2016 foram 36 furtos e em 2017 41, o que representa elevação de 13,89%.

Registros no ABC

O trabalho da polícia contra o roubo e furto de veículos é praticamente de enxugar gelo no ABC. Enquanto os policiais recuperaram média de 17 carros por dia em todo o ano passado, os criminosos levaram cerca de 53 automóveis diariamente no mesmo período. Em números absolutos, foram 19.552 veículos roubados ou furtados em 2017 contra 6.410 devolvidos ao dono pela polícia – taxa de recuperação de apenas um terço do que é alvo dos bandidos (32,7%).

Os números do governo estadual também mostram que caiu a produtividade policial na região quando se trata de recuperação de automóveis. Em 2016, 6.937 carros roubados ou furtados foram recuperados. Já no ano passado, o número caiu para 6.410, diminuição de 7,6% de um ano para o outro.

Somente em duas das sete cidades houve aumento na quantidade de veículos recuperados: Santo André e Rio Grande da Serra. Em todas as demais, houve diminuição da produtividade policial neste quesito.

“Esse é um dos grandes desafios da polícia do Estado hoje. Em torno de 40% a 50% dos casos os bandidos não têm interesse em ficar com o carro e o abandonam. São nessas situações que eles são recuperados e a polícia diz que é por mérito, mas não é.

Se tivéssemos trabalho maior de investigação sobre qual o destino dos automóveis, a taxa desses crimes seria ainda menor.”, comentou o especialista em segurança pública José Vicente da Silva Filho.

Resposta

A SSP justifica que as polícias Civil e Militar combatem os roubos e furtos de veículos com diversas operações em oficinas e estacionamentos suspeitos de serem desmanches, além de realizar bloqueios policiais em locais em que há maior incidência deste tipo de crime.

A secretaria alega ainda que os casos tanto de roubos quanto de furtos de veículos diminuíram de um ano para o outro – de 21.623 veículos em 2016 para 19.552 no ano passado (queda de 9,6%).

Rio Grande da Serra abre inscrições do Concurso Rainha e Princesa do Cambuci 2018.

A Prefeitura de Rio Grande da Serra realizará a 13ª edição do Festival Gastronômico e Cultural do Cambuci, evento tradicional e que integra o Calendário Comemorativo de aniversário da cidade, celebrado dia 03 de maio.
O Festival do Cambuci terá programação para toda a família, inclusive com atividades voltadas ao público infantil. Entre outras atrações, destaque para o Concurso de Rainha e Princesa do Cambuci.
As candidatas interessadas em participar do concurso devem realizar a inscrição entre os dias 05 e 09 de março. Para se inscrever é necessário comparecer, às 14 horas, na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turístico, que fica localizada na Rua Progresso, 700 – Bloco D, no Centro.
Os documentos necessários para a inscrição são: RG; CPF; comprovante de endereço; uma foto 3×4 e duas fotos 10×15, sendo uma de corpo inteiro e uma de meio corpo (as fotos não podem ser tiradas com trajes de banho). Além disso, as concorrentes menores de 18 anos, precisam estar acompanhadas por seus responsáveis legais.
Para participar do Concurso Rainha e Princesa do Cambuci, a candidata tem que ser moradora de Rio Grande da Serra há mais de 12 meses e ter idade entre 14 e 25 anos.
O Concurso será dividido em duas etapas. Na primeira, serão escolhidas sete garotas entre as candidatas inscritas, que serão classificadas pela maior pontuação obtida, por meio de um corpo de jurados. Na segunda etapa, haverá a escolha da Rainha e Princesa do Cambuci 2018 no Palco durante o Festival do Cambuci.
Evento
O Festival Gastronômico do Cambuci de Rio Grande da Serra também faz parte do calendário de Festejos do Município e do Estado de São Paulo; a cidade sedia a festividade para valorizar o fruto e seu potencial turístico. Além do Concurso e de vasta programação musical e cultural, o Festival conta ainda com atividades diversificadas como os concursos de gastronomia a base de Cambuci e o de melhor do artesanato local.

Vereador Marcelo solicita informações sobre a realização de reforma do Cemitério Municipal.

O vereador Marcelo Cabeleireiro (PT), através de requerimento de informações aprovado em sessão realizada na última quarta-feira (27), solicita informações sobre o andamento do processo relativo à reforma do cemitério municipal de Rio Grande da Serra, em especial a via de acesso para veículos funerários pela avenida Jean Lieutaud.

Em sua justificativa, o parlamentar argumenta que “as intervenções se fazem extremamente necessário tendo em vista as várias reivindicações feitas pela população em função das precárias condições para acesso de veículos funerários o que consequentemente causa sérios transtornos, especialmente para aqueles que perdem seus entes queridos, além da dor da perda, são obrigados a caminharem no meio da lama para acompanhar o ato fúnebre”.

No documento constam as seguintes indagações:

  • Em que fase se encontra a negociação para a construção de um novo velório ou reforma do mesmo, bem como a pavimentação das vias do cemitério?
  • Dentre as melhorias que serão executadas no velório, as vias dentro do cemitério serão contempladas com pavimentação?
  • Para quando está prevista o início das obras?
  • Caso negativo, há possibilidade de elaboração de projeto destinado pelo menos a pavimentação da via de acesso para carros funerários pela avenida Jean Lieutaud?

Biblioteca Monteiro Lobato de Rio Grande da Serra recebe novos projetos.

Em 2017, mais de 3.000 pessoas passaram pelo local e realizados mais de 2.200 empréstimos de livros

A Biblioteca Municipal Monteiro Lobato, fundada em 1987, ocupou diversos prédios, mas, atualmente, após sua reformulação, está localizada na região Central, junto ao CREB (Centro de Referência de Educação Básica). Em um espaço amplo, com mais de 200m² de área, ambientado para atender diversos públicos, a Biblioteca Municipal de Rio Grande da Serra possui um acervo diversificado, contando com, aproximadamente, 7.500 títulos, entre eles, clássicos da literatura brasileira e estrangeira, livros recém-lançados, literatura infantojuvenil, livros em braile, entre outros.

