Category Archives: Cultura

Parque Linear de Rio Grande da Serra recupera espaço verde e espaço de lazer.

Inaugurado em 1º de julho de 2016, o Parque Linear em Rio Grande da Serra é mais uma opção de lazer.

O Parque Linear Luiz Antônio Correa, localizado na Avenida José Bello, no Recanto das Flores tem aproximadamente 8000 m² de área foi realizado sobre um antigo aterro e conta com quadra esportiva, quiosques, playground e ciclovia, entre outras atrações, além de monitoramento por câmera interligado com a Polícia Militar, atendendo principalmente pessoas que residem na região da Vila Conde, Recanto das Flores, Vila Tsuzuki e demais bairros vizinhos.

Com o objetivo de iniciar a última etapa do Parque, no dia 08 de fevereiro, uma reunião na Secretaria Estadual da Casa Civil, o prefeito Gabriel Maranhão apresentou ao mandatário da pasta, Samuel Moreira, o projeto da 3ª etapa do Parque Linear de Rio Grande da Serra.

A 3ª etapa do Parque Linear prevê o prolongamento da canalização existente na Avenida José Belo (área de manancial), e instalação de quadras poliesportivas e espaço recreativo e de lazer.

Através da belíssima imagem aérea captura pela equipe “Meu Drone da Serra” é possível notar a importância do parque que trouxe para Rio Grande da Serra a recuperação de importante espaço verde antes em completo estado de degradação.

Abertas as inscrições para o Coral de Rio Grande da Serra.

A ação é promovida pela Secretaria de Educação e Cultura do município e as inscrições vão até quinta-feira, dia 29 de março e devem ser feitas no Anfiteatro Primeira-Dama Zulmira Jardim Teixeira, de segunda a sexta, das 9h às 16h30.

Interessados em participar das aulas de canto devem ter a partir de 10 anos de idade e disponibilidade para participar das aulas que acontecerão todas as segundas, quartas e sextas no turno da manhã (das 8h30 às 9h30) ou à tarde (das 14h às 15h).

No ato da inscrição, os interessados escolhem o turno para participar. As aulas têm previsão de início em 02 de abril e serão ministradas pelo Prof. Clayton Calixto, profissional renomado com formação em Licenciatura em Música e com mais de 15 anos de experiência, lecionando na área musical. As aulas são totalmente gratuitas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 4821-4192.

Rio Grande da Serra abre inscrições do Concurso Rainha e Princesa do Cambuci 2018.

A Prefeitura de Rio Grande da Serra realizará a 13ª edição do Festival Gastronômico e Cultural do Cambuci, evento tradicional e que integra o Calendário Comemorativo de aniversário da cidade, celebrado dia 03 de maio.
O Festival do Cambuci terá programação para toda a família, inclusive com atividades voltadas ao público infantil. Entre outras atrações, destaque para o Concurso de Rainha e Princesa do Cambuci.
As candidatas interessadas em participar do concurso devem realizar a inscrição entre os dias 05 e 09 de março. Para se inscrever é necessário comparecer, às 14 horas, na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turístico, que fica localizada na Rua Progresso, 700 – Bloco D, no Centro.
Os documentos necessários para a inscrição são: RG; CPF; comprovante de endereço; uma foto 3×4 e duas fotos 10×15, sendo uma de corpo inteiro e uma de meio corpo (as fotos não podem ser tiradas com trajes de banho). Além disso, as concorrentes menores de 18 anos, precisam estar acompanhadas por seus responsáveis legais.
Para participar do Concurso Rainha e Princesa do Cambuci, a candidata tem que ser moradora de Rio Grande da Serra há mais de 12 meses e ter idade entre 14 e 25 anos.
O Concurso será dividido em duas etapas. Na primeira, serão escolhidas sete garotas entre as candidatas inscritas, que serão classificadas pela maior pontuação obtida, por meio de um corpo de jurados. Na segunda etapa, haverá a escolha da Rainha e Princesa do Cambuci 2018 no Palco durante o Festival do Cambuci.
Evento
O Festival Gastronômico do Cambuci de Rio Grande da Serra também faz parte do calendário de Festejos do Município e do Estado de São Paulo; a cidade sedia a festividade para valorizar o fruto e seu potencial turístico. Além do Concurso e de vasta programação musical e cultural, o Festival conta ainda com atividades diversificadas como os concursos de gastronomia a base de Cambuci e o de melhor do artesanato local.

Biblioteca Monteiro Lobato de Rio Grande da Serra recebe novos projetos.

Em 2017, mais de 3.000 pessoas passaram pelo local e realizados mais de 2.200 empréstimos de livros

A Biblioteca Municipal Monteiro Lobato, fundada em 1987, ocupou diversos prédios, mas, atualmente, após sua reformulação, está localizada na região Central, junto ao CREB (Centro de Referência de Educação Básica). Em um espaço amplo, com mais de 200m² de área, ambientado para atender diversos públicos, a Biblioteca Municipal de Rio Grande da Serra possui um acervo diversificado, contando com, aproximadamente, 7.500 títulos, entre eles, clássicos da literatura brasileira e estrangeira, livros recém-lançados, literatura infantojuvenil, livros em braile, entre outros.

Possibilitando o acesso ao conhecimento, o espaço também disponibiliza grande número de enciclopédias, mapas, atlas, dicionários e muitos livros didáticos, além de oferecer o acesso à internet em seus computadores de forma gratuita.

Já aos usuários que buscam se manter informados, o local também recebe diariamente jornais da região, revistas semanais e gibis diversos. E caso queiram saber um pouco mais sobre Rio Grande da Serra e a região é possível ter acesso a livros que se dedicam a história e memória do lugar.

Estrutura

Além disso, o equipamento público possui um grande acervo de DVDs, contendo entrevistas, filmes, documentários, programas de TV, videoaulas que podem ser assistidos em uma cabine equipada e disponibilizada na própria biblioteca.

Com exceção dos periódicos que possuem assinatura regular, todo o acervo é composto basicamente por doações. No ano de 2017 mais de 3.000 pessoas passaram pela biblioteca e foram realizados mais de 2.200 empréstimos.

Novos projetos

Já para o ano de 2018 estão sendo planejadas ações de leitura mediada, contação de história, oficinas, entre outros projetos culturais e educacionais.

Além da possibilidade de fazer consulta local ao acervo é possível obter empréstimos dos exemplares. Para isso, os usuários necessitam fazer uma carteirinha que é confeccionada de forma gratuita. Caso você possua interesse, dirija-se a biblioteca levando cópia do RG, comprovante de residência e uma foto 3×4, basta somente isso para poder acessar tudo que a Biblioteca Municipal Monteiro Lobato pode lhe oferecer.

Serviço

A Biblioteca Municipal Monteiro Lobato está localizada a na Rua do Progresso, 251, de segunda a sexta das 8h15 às 16h30. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4820-3214.

Vereador Amaury vistoria pista de skate e conversa com futebolistas.

O vereador Amaury Dias (PV) esteve no início deste mês de fevereiro vistoriando a pista de skate de Ribeirão Pires. No local foi verificado que o local apresenta condições de risco aos praticantes da modalidade esportiva.

“Sem dúvida uma grande conquista da galera, mas infelizmente pude constar a péssima condição que a mesma se encontra. Em conversa com os jovens se utilizam o espaço colhi solicitação de uma urgente reforma na pista”, disse Amaury.

Segundo ainda disse o vereador “iremos oficiar o Executivo Municipal na certeza que o Prefeito irá se sensibilizar com as atuais condições da pista e urgentemente irá autorizar a revitalização da mesma, pois no estado que se encontra causa um risco enorme de acidente, valendo frisar que muitos praticantes desse esporte são crianças e adolescentes”.

A pista apresenta uma série de problemas desde o início de sua obra e poderia ter sido aproveitado toda área da praça, feita uma pista com uma qualidade melhor, e a prefeitura aproveitar o espaço e fornecer aulas para as crianças, assim como é feita em outras regiões.

No sábado (17), no período da manhã, o vereador Amaury se reuniu com integrantes da Associação de Futebol Alvorada para traçar planejamento da equipe de futebol no ano de 2018 e dos projetos sociais a serem realizados.

 

Ribeirão Pires abre inscrições para Oficina de Dublagem.