Possibilitando o acesso ao conhecimento, o espaço também disponibiliza grande número de enciclopédias, mapas, atlas, dicionários e muitos livros didáticos, além de oferecer o acesso à internet em seus computadores de forma gratuita.

Já aos usuários que buscam se manter informados, o local também recebe diariamente jornais da região, revistas semanais e gibis diversos. E caso queiram saber um pouco mais sobre Rio Grande da Serra e a região é possível ter acesso a livros que se dedicam a história e memória do lugar.

Estrutura

Além disso, o equipamento público possui um grande acervo de DVDs, contendo entrevistas, filmes, documentários, programas de TV, videoaulas que podem ser assistidos em uma cabine equipada e disponibilizada na própria biblioteca.

Com exceção dos periódicos que possuem assinatura regular, todo o acervo é composto basicamente por doações. No ano de 2017 mais de 3.000 pessoas passaram pela biblioteca e foram realizados mais de 2.200 empréstimos.

Novos projetos

Já para o ano de 2018 estão sendo planejadas ações de leitura mediada, contação de história, oficinas, entre outros projetos culturais e educacionais.

Além da possibilidade de fazer consulta local ao acervo é possível obter empréstimos dos exemplares. Para isso, os usuários necessitam fazer uma carteirinha que é confeccionada de forma gratuita. Caso você possua interesse, dirija-se a biblioteca levando cópia do RG, comprovante de residência e uma foto 3×4, basta somente isso para poder acessar tudo que a Biblioteca Municipal Monteiro Lobato pode lhe oferecer.

Serviço

A Biblioteca Municipal Monteiro Lobato está localizada a na Rua do Progresso, 251, de segunda a sexta das 8h15 às 16h30. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4820-3214.

Proposta da vereadora Manuela vira Lei e agência bancária instala porta giratória com detector de metais.

Com a finalidade de dar mais segurança e facilitar o acesso às agências bancárias, foi proposto pela vereadora Manuela da Saúde, aprovado na Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto e sancionada pelo prefeito lei que obriga todas agências bancárias localizadas no município a instalar porta eletrônica de segurança, giratória e individualizada, após as salas de autoatendimento e em todos os acessos destinados ao público.

Segundo a vereadora Manuela, “a presente Lei se justifica tendo em vista a elevada onda de violência e criminalidade, fruto de uma série de fatores econômicos, políticos, sociais e culturais que desafiam cada vez mais a sociedade. O objetivo é prevenir ações de violência através da instalação eletrônica giratória, com detector de metais evitando que pessoas armadas tenham acesso ao salão de atendimento público”, justificou a parlamentar.

Sob um olhar social, sobre a questão da segurança, a vereadora Manuela disse que:

“Ninguém pode ficar omisso ou indiferente diante as situações de exclusão e das ações criminosas que sucedem em todos os cantos do país, deixando um rastro de mortes, feridos e pessoas traumatizadas. Além de políticas públicas e ações de cidadania e inclusão social, o Estado tem o dever de investir em segurança pública, o que requer mais atenção e comprometimento dos governos e da sociedade. Da mesma forma, a segurança privada exige melhorias sob a ótica da proteção da vida das pessoas, por ser este o bem mais precioso”.

Consta na Lei 04/2017 em seu parágrafo único do artigo 1º, dispositivo que garante acesso à portadores de necessidades especiais, como segue abaixo:

“Para garantir o acesso da pessoa portadora de deficiência, portadora de marca-passo cardíaco, bem como com dificuldades de locomoção, ficam as agência bancárias obrigadas a manter uma porta auxiliar junto as portas de segurança”

Prefeitura de Rio Grande da Serra assina convênio com Governo Estadual para a área social.

O governador Geraldo Alckmin e o prefeito Gabriel Maranhão assinaram nesta sexta-feira (23), um convênio de repasse de verbas para programas sociais na cidade. Ao todo, R$ 378.032,50 para o Fundo de Assistência Social da Prefeitura Municipal de Rio Grande da Serra. Desse total, R$ 222.782,70 deverão ser utilizados para Proteção Básica Social, R$ 82.614,39 para Proteção Especial de média complexidade e R$ 72.635,42 para Proteção Social Especial de Alta Complexidade.

Conforme o Termo de Responsabilidade e Adesão assinado, os recursos advindos do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS) vão beneficiar idosos, pessoas com deficiência, crianças e outros públicos.”

Além do governador Geraldo Alckmin e do prefeito Gabriel Maranhão, participaram do ato de assinatura, os secretários municipais, Israel Mendonça (Cidadania e Inclusão Social) e Gilvan Mendonça (Desenvolvimento Econômico e Turístico) e a diretora da DRADS (Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social) – Regional ABC, Mauralis da Silva Selan.

Aplicativo permite denúncia contra assédio no transporte público na grande São Paulo.

O aplicativo gratuito para celular, VouD, disponibiliza, a partir desta terça-feira (20), um recurso para denúncia anônima de ocorrências de assédio sexual nos transportes públicos da Grande São Paulo. O recurso também permite fazer notificações sobre furtos ou vandalismos nos trens e ônibus intermunicipais.

De acordo com a Autopass, empresa de serviços de mobilidade responsável pelo aplicativo, as informações farão parte de um banco de dados em desenvolvimento. Nele, poderão ser visualizadas as linhas, estações, terminais e trajetos que mais tiveram relatos de casos como esses.

O VouD também permitirá compra de créditos do cartão de transporte metropolitano BOM, consulta de saldo e busca por pontos de recarga mais próximos da localização do passageiro. O aplicativo está disponível para sistemas Android e iOS.

Vereadores de Ribeirão Pires aprovam projeto que proíbe alimentação de pombos.

Os vereadores da Câmara Municipal de Ribeirão Pires aprovaram nesta quinta-feira (22), o Projeto de Lei nº 037/2017 que proíbe a alimentação de pombos em calçadas, vias, praças, prédios e locais públicos estabelecendo penalidades advertência apreensão do recipiente para quem for pego alimentando os animais.

Conforme justificou o autor da proposta, o vereador Anselmo Martins (PR) “apesar de simbolizarem a paz, os pombos são considerados pragas urbanas por serem hospedeiros de diversos organismos que prejudicam a saúde humana”. Segundo ainda salientou o parlamentar ribeirãopirense, “o crescimento contínuo da população de pombos nos centros urbanos” causa danos a população, “considerado uma calamidade sanitária em todo o mundo”.

O autor da proposta cita ainda que, os animais encontram nas cidades ambientes favoráveis para a sobrevivência e “diversificados tipos de alimentos oferecido além de variadas possibilidades de abrigos”.

“O controle populacional é a solução, que poderá ser feito através da redução de sua alimentação”, ainda conforme a justificativa. Os animais “alimentados procriam até seis vezes por ano, realizando postura que varia de dois a cinco ovos.  A previsão é de que, não havendo alimentação, no curto período de seis meses a situação da superpopulação seja reduzida a condições menos perigosas”.

Entre as principais doenças transmitidas pelos pombos estão complicações como: micoses, doenças respiratórias, pneumonias, infecções, febre, ínguas, ulcerações pelo corpo, anemia, náuseas, diarreia, dores de cabeça, cólicas abdominais e outras enfermidades.

Antes que siga para possível sanção do prefeito, o Projeto de Lei nº 037/2017 de autoria do vereador Anselmo Martins passa por segunda e decisiva votação na próxima quinta-feira (01 de março).

A proposta reforça ações e é prevista em Legislação Municipal

Conforme expõe a Lei Municipal nº 5.292, de 26/06/2009 que dispõe sobre ações para controle e prevenção de zoonoses sancionada pelo ex-prefeito Clóvis Volpi, em seu artigo primeiro é expresso:

“O desenvolvimento de ações objetivando o controle das populações de animais, bem como a prevenção e o controle das zoonoses no Município da Estância Turística de Ribeirão Pires passam a ser regulados pela presente Lei”.

No artigo terceiro, diz:

“Constituem objetivos básicos das ações de prevenção e controle de zoonoses:

I – prevenir, reduzir e eliminar a morbidade e a mortalidade, bem como os sofrimentos humanos causados pelas zoonoses urbanas prevalecentes;

II – preservar a saúde da população, mediante o emprego de conhecimentos especializados e experiências da saúde pública veterinária.

§ 1º Compete ao Centro de Controle de Zoonoses – CCZ, a promoção e implementação de ações de vigilância epidemiológica relacionada à zoonoses”.

Já na Seção VIII, dos animais sinantrópicos* e peçonhentos, o texto é enfático sob a responsabilidade e competência do Centro de Controle de Zoonoses de Ribeirão Pires, como segue abaixo:

Artigo 36. Ao munícipe compete a adoção de medidas necessárias para a manutenção de suas propriedades limpas e isentas de animais sinantrópicos, vetores e peçonhentos.

Artigo 37. É proibido o acúmulo de lixo, entulho ou outros materiais que propiciem a instalação, a proliferação e a alimentação de roedores, pombos, vetores e peçonhentos, seja em áreas públicas ou privadas, excetuando-se as áreas especialmente designadas pela autoridade competente para esse fim.

*Animal sinantrópico: Animal de espécie que, indesejavelmente, coabita com o homem, tal como roedores, baratas, moscas, pulgas, morcegos, pombos e outros semelhantes.

As pombas estão espalhadas pelos centros, ruas e praças das grandes cidades do mundo. É complicado chegar nestes locais sem que se encontre um grupo de pombas bisbilhotando os cantos atrás de comida. Dotadas de grande precisão devido a sua mira laser, nunca erram o alvo, sujando sempre a cabeça dos mais desavisados e manchando capôs dos carros. Luís Carlos Nunes

Abaixo a íntegra da Lei Municipal que prevê as ações para controle e prevenção de zoonoses em Ribeirão Pires.

Ribeirão Pires: Remendo já não resolve e tapa-buraco dura pouco em asfalto velho.

Buracolância – Enquanto operários tapam buracos, sob os pés de Kiko, Gabriel e secretários rachaduras e microfissuras. Futura cratera!

O surgimento de buracos em vias recém-remendadas mostra que a operação tapa-buraco empreendida pela prefeitura de Ribeirão Pires já não é capaz de resolver o problema nem de forma paliativa, pedindo soluções por longo prazo, como recapeamentos. Na rua Professor Antônio Nunes no bairro Santa Luzia, por exemplo, trechos consertados há pouco tempo já estão perto de ficarem intransitáveis.

Com uma cratera ao lado da outra, condutores não têm alternativa senão passar por dentro dos buracos. O problema é que a via tem grande fluxo de veículos, o que pode custar um pneu, uma suspensão ou qualquer outra avaria no automóvel ou quem sabe vidas.

Nesta terça-feira (20), equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura, esteve pela “enésima” vez, tentando “tapar buracos” na referida rua que é importante artéria viária do bairro.

O curioso é que as equipes ainda nem terminam os serviços e a avenida já está tomada de microfissuras e rachadura que em poucos dias darão lugar a novos buracos e crateras. Isso só terá fim se for feito um trabalho recapeamento asfáltico, que consiste em arrancar toda a camada antiga e substituir por uma nova.

O que acontece na rua do Antônio Nunes não é diferente da realidade de outras vias da Estância. Por exemplo, a avenida Francisco Monteiro que liga o centro ao bairro santa Luzia precisa urgentemente de um recapeamento, um serviço de recuperação asfáltica mais durável. O mesmo é possível se dizer da estrada do Caçula, estrada da Colônia, rua Pedro Rípoli no Barro Branco e outras tantas, periferia afora.

Na imagem acima, com os devidos crédito do “Diário de Ribeirão Pires”, com a presença do prefeito Kiko Teixeira e seu vice Gabriel Roncon registra-se um asfalto rachado, gasto, trincado e merecedor de uma bela e folgada aposentadoria. A cena se repete por toda a extensão da via que eleva a rua Antônio Nunes a uma legítima representante da “buracolândia” para a qual marcha Ribeirão Pires. Uma vergonha! Luís Carlos Nunes

Rio Grande da Serra: Vereador Antônio Botelho solicita informações sobre as ambulâncias.