A Prefeitura de Ribeirão Pires abre inscrições para a Oficina de Dublagem. As inscrições devem ser realizadas entre os dias 19 a 21 de fevereiro, no Centro Cultural (Rua Dr. Yutaka Ishihara, 220, Jardim Pastoril), em três horários de atendimento: das 9h às 12h; das 14h às 17h e das 18h às 20h.

As vagas são limitadas, processo seletivo e as datas de matrículas serão divulgadas no ato da inscrição. Os interessados devem ter idade a partir dos 12 anos e passarão por teste de aptidão.

O projeto de estudo e prática de dublagem gratuito é uma parceria entre as Secretarias de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia e Turismo e Desenvolvimento Econômico. A oficina terá duração de 3 meses e serão divididas em três turmas: às terças-feiras (manhã e tarde), às quartas-feiras (noite) e quintas-feiras (tarde). Mais informações pelo telefone 4824-1781.

Gilmar Mendes, Bolsonaro, Huck, Lula, Cunha, Temer… as “vítimas” das marchinhas do Carnaval 2018

No país onde a realidade surpreende constantemente a ficção, a política é grande fonte de inspiração para a maior festa pagã. Em todo Carnaval é assim: a tragédia política brasileira se repete na farsa de marchinhas bem-humoradas e provocativas. A sátira persegue, principalmente, quem está em maior evidência no momento.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Michel Temer, o ex-presidente Lula, o pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL-RJ), o apresentador Luciano Huck, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), e o empresário Joesley Batista estão entre as figuras lembradas. Evidentemente que há muito mais por aí. Outras devem ganhar os clubes e as ruas nos próximos dias. O blog Caso de Política apresenta, a seguir, uma seleção de marchinhas políticas para 2018. No vídeo de cada uma delas é possível ver a respectiva autoria:

Alô, alô, Gilmar

Habeas corpus do Barata

É melhor Jair, já ir embora

Bolsonaro e a Marchinha da Turma do Fuzil

Marchinha do Luciano Huck

Tio Lul lá no xilindró

Tem que manter, isso, viu…

Temer e a reforma da Previdência

Joesley e sua turma: É cana!

O folião, deus e o prefeito

Hino do Botafogo da lista da Odebrecht

Moreira Franco, o meu angorá

Libera o Cunha, Doutor!

Bilhões em dinheiro público para as teles, e o povo sem banda larga.

Vinte anos após o lançamento comercial do serviço de conexão à internet em seu território, o Brasil tem pouco mais da metade de seus domicílios conectados. Cerca de 46% das residências brasileiras, de acordo com a última pesquisa do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), não têm conexão com a rede. E, se depender do Congresso Nacional e da política adotada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), assim continuarão.

O alerta é da jornalista Iara Moura, integrante do conselho diretor do Intervozes, um dos principais coletivos da área de comunicação no Brasil.

Iara mostra os riscos para o país da eventual aprovação do projeto de lei (PLC 79/16) que modifica a Lei Geral de Telecomunicações e acaba com a figura das concessões na prestação de qualquer serviço da área. Seu objetivo principal, explica a jornalista, é autorizar a migração do serviço de telefonia fixa, hoje prestado em regime público – com obrigações de universalização, modicidade tarifária, metas de qualidade e continuidade – para o regime privado, via simples autorizações do Estado às operadoras. As mudanças favorecem um mercado bilionário e não contribui para levar a internet a todos os lares do país (veja a íntegra da coluna).

Ribeirão Pires celebra Carnaval com programação especial e gratuita.

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires está trabalhando nos preparativos do calendário de eventos em celebração ao Carnaval. A partir desta sexta-feira, dia 2, terá início a programação de atividades promovidas ou apoiadas pela Prefeitura. Nesta data, a equipe do Serviço de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde e Higiene realizará ação de conscientização para a prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis – ISTs/AIDS.

Das 15h às 18h desta sexta-feira, na Vila do Doce (Rua Boa Vista, s/nº – Centro), profissionais da saúde realizarão a distribuição de materiais informativos e preservativos femininos e masculinos aos moradores e visitantes da cidade, além de reforçar orientações sobre os serviços de testagem e tratamento gratuitos oferecidos na rede municipal. No local, dúvidas sobre o que são as doenças, formas de contágio e prevenção também poderão ser esclarecidas.