O vereador Antônio Botelho Guimarães encaminhou requerimento ao executivo municipal solicitando informações sobre a manutenção das ambulâncias na cidade.

No documento, o edil questiona: “Quantas ambulância estão disponíveis para a prestação de serviços à população, a frequência da manutenção dos respectivos veículos, quais os dados da empresa responsável pela manutenção no município dentre outras coisas”.

Conforme justificou o parlamentar o requerimento de informações tem como base o grande número de reclamações o qual vem recebendo da população que vem encontrando dificuldades em ser atendido pelo serviço.

Vereador Anselmo Martins apresenta projeto que visa controlar a proliferação de pombos e evitar doenças em Ribeirão Pires.

O objetivo é controlar a população de aves, evitando contaminações por doenças onde deverão ser criadas ações de conscientização da população para não alimentar. È melhor prevenir do que remediar

Será votado nesta quinta-feira (22) um Projeto de Lei de iniciativa do vereador Anselmo Martins (PR) que pretende implantar serviço permanente para controle de doenças e proliferação de pombos. Conforme proposta, o serviço será viabilizado pelo executivo municipal e sob responsabilidade do Centro de Controle de Zoonoses de Ribeirão Pires.

“Existe a necessidade de um plano de controle de reprodução destas aves, visto que assim como os ratos, as Pombas são classificadas como pragas por órgãos ambientais e de Saúde”, esclareceu o edil em contato com o Blog Caso de Política.

Segundo ainda justificou Anselmo Martins, o objetivo é controlar a população de aves, evitando contaminações por doenças onde deverão ser criadas ações de conscientização da população para não alimentar e não usar as aves para consumo próprio ou animal. É preciso ainda um sistema de limpeza diária nos locais onde há concentração dos pombos, pois suas fezes são prejudiciais à saúde e podem causar problemas respiratórios e afetar o sistema nervoso, podendo causar morte e pessoas e animais domésticos. É melhor prevenir do que remediar”, disse o parlamentar que confirmou ao Caso de Política que uma emenda ao projeto original será apresentada durante a sessão desta quinta-feira para alterar dispositivo que previa multa para quem fosse flagrado alimentando as aves.

Os pombos parecem aves inofensivas e muito simpáticas ao olhar por simbolizarem a paz, mas transmitem diversas doenças para os seres humanos que precisam ficar atentos para não serem contaminados.

Eles vivem em locais onde há restos de alimentos, estão em todos os lugares, especialmente onde há abundância de lixo, que também serve de alimento para pombos famintos.
A Criptococose é a principal doença transmitida pelos pombos, que contamina as pessoas através da inalação de fungos que estão presentes nas fezes deste animal. Ela ataca o pulmão e pode chegar também ao sistema nervoso central, ocasionando sintomas como dor de cabeça, sonolência e febre. Em alguns casos, pode causar até meningite. Cerca de 30% das pessoas infectadas morrem.

Outra doença comum é a histoplasmose, também transmitida pelos fungos das fezes dos pombos. Ela origina uma micose muito profunda que chega a afetar os órgãos internos do ser humano.

A salmonelose, outra doença ligada aos pombos, apresenta os sintomas de uma intoxicação alimentar, principalmente de carne contaminada. Ela causa diarreia e outras dores abdominais.
Os pombos também podem transportar alguns micro-organismos nas penas. Por causa disso, podem causar dermatites caso entrem em contato com os seres humanos. As dermatites causam muita coceira, infecções e até se transformam em alergias que afetam o sistema respiratório.
A melhor forma de evitar a contaminação de doenças transmitidas pelos pombos é não criar condições para a proliferação da ave perto de residências, não dando alimento e água. Manter forros, calhas e telhas sempre limpos também ajuda muito quando o objetivo é afastar essas aves de sua família.

Os pombos são animais muitos frequentes em qualquer cidade, e a transmissão de doenças acontece principalmente através do cocô e, por isso é preciso ter cuidado para evitar o contato direto com as fezes. Além disso, é importante que as cidades façam uma limpeza adequada das fezes, já que, quando secam, podem virar poeira e acabar sendo aspiradas para os pulmões.

A página www.pombo.org (especializada na ave) apresenta um levantamento realizado por 14 anos pelo Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina de Rio Preto. No estudo é apontado que 42 pessoas morreram vitimadas por doenças transmitidas por Pombas e que desde o início do estudo, um total de 198 pessoas vieram a óbito. Para saber mais clique aqui.

A proposta do vereador Anselmo Martins, pode de certa forma ser comparada a castração de cães e gatos para o seu controle populacional. Caso a proposta seja bem compreendida pelo cidadão, as pombas poderão inclusive migrar para outras regiões A bom tempo atrás uma pessoa me disse que “pombos são ratos com asa, na doença e na proliferação”. Luis Carlos Nunes

Polícia prende 33 pedófilos. Prisões foram em Ribeirão Pires, Mauá, Santo André, São Bernardo, Diadema e mais 16 municípios.

A Polícia Civil de São Paulo prendeu, na manhã desta terça-feira (20), 33 pessoas acusadas de crime de pedofilia, principalmente pelo armazenamento e distribuição de fotografias ou vídeos de crianças ou adolescentes em cenas de sexo explícito. As prisões são parte da operação.

Policiais apreenderam até brinquedos durante operação de combate à pedofilia em São Paulo

Os suspeitos foram presos em municípios da Grande São Paulo. Os policiais cumpriram mandados em Carapicuíba, Cotia, Itapecerica da Serra, Barueri, Jandira, Itapevi, Santana do Parnaíba, Ferraz de Vasconcelos, Praia Grande, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Ribeirão Pires, Mauá, Santo André, São Bernardo do Campo, Diadema, Embu-Guaçu, Embu das Artes, Vargem Grande Paulista, Osasco e Taboão da Serra.
As investigações, que estão em andamento há seis meses, tiveram como base denúncia anônima de um morador de Taboão da Serra sobre um suspeito de armazenar material pornográfico. A partir daí, foi feito o levantamento de IP, que é a identidade de cada computador, o que levou a uma rede que inclui 49 pessoas.
De acordo com a delegada, Gilmara Natália dos Santos, ainda não é possível afirmar se há entre os presos responsáveis pela produção do material.

“Primeiro, eles estão sendo autuados por armazenamento, depois vamos identificar se estavam trocando o material.”

A delegada disse também que ainda não se sabe se há vítimas nas imagens. “Muitas vezes, a vítima está dentro da casa, sendo abusada, e as pessoas estão trocando as imagens.”
A delegada afirmou também que todos os alvos da operação são pessoas “acima de qualquer suspeita”, que não aparentavam ter envolvimento com esse tipo de crime.
Há, entre os presos, um funcionário de escola infantil, um diretor de bufê e um guarda civil municipal, além de um pai e um filho residentes na mesma casa, que, segundo a Polícia Civil, disseram não ter conhecimento de que ambos praticavam tal ato.

“Temos alvos com 7.000 arquivos no computador. Isso é muita coisa”, disse a delegada.

Os presos serão encaminhados para os centros de Detenção Provisória de suas cidades e, em seguida, para audiências de custódia nas respectivas cidades. A pena para tais crimes, prevista no Artigo 241 do Estatuto do Menor e do Adolescente (ECA), é de quatro anos de detenção.

“O crime de armazenar fotografias e vídeos é permanente. Para quem transmite, a pena é maior e não há fiança.”

A delegada ressaltou que uma das formas de detectar se há possibilidade de uma pessoa próxima estar praticando crime de pedofilia é a observação.

“É preciso prestar atenção no comportamento das pessoas. Uma pessoa retraída, calada, que busca ficar sozinha com crianças, oferece muitos doces, prêmios, pode ser um pedófilo. Entre os presos hoje, o perfil mais comum é de solteiros mais velhos e sem filhos”, disse Gilmara.

De acordo com o delegado do Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil, Márcio Fruett, alguns dos presos têm passagem pela polícia.

“Mas são passagens por outros tipos de crime, nada que chamasse a atenção para esse viés de crime sexual, principalmente contra crianças.”

com informações do Portal UOL

Vereador Amaury vistoria pista de skate e conversa com futebolistas.

O vereador Amaury Dias (PV) esteve no início deste mês de fevereiro vistoriando a pista de skate de Ribeirão Pires. No local foi verificado que o local apresenta condições de risco aos praticantes da modalidade esportiva.

“Sem dúvida uma grande conquista da galera, mas infelizmente pude constar a péssima condição que a mesma se encontra. Em conversa com os jovens se utilizam o espaço colhi solicitação de uma urgente reforma na pista”, disse Amaury.

Segundo ainda disse o vereador “iremos oficiar o Executivo Municipal na certeza que o Prefeito irá se sensibilizar com as atuais condições da pista e urgentemente irá autorizar a revitalização da mesma, pois no estado que se encontra causa um risco enorme de acidente, valendo frisar que muitos praticantes desse esporte são crianças e adolescentes”.

A pista apresenta uma série de problemas desde o início de sua obra e poderia ter sido aproveitado toda área da praça, feita uma pista com uma qualidade melhor, e a prefeitura aproveitar o espaço e fornecer aulas para as crianças, assim como é feita em outras regiões.

No sábado (17), no período da manhã, o vereador Amaury se reuniu com integrantes da Associação de Futebol Alvorada para traçar planejamento da equipe de futebol no ano de 2018 e dos projetos sociais a serem realizados.

 

Mudanças no Passe Livre Estudantil de Ribeirão restringem o direito de jovens à cidade.

Desde o início do ano letivo de 2018, os estudantes beneficiários do Passe Livre não têm mais o direito de usar o transporte público gratuitamente nas 24 horas do dia. Segundo levantou o blog Caso de Política “os alunos só podem fazê-lo em dois períodos de até duas horas, podendo embarcar quatro vezes em cada um dos períodos”.

Segundo informaram usuários, “a empresa Rigras, -concessionária em Ribeirão Pires – alega que as novas regras mantêm a finalidade do Passe Livre de disponibilizar o acesso à educação”, mas os estudantes e seus responsáveis rebatem o argumento, enfatizando a falta de incentivos para o direito de ir e vir participando de equipamentos culturais e espaços públicos da cidade.

Em 2017, a empresa Rigras obteve substancial redução de seus custos operacionais ao repassar aos seus motoristas a responsabilidade pelo recebimento das passagens tendo no mesmo ano um aumento da tarifa de R$ 3,80 para R$ 4,00. Um novo aumento da passagem é aguardado para os próximos dias.

A vida do estudante não pode estar restrita ao espaço escolar. Ele é de fundamental importância, mas é apenas o espaço básico para a educação. Privar os estudantes de baixa renda do seu direito à mobilidade, é o mesmo que limitar as possibilidades de desenvolvimento cultural e social dessa população. Luís Carlos Nunes

Gabriel Maranhão quer iniciar em breve a 3ª etapa do Parque Linear em Rio Grande da Serra.

Aconteceu nesta quinta-feira (08), uma reunião na Secretaria Estadual da Casa Civil onde o prefeito Gabriel Maranhão apresentou ao mandatário da pasta, Samuel Moreira, o projeto da 3ª etapa do Parque Linear de Rio Grande da Serra.

Participaram do encontro de trabalho, a Secretária Municipal de Obras e Planejamento, Sandra Malvese, o Secretário Executivo do Conselho de Orientação do Fumefi, Widerson Tadeu Anzelotti e o assessor técnico, Mário Sérgio.

O FUMEFI tem por finalidade financiar e investir em projetos de interesse da Região Metropolitana de São Paulo. Suas operações são formalizadas por Instrumentos de liberação de crédito celebrados pelo Agente Financeiro, o Banco do Brasil, com as Prefeituras Municipais Beneficiárias das aplicações, sempre em nome da Casa Civil, seu Agente Promotor, a que está vinculado.