“O conhecimento e a prevenção são os melhores remédios contra as infecções sexualmente transmissíveis. Garantir à população acesso à informação é dever o Poder Público e nossas equipes estão permanentemente à disposição para esclarecer dúvidas dos moradores”, explicou a secretária de Saúde e Higiene da cidade, Patrícia Freitas.

Marchinhas

A programação cultural gratuita terá início no dia 10 de fevereiro, sábado, na Praça Central da Vila do Doce. A partir das 16h, a Secretaria de Esporte e Lazer realizará aulas abertas de ginástica e dança. Em seguida, a Banda Furiosa sobe ao palco com repertório das mais famosas marchinhas de carnaval, até 20h.

No dia 11 de fevereiro, domingo, a programação se repete. Das 16h às 17h, o público poderá curtir as aulas abertas de ginástica e dança e, em seguida, a apresentação da Banda Furiosa.

No feriado de Carnaval, dia 13, terça-feira, a programação cultural teráinício às 16h, com marchinhas para animar toda a família. Os foliões que forem fantasiados podem se inscrever, durante o evento, para os concursos de “Melhor Fantasia” (para crianças até 11 anos), “Bloco Fantasiados” (para adolescentes entre 12 e 18 anos) e “O melhor Folião ou Foliona” (para a terceira idade).

Apoio à cultura

Com apoio da Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, entre os dias 10 e 13 de fevereiro, acontecerá na cidade o Retiro de Carnaval 2018, organizado pela Renovação Carismática Católica de Ribeirão Pires. Dia 10, a programação terá início às 19h. Nos dias 11, 12 e 13, as atividades acontecem das 9h às 18h, no Complexo Ayrton Senna – Avenida Prefeito Valdírio Prisco, 193 – Jardim Itacolomy. Nos mesmos dias e horários, acontece o Rebanhão Kids, no Ginásio Ozíris Grecco (situado dentro do Complexo). O show de abertura fica por conta do cantor Gil Monteiro. Estão confirmadas as presenças de Kátia Cilene, Jonh Fabian, Ricardo Alexandre, Héber Campos, Fabiano Ramos, Padre José Silva, Padre Julio, Padre Everton, Padre Wanderson e Padre Nivaldo.

Ribeirão Pires: Prefeitura remove Cavalo de Ferro e o leva para o Pilar Velho.

Uma operação da prefeitura de Ribeirão Pires na manhã desta sexta-feira está causando intensos debates na cidade. A administração municipal removeu o famoso Cavalo de Ferro, exposto na Praça Manuel Velilla Suarez (próximo a ponte da Vila Suely) a pouco mais de 6 anos e o fixou no Bairro Pilar.

A obra foi encomendada ao artista plástico Rodrigo Bittencourt, pesa aproximadamente 6 toneladas, fazia parte do acervo do projeto Museu à Céu Aberto de Ribeirão Pires e tinha como objetivo a memória de tropeiros que no início do século XIX reuniam para assegurar mudança de tropas e continuar suas viagens ao planalto paulista com cargas de tropas e outros itens indispensáveis à época.

O artista plástico Rodrigo Bittencourt posando para foto sob o Cavalo de Ferro

O cavalo de Ferro era um grande ponto de referência para aqueles que chegavam ou passavam pela cidade.

Segundo o prefeito em exercício, Gabriel Roncon presente a remoção do “ginete”, “o Cavalo não consta do acervo municipal e a mudança de local atende a pedido do Clube de Cavaleiros de Ribeirão Pires que anualmente realizam uma festa na localidade e tem a autorização do Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Ribeirão Pires. Entendo que uma obra de arte não serve para ser apenas um ponto de referência. Ela deve ser observada e analisada não apenas uma referência”. Em um vídeo postagem nas redes sociais Roncon disse, “Essa obra de arte não combinava com a entrada da cidade, não ornava!”

Recentemente, conforme publicação oficial do Paço, o referido Conselho tinha a sua “1ª reunião do ano marcada para 20 de janeiro de 2018, por falta de quórum, e convoca a todos os membros titulares e suplentes nomeados pelo Decreto Municipal n.º 6.768, de 05 de outubro de 2017, para a 1ª Reunião Ordinária, a ser realizada no dia 29 de janeiro de 2018, às 16h00, em sua sede, localizada no Centro de Exposições e História Ricardo Nardelli, 2ª andar, sala I da Torre do Relógio, à Rua Miguel Prisco, 286, Centro, neste Município”.