Os repasses financeiros decorrentes de contratos são realizados parceladamente, mediante pareceres conclusivos da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano S/A (EMPLASA), na qualidade de Agente Técnico, emitidos a partir de valores documentalmente apresentados pelas beneficiárias, correspondentes aos serviços efetivamente executados, em conformidade com as medições mensais das obras por elas contratadas.

A 3ª etapa do Parque Linear corresponde à conclusão dos trabalhos, com o prolongamento da canalização existente na Avenida José Belo (área de manancial), e instalação de quadras poliesportivas e espaço recreativo e de lazer

Reunião do CONSEG de Ribeirão Pires acontece na próxima quarta-feira (07).

O Conselho Comunitário de Segurança de Ribeirão Pires (CONSEG) convida a todos para participarem de sua primeira reunião ordinária de 2018 para tratar de assuntos relacionados a segurança pública do município.

Os CONSEGs são grupos de pessoas do mesmo bairro ou município que se reúnem para discutir e analisar, planejar e acompanhar a solução de seus problemas comunitários de segurança, desenvolver campanhas educativas e estreitar laços de entendimento e cooperação entre as várias lideranças locais.

Cada Conselho é uma entidade de apoio à Polícia Estadual nas relações comunitárias, e se vinculam, por adesão, às diretrizes emanadas da Secretaria de Segurança Pública, por intermédio do Coordenador Estadual dos Conselhos Comunitários de Segurança.

As reuniões ordinárias de cada Conselho são mensais, realizadas normalmente no período noturno, em imóveis de uso comunitário, segundo uma agenda definida por período anual.

A Secretaria de Segurança Pública tem como representantes, em cada CONSEG, o Comandante da Polícia Militar da área e o Delegado de Polícia Titular do correspondente Distrito Policial.

Sua legitimidade tem sido reconhecida pelas várias esferas de Governo e por institutos independentes, o que permite afirmar que os CONSEGs representam, hoje, a mais ampla, sólida, duradoura e bem sucedida iniciativa de Polícia orientada para a comunidade em curso no Brasil.

Data: 07 de fevereiro de 2018

Horário: 19:00 horas

Local: Câmara Municipal de Ribeirão Pires – Rua João Domingues de Oliveira, 12 – Centro.

Clauricio Bento atende solicitações de munícipes de Rio Grande da Serra.

O vereador Clauricio Bento (DEM), ainda que em período de recesso parlamentar, através de ofícios atendeu a pleitos de munícipes de Rio Grande da Serra.

Através de ofício direcionado a Secretaria de Serviços Urbanos do município, o edil solicitou a limpeza da Rua Mogi das Cruzes localizada no Bairro Vila Conde, que prontamente atendeu à solicitação e executou o serviço.

Em outra solicitação encaminhada para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), o vereador Clauricio Bento indicou a limpeza de toda extensão da linha férrea do município, trabalho este, rapidamente foi atendido.

Rua Mogi das Cruzes localizada no Bairro Vila Conde

Limpeza de valetas e canais na extensão da linha férrea

Segundo o vereador, é através da participação da população participando e orientando que se constrói uma cidade cada vez melhor.

“Quero agradecer aos amigos Guilherme Negrão e Luís Carlos Skallop por procurarem e confiarem neste mandato. Ações como estas são verdadeiros atos de cidadania uma vez que contribuem com a qualidade de vida de muitos moradores de Rio Grande da Serra”, disse o parlamentar.

Mauá: CPTR tem 162 vagas de emprego disponíveis.

Quem está buscando recolocação no mercado de trabalho pode se candidatar a uma das 162 vagas de emprego disponibilizadas pelo CPTR (Centro Público de Trabalho e Renda) de Mauá para a semana entre os dias 5 e 9 de fevereiro (de segunda a sexta-feira). As oportunidades são para trabalhar em Santo André e Mauá.

Das 162 vagas oferecidas, 149 são para pessoas com Ensino Fundamental incompleto, o que corresponde a 92% do total. São 60 vagas para auxiliar de limpeza, 40 para copeiro de hospital, 27 para ajudante de cozinha, 12 para cozinheiro de hospital e dez para lactarista.

As pessoas com Ensino Médio completo têm oito oportunidades, sendo três para operador de injetora de plástico, duas para chefe de serviço de limpeza, uma para instrutor de informática, uma para técnico de programação de produção e uma para zelador.

Por fim, os candidatos com Ensino Fundamental completo podem concorrer a cinco vagas, sendo uma para cada posição: auxiliar de limpeza, conferente de carga e descarga (vaga exclusiva para portadores de deficiência), cozinheiro geral, jardineiro e promotor de vendas.

Para se candidatar aos empregos, é preciso comparecer ao CPTR com RG, CPF e Carteira de Trabalho. O posto está localizado na Rua Manoel Pedro Júnior, 45, na Vila Bocaina, e está aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

CPTR Móvel

A van do CPTR (Centro Público de Trabalho e Renda) levará os serviços de emissão de Carteira de Trabalho e intermediação de mão de obra ao longo da semana para os bairros Jardim Maringá, Jardim Adelina e Vila Independência. O atendimento é feito das 9h às 16h e não é necessário reservar horário de atendimento.

Para emitir a documentação é necessário levar RG, CPF, uma foto 3×4 e comprovante de residência. Já para quem quiser buscar uma oportunidade de trabalho, é preciso comparecer ao local de atendimento portando RG, CPF e Carteira de Trabalho. As vagas são oferecidas para munícipes a partir de 16 anos.

Confira os endereços e as datas:

Dias 5 e 6 de fevereiro: Avenida Barão de Mauá, altura do número 3.567, em frente à UPA Barão de Mauá, no Jardim Maringá;

Dias 7 e 8 de fevereiro: Rua São Judas Tadeu, altura do número 81, em frente à EM Américo Perrella, no Jardim Adelina;

Dia 9 de fevereiro: Rua Dom Pedro II, altura do número 232, em frente à EM Darcy Ribeiro, na Vila Independência.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social

Moradores do Caçula, cansados de esperar pela prefeitura, vão organizar mutirão de limpeza.