Nota Oficial da Prefeitura

A obra “Cavalo” foi feita pelo artista plástico Lúcio Bittencourt, em homenagem ao Clube dos Cavaleiros de Ribeirão Pires, grupo responsável pela realização das cavalgadas, principalmente durante os eventos religiosos que acontecessem na Estância, como a tradicional Festa de Nossa Senhora do Pilar. Por isso, estamos deslocando esta importante obra de arte contemporânea para a Igreja do Pilar. A obra faz parte do acervo do Museu Aberto de Arte Contemporânea do município, sob o Patrimônio n° 43699, e promove a integração entre o patrimônio cultural material, por meio do contato com a arte e estética, e o patrimônio natural e paisagístico do município. Quem visita a Igreja do Pilar (importante ponto turístico de Ribeirão Pires) poderá, a partir de hoje, contemplar esta obra de perto. Administramos a cidade com carinho e muito respeito pela história, sempre buscando crescimento e fortalecimento do nosso potencial turístico.

Reações brotaram!

O ex-prefeito Clóvis Volpi demonstrou a sua desaprovação onde em texto fala do simbolismo da obra. Leia abaixo

“O CAVALO E A BANDEIRA

Que ironia!!!!!

Enquanto se tem a preocupação em remover o cavalo de ferro, escultura que fora fixada a entrada da cidade para relembrar que no início do século 19 era por ali que os cavaleiros se reuniam para assegurar mudança de tropas e continuar suas viagens ao planalto paulista, a bandeira brasileira no morro Sto. Antônio tremula esfarrapada como se não houvesse nenhum código de conduta de como se deve apresentar a bandeira brasileira. O Cavalo onde estava, servia ainda, para direcionar caminhos a seguir. Era um ponto de referência na cidade. A Bandeira, coitada, toda esfarrapada pede socorro. Quantas incoerências e ações desnecessárias. O que nos parece e que as esculturas serão o teleférico da administração Kiko/Gabriel.”

O ex-prefeito da cidade, Edinaldo de Menezes também se posicionou

“Juro que tentei não me manifestar!! Mas não dá!!!

O que esperar de uma Administração (Kiko/Gabriel Roncon) que na falta de apresentar melhorias para Ribeirão Pires, retiram da entrada da cidade a estátua do Cavalo (na foto sendo transportada). Meus filhos adoravam!!! E ainda usam como argumento o fato da obra de arte não “ornar” com o local. Ao invés de se preocuparem em melhorar a infraestrutura da cidade, se preocupam em mudar de local uma obra de arte que servia como referência para nossa Estância Turística. E agora, qual o próximo passo? Mudar o São José de local?! Falta do que mostrar!!!! Vamos trabalhar gente!!! Ribeirão Pires está andando para trás em passos largos, como galope de um cavalo!!”

Uma moradora do Pilar Velho analisou o benefício da mudança

“Já que o assunto é cavalo kkk Uma coisa nós moradores do Pilar Velho ficamos felizes … Pelo menos a prefeitura cortou o mato da escadaria do pilar por causa desse bendito cavalo. Estava com tanto mato que era impossível subir na missa aos domingos pela escadaria … Independentemente de onde o cavalo estiver, acho que isso não tem muita importância… Um bairro que só é lembrado no fim de abril na época da “festa” do pilar, pelo menos esse ano de 2018 será lembrado duas vezes rs”

Inscrições abertas para eleições do Conselho de Política Cultural.

Cadastros para interessados em participar das eleições acontece a partir do dia 1 de fevereiro

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio, da Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, comunica a abertura das inscrições para o processo eleitoral que irá escolher os novos representantes da sociedade civil no Conselho Municipal de Política Cultural, referente ao biênio 2018/2019.  As inscrições podem ser feitas a partir do dia 1º de fevereiro até o dia 29 de março.

O edital da eleição está disponível no site da Prefeitura (www.ribeiraopires.sp.gov.br). No documento, é possível ter acesso a ficha de inscrição, que poderá ser entregue pessoalmente no Centro Cultural (Rua Dr. Yutaka Ishihara, 220, Jardim Pastoril), das 8h às 17h, ou poderá ser digitalizada e enviada ao email: cmpc@ribeiraopires.sp.gov.br.

A atribuição do Conselho é deliberar sobre diretrizes gerais da política cultural do município, fiscalizar, monitorar e incentivar a participação democrática na gestão das políticas públicas da área da cultura.

A Assembleia Geral para votação dos candidatos está prevista para o dia 13 de abril. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4822-4724.

Rio Grande da Serra: Deputados votam em breve Lei que transforma Rio Grande da Serra em Município de Interesse Turístico (MIT).

De autoria do deputado estadual Sebastião Santos (PRB), o projeto de Lei nº 71/2017 pretende transformar Rio Grande da Serra em município de Interesse Turístico (MIT).

Com a concessão do título, o município poderá receber anualmente, mediante a projeto, o valor de R$ 550.000,00.

A proposta legislativa que pede a inclusão de Rio Grande da Serra como MIT, destaca como principais pontos: Capela de São Sebastião, Pista de Skate Sandro Dias “Mineirinho”, Estação de Trem Rio Grande da Serra, Biquinha Matarazzo, Pedreira, Bondinho e a Capela Nossa Senhora das Graças.

Na justificativa, apresentado que “O município de Rio Grande da Serra possui cerca de 44 mil habitantes e está localizado a 49 km da capital. Rio Grande da Serra tem como principal atividade econômica o comércio e a agricultura. São diversos os eventos existentes no município que atraem turistas de toda a região, bem como do Estado, como a Festa de São Sebastião, corrida Desafio Rio Grande, Carnaval, Festival Gastronômico, Festa de São Francisco de Assis, Festa da Primavera Poluída entre outros, além do município proporcionar aos turistas diversos tipos de esporte de aventura como trilhas, rapel, Jet Sky, canyoning e caiaque”.

Na cidade de Rio Grande da Serra, encontra-se em estágio avançado o Projeto do Parque Linear, conforme já publicamos aqui anteriormente. Para saber mais clique aqui e aqui.

Outro ponto que merece ser ressaltado é a aprovação pela Câmara de vereadores de Projeto de Lei que criação a Guarda Municipal. Ver aqui. Também já foi criado e empossado o Conselho Municipal de Turismo. Ver aqui.

Outro dado relevante e que pode ser muito favorável a Rio Grande da Serra para a obtenção do título de MIT foi visita de técnicos da CPTM onde foi anunciada a reforma da estação de Rio Grande da Serra. Segundo os técnicos da CPTM “já estão prontos os projetos executivos para o início das obras que tratam de acessibilidade, reforma da estação histórica e também de uma nova estação”. Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

A votação do Projeto de Lei nº 71/2017 que concede o Título de MIT a Rio Grande da Serra ainda não tem data para acontecer na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), mas segundo informa o Governo do Estado, através do DADE, a votação deve acontecer ainda neste mês de janeiro de 2018.

Veja abaixo a proposta que será apreciada na ALESP.

O Brasil que não se olha!

A imagem capturada durante o réveillon em Copacabana fala por sí só!

Donos de animais domésticos devem preparar ambiente para a noite de Réveillon.

A queima de fogos na virada de ano é tradição em muitas cidades do país. Mas o que é motivo de alegria e deslumbramento entre as pessoas, acaba sendo um momento de desespero para os animais, silvestres e domésticos. É possível, entretanto, criar um ambiente seguro para os animais de estimação, para minimizar os riscos de fuga ou para evitar que eles se machuquem.

“A nossa capacidade humana de perceber o mundo não é a mesma dos animais. A sensibilidade de audição e visão pode ser mais ou menos apurada para cada espécie. Nós temos uma capacidade de um gradiente de cores muito mais complexo que a maioria dos animais, mas a percepção auditiva deles é mais apurada que a nossa”, disse a médica veterinária Vânia Plaza Nunes, diretora técnica do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal e especialista em comportamento e bem-estar animal.