Moradores do Jardim Caçula em Ribeirão Pires, cansaram de esperar a prefeitura municipal realizar obras de limpeza e manutenção em equipamentos públicos do bairro e prometem que resolverão a situação por conta própria. Organizada por populares indignados pela omissão e descaso, “a população fará uma vaquinha e comprar o que for necessário e arregaçar as mangas”, é o que afirmam nossas fontes.

Segundo imagens diversas postadas nas redes sociais, ruas, praças escolas, creche e posto de saúde encontram-se cheias de mato, vazamentos e outras mazelas.

“A população está disposta a reagir contra a inércia do poder público. Isso é falta de vontade política e irresponsabilidade. A cidade só é cidade para quem pode pagar. O Jardim Caçula está abandonado e esquecido como nunca se viu antes”, afirmou uma moradora do bairro que prefere o anonimato.

Um outro morador diz: “Infelizmente estamos abandonados, mas nós temos uma grandeza parcela de culpa desse abandono, nas eleições os partidos invadem com o intuito apenas de promover a eleição dos candidatos de ponta… Poderiam buscar soluções para os problemas que assolam o nosso bairro. Caso não fosse possível poderia pagar do seu salário que não é baixo , ao menos uma pessoa para roçar os matos das calçadas que as crianças utilizam para ir para escola”.

Rio Grande: IPTU 2018 pode ser pago com o mesmo valor de 2017 até o dia 20.

A Prefeitura do Município de Rio Grande da Serra remeteu hoje na última quinta-feira (01/02) aos Correios os carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2018, para entrega aos contribuintes.
Para quem realizar o pagamento à vista, pagará o mesmo valor congelado do imposto de 2017, com vencimento até o dia 20 de fevereiro. Após esta data, o boleto de cota perderá a validade e somente será possível o pagamento parcelado.
A medida comtempla os imóveis que não tenham sofrido alterações predial e/ou territorial que aumente a base de cálculo de tributo.
Para quem for pagar parcelado, o valor do imposto será atualizado em 7%, o número de parcela aumentou de 10 para 11 parcelas e o vencimento da 1ª parcela também será até o dia 20 de fevereiro.
A novidade para 2018 é que os carnês do IPTU de quem possui imóvel no terreno não virão mais com a taxa de Coleta, Remoção e Destinação de Resíduos Sólidos (Taxa do Lixo), a qual será cobrada pela Sabesp, parcelada nas contas de água, conforme o convênio pactuado. Já os terrenos sem construção, a taxa continuará a ser cobrada através do carnê do IPTU.
Outra novidade é que a 2ª via do carnê poderá ser impressa para o pagamento diretamente do site da Prefeitura, o contribuinte deverá informar o número da inscrição imobiliária (que costa no carnê dos anos anteriores) e o número do CPF (do proprietário compromissário ou possuidor do imóvel), para impressão da 2ª via para pagamento.
Dúvidas e esclarecimentos serão atendidos no Setor de Dívida Ativa da Secretaria de Finanças, situado na Rua do Progresso, 700, Centro, de segunda a sexta das 8h às 17h.

Ribeirão Pires: João Mancuso e Kiko querem punir vereador que age com independência.

O presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Ribeirão Pires, João Mancuso disse a um jornal regional que pretende expulsar o vereador Danilo da Casa da Sopa sob ao pretexto de insubordinação partidária. A informação cai como uma bomba na cidade, onde segundo a notícia “Entre as hipóteses cogitadas estão um processo para expulsão do parlamentar e, futuramente, ação para pedir a cadeira de Danilo Afonso junto à Justiça Eleitoral”.

Conforme noticiou o blog Caso de Política, presente à primeira sessão da Câmara Municipal em 2018 (clique aqui), após o executivo protocolar no dia 31 de janeiro, ao final da tarde, na secretaria Geral da Casa de Leis – ainda durante período de recesso parlamentar – “seis” projetos de Lei em “Regime de Urgência”.

Os projetos encaminhados em Regime de Urgência em questão são:

Projeto de Lei nº 01/2018 – Que autoriza o Poder Executivo a efetuar repasse de subvenções Municipal, Estadual e Federal ao terceiro setor, no exercício de 2.018 por meio aditivo de colaboração – valor total – R$ 2.613.549,00.

Projeto de Lei nº 003/2018 – Aprova o Plano de Preservação do Patrimônio Cultural e Natural, nos termos da Lei Municipal nº 5.907 de 23 de outubro de 2014 que revisa o Plano Diretor da Estância Turística de Ribeirão Pires.

Projeto de Lei nº 004/2018 – Que autoriza o Poder Executivo a celebrar Termo de Colaboração com a Associação do Microempreendedor Individual de ribeirão Pires (AMEIRP), para realização do processo de seleção e administração dos concessionários dos boxes do Terminal Rodoviário do Município.

Projeto de Lei nº 005/2018 – Que dispõe sobre a concessão de direito real de uso de área para a Associação Viva Bem a Idade que Tem (ASVBIT).

Projeto de Lei nº 006/2018 – Que altera a Lei nº 5.307 de 02 de agosto de 2009 que dispõe sobre o controle da emissão de ruídos e sons urbanos.

Projeto de Lei nº 007/2018 – Que autoriza o Poder Executivo a alienar bens móveis inservíveis e sucatas (veículos automotores inservíveis e sucatas).

Segundo esclareceu um jurista consultado pelo blog Caso de Política “o Regime de urgência via de regra, é utilizado para apressar a tramitação e a votação das matérias legislativas. A urgência dispensa interstícios, prazos e formalidades regimentais, e pode ser requerida nos seguintes casos: quando se trata de matéria que envolva perigo para a segurança nacional ou providência para atender calamidade pública; para apreciar a matéria na segunda sessão deliberativa ordinária subsequente à aprovação do requerimento; e para incluir matéria pendente de parecer na ordem do dia. A urgência pode ser solicitada pelos vereadores, por comissões técnicas e pelo prefeito municipal.