A luz, o barulho, a pólvora e o brilho dos fogos de artifícios podem causar impacto nos animais

Os riscos para os animais, segundo Vânia, são vários. A luz e o brilho dos fogos de artifícios podem causar mais impacto nos animais noturnos por exemplo, como os morcegos e os gatos. “Eles têm uma acuidade visual muito grande, então pouca luz já é suficiente. Então aquilo [fogos] causa pânico, porque foge ao padrão normal a que eles estão acostumados”, explicou.

Para o olfato, as bombas e fogos também são prejudiciais, pois liberam pólvora e outras substâncias químicas e metais. Mesmo quando os fogos são disparados de balsas no mar, como no Rio de Janeiro, as substâncias se depositam na água, onde também há muitas espécies de animais.

“Com o som, o problema é mais grave ainda”, disse a especialista, pois eles captam os infrasons e os ultrasons, que não são percebidos pelos humanos. “Os morcegos usam isso para se orientar. Se você solta fogos em área perto de mata, eles vão perder a capacidade de voar, podem cair, entrar na casa das pessoas. Para os cães e gatos aquilo também não faz parte do comportamento normal, eles ficam muito assustados”, explicou Vânia.

Segundo a médica veterinária, nesses momentos, os animais têm o chamado comportamento de luta e fuga, que é o comportamento instintivo que todos os seres vivos têm para tentar se defender. Ela explicou que, assim como os animais, pessoas com autismo e crianças pequenas também se incomodam com os efeitos dos fogos.

Preparando o ambiente

Vânia dá dicas que podem ser adotadas para amenizar o estresse e evitar que os animais fujam ou se machuquem. Nas horas mais próximas à virada, para quem ainda tem aves em gaiola, ela orienta a deixá-las em um ambiente fechado e supervisionar os animais. “Deixar água suficiente apenas para beber, mas sem risco de se afogarem caso sofram uma queda”, disse.

Para cães e gatos não é recomendado administrar calmantes, mas, uma semana antes do Réveillon, eles podem usar florais de Bach, que são extratos naturais que ajudam a acalmar. “E sempre que possível, procurar orientação do veterinário”, disse Vânia.

Com antecedência, é possível preparar um ambiente confortável para o animal de estimação enfrentar o Réveillon

Segundo ela, com antecedência, é possível preparar um ambiente confortável para o animal de estimação e, aos poucos, ir acostumando-o com esse ambiente. É importante não deixar objetos que ele possa derrubar e não deixar portas ou janelas abertas, mas evitando que o ambiente fique excessivamente aquecido. Também existem os feromônios de apaziguamento, que podem ser colocados no ambiente para deixá-lo mais harmônico. Essas substâncias podem ser encontradas nas boas casas de produtos veterinários.

A especialista recomenda ainda colocar uma música ambiente em uma intensidade que vai competir um pouco com o som externo. “E, se possível, a pessoa pode ficar junto, porque a companhia acalma o animal. Mas tomando cuidado para não reforçar o comportamento de medo para o animal”, explicou.

Existe ainda uma técnica de enfaixar o cachorro, que funciona como um abraço, e pode trazer tranquilidade nos ambientes hostis. Segundo Vânia, a faixa levemente elástica deve passar pelo peito do cão e cruzar e amarrar nas costas.

Mudança de comportamento

Para Vânia, as pessoas poderiam abolir os fogos de artifício como forma de diversão. “Talvez usar os recursos de uma forma melhor, empregar o dinheiro para minimizar os danos ambientais e criar outros mecanismos de celebração social”, disse. “Mesmo estando no século 21, continua-se reforçando esse tipo de prática. Está na hora de mudarmos esse marco civilizatório”.

Segundo a especialista, muitas cidades estão conseguindo avançar em projetos de lei que regulam a comercialização e queima de fogos de artifício, como Campinas, Santos e Sorocaba, todas no interior de São Paulo. “Tem uma minimização, mas não resolve o problema”, disse.

2018 terá nove feriados e cinco pontos facultativos.

2018 nem começou e já tem gente pensando nos feriados. No ano que está chegando serão nove feriados e cinco pontos facultativos, de acordo com o Ministério do Planejamento. E, para a alegria de muita gente, serão oito feriadões, além do carnaval e da Semana Santa.

Isso porque a maior parte das datas de descanso será em dias como segunda, quinta e sexta-feiras. A notícia é excelente para quem quer viajar.

Segundo determinação do Ministério do Planejamento, os feriados nacionais são: dia 1º de janeiro; Paixão de Cristo, em 30 de março; Tiradentes, dia 21 de abril; 1º de maio; 7 de setembro; 12 de outubro; 2 de novembro, Dia de Finados; Proclamação da República, dia 15 de novembro; e o Natal. Já os pontos facultativos são: carnaval, nos dias 12 e 13 de fevereiro; quarta-feira de Cinzas, dia 14 até às 14h; Corpus Christi, em 31 de maio; e 28 de outubro, Dia do Servidor Público.

De acordo com o governo, os feriados declarados em lei estadual ou municipal serão observados pelas repartições da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, nas respectivas localidades. O Executivo ainda informou que não será permitido aos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal antecipar ponto facultativo.

Rio Grande da Serra: Maranhão dá posse ao Conselho de Turismo Municipal.

O prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão deu posse ao novo Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) na manhã da quarta-feira (13).

O ato oficial, contou com a presença do Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Gilvan Mendonça, do Presidente eleito do Conselho, Cristopher Ferraz de Araújo, e dos demais membros que compõem o COMTUR.

No encontro entre o poder municipal e o Conselho ficou acertado entre as partes que o setor gastronômico do tradicional Festival do Cambuci será gerenciado pelo conselho, priorizando sempre o comércio local.

O setor do Turismo, uma das principais apostas do governo Gabriel Maranhão e visto como estratégico e alavanca capaz de promover no município desenvolvimento econômico e social.

Conforme noticiamos aqui no Blog Caso de Política que a Prefeitura de Rio Grande da Serra, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turístico, protocolou no dia 07 de agosto de 2017 documento solicitando efetivação da cidade como município como sendo um Município de Interesse Turístico (MIT). Informações do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (DADE) dão conta de que até janeiro de 2018 o resultado será divulgado. Clique aqui para ler a matéria completa.

Transformar-se em MIT (Município de Interesse Turístico), explorando os potenciais culturais e da natureza já existentes no local, pode ser uma saída econômica interessante uma vez que os MITs recebem recursos anuais do governo do Estado para investimentos na infraestrutura do setor como a sinalização, divulgação e atendimento que chegam a R$ 650 mil por ano.

Rio Grande da Serra: Prefeitura abre inscrições para curso de robóticas para crianças.

Através da Secretaria de Educação e Cultura de Rio Grande da Serra, a prefeitura municipal está abrindo inscrições para estudantes 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental para o curso de Robótica.

O projeto Robótica tem por objetivo promover a interação com instrumentos tecnológicos, de maneira com que os estudantes sejam capazes de criar, experimentar e compreender os mecanismos de funcionamento dos vários tipos de tecnologias de forma racional, efetiva e significativa além de auxiliar na construção do aprendizado adquirido em sala de aula dos conceitos multidisciplinares como física, matemática, geografia, entre outros, incentivando a prática de pesquisar novos conhecimentos e sempre se atualizar.

A matrícula deve ser realizada no Centro de Referência da Educação Básica (CREB), que fica localizado na Rua do Progresso, 251 – Centro. Os documentos necessários são: declaração escolar, cópias do comprovante de residência, cópia do RG ou da certidão do aluno e uma foto 3×4. As inscrições são limitadas.

Em um mundo globalizado em que a informação é altamente valorizada, o conhecimento em diversas áreas é essencial para garantir o desenvolvimento de habilidades e promover importantes melhorias na vida pessoal e profissional. Qualquer aprendizado é ainda mais efetivo na infância e na adolescência, quando o aluno está em fase de desenvolvimento e adaptação e se envolve na descoberta de um novo mundo.

A importância do ensino de programação e robótica já pode ser comparada ao ensino de outras línguas, como o inglês e o espanhol. Também estão comprovados os diversos benefícios que o aprendizado da linguagem de programação pode trazer para os alunos. O aprendizado pode estimular o raciocínio lógico, ajudar na organização de modo geral, propiciar uma melhor escrita, incentivar o aprendizado de matemática, física e língua inglesa, auxiliar no desempenho pessoal e profissional, estimular a criatividade e desenvolver habilidades para solucionar situações adversas.

Base Comum Curricular é homologada.

Agência Brasil – O ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou hoje (20) a