O repasse para as entidades assistenciais de Ribeirão Pires no ano de 2017 aconteceu no mês de abril, conforme noticiou este veículo de comunicação. Ver matéria clicando aqui.

Vereadores se queixam de truculência, má educação e falta de trato político. O secretário João Mancuso e atual presidente do PSB em Ribeirão Pires, pretende denunciar o parlamentar ao Conselho de ética do partido

Denunciado por protagonizar assédio e abuso sexual no interior de repartição pública (clique aqui, aqui, aqui e aqui), João Mancuso nesse curto espaço de tempo (13 meses) na administração do governo de Kiko Teixeira (PSB), foi denunciado na Câmara de vereadores por ter pago por placas publicitárias com dimensões inferiores as previstas em licitação aprovada o que pode ter causado os cofres públicos prejuízo de aproximadamente 87% sobre os valores contratados.

“O senhor não questionou a diferença, não enviou e-mail para empresa? O senhor falou tem uma diferença aí, qualquer coisa o senhor manda uma gordurinha. O que seria essa gordurinha?”

Acesse a reportagem clicando aqui

Mancuso ainda é protagonista pela falta de comunicação aos aposentados que sumariamente tiveram os seus IPTU’s impressos sem os devidos descontos legais. O assunto tomou grandes proporções e grande flagelo aos idosos foi imposto. A prefeitura diante pressões, se viu obrigada e rever data para atender a todos os prejudicados.

Acusado por diversos vereadores como arrogantes e mal-educado, na salinha de reuniões localizada atrás do plenário da Casa de Leis, Mancuso bradava “vocês têm que fazer o que o prefeito pede”.

ao fundo de camisa azul clara, secretário João Mancuso pressionando vereadores

Ainda que o presidente do PSB em Ribeirão Pires – a pedido do prefeito – expulse Danilo Afonso do partido, isso não é garantia para que Danilo Afonso – popular Danilo da Casa de Sopa – perca o seu mandato eletivo. Nos bastidores já a grande mobilização inclusive com outras siglas sinalizando acolhida ao parlamentar.

Sessão extraordinária foi convoca para a próxima segunda-feira (05) as 10:00 horas da manhã onde os projetos 01/2018 e 05/2018 serão apreciado, podendo os mesmos serem votados somente na sessão ordinária de quinta-feira (08).

Vereador Akira apresenta ao deputado Walter Ihoshi, a realidade de Rio Grande da Serra.

Rio Grande da Serra recebeu neste sábado (03), a visita do deputado Federal Walter Ihoshi (PSD). Acompanhado pelo vereador Akira Auriani (PSB), o deputado percorreu diversos bairros da cidade entre eles: Recanto das Flores, Vila Niwa, Chácara São Paulo e Parque Governador.

deputado Federal Walter Ihoshi ouve demandas na Associação de Moradores do Parque América

Na oportunidade, o parlamentar fez uma visita a Associação de Moradores do Parque América onde em conversar com os líderes comunitários colheu demandas e sugestões.

vereador Akira  Auriani fala projetos recebidos de lideranças enquanto caminha com deputado Walter Ihoshi pelo centro de Rio Grande da Serra

Em seu roteiro, Walter Ihoshi caminhou ainda por diversas ruas do centro da cidade onde na oportunidade conversou com comerciantes e populares. A UPA foi outro local por onde o deputado passou.

Segundo o vereador Akira Auriani, “a ideia foi trazer o deputado Walter Ihoshi para conhecer mais de perto, a realidade da cidade e apresentar a ele as necessidades e demandas que a população nos passou através de projetos”, disse o vereador.

Momento de descontração: Parada para um café e bate papo informal

Conforme ainda relatou Akira, “o deputado Walter Ihoshi tem sido um grande parceiro de Rio Grande da Serra e já destinou R$ 150 mil em emenda parlamentar para aquisição de insumos e matérias para a área da saúde do município. Nosso objetivo é conquistar através do deputado acesso a mais recursos e programas que possam contribuir para o desenvolvimento de Rio Grande da Serra”, concluiu o parlamentar.

Vereador Anselmo Martins se queixa da falta da operação cata bagulho em Ribeirão Pires.

O vereador Anselmo Martins (PR), teve requerimento aprovado nesta quinta-feira (01) solicitando informações para a prefeitura sobre a Operação Cata Bagulho.

Segundo o vereador “em todos os bairros da cidade é observado os descartes irregulares desse materiais em vias e terrenos públicos, isso antes das suspensão dos serviços, pois apesar do serviço ativo, não havia cronograma, datas específicas por bairros, sem eco pontos e o serviço era aleatório e não divulgado a população”.

Em vídeo, o edil relata o que classifica como grave problema em Ribeirão Pires.

Prefeitura de Mauá recuperou 115 praças em 2017.

Principal ação de zeladoria e revitalização urbana da história de Mauá, o programa Pintou Limpeza recuperou 115 praças ao longo de 2017 – ano em que foi criado pela gestão Um Novo Tempo. A ação passa por cada um dos bairros da cidade com o propósito de colocar a manutenção em dia.

As 115 praças atendidas estão espalhadas por 60 bairros da cidade. Além das ações de jardinagem, pintura e paisagismo, muitas delas ganharam academia ao ar livre e playground.

Entre os bairros atendidos estão Parque São Vicente, Jardim Zaíra, Jardim Guapituba, Sônia Maria, Capuava, Vila Assis, Jardim Anchieta, Vila Mercedes, Santa Lídia, Vila América, Cerqueira Leite, Parque das Américas, Vila Falchi e Oratório.
As ações do Pintou Limpeza incluem serviços como varrição de ruas, capinagem, operações tapa-buraco e cata-bagulho, limpeza de galerias de águas pluviais, bueiros e bocas de lobo.
Não foram somente as praças que passaram por melhorias. Ao longo do ano passado, o programa atendeu 59 escolas. Na área da saúde, foram 21 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) atendidas – restam, portanto, somente dois postos para que todos sejam contempladas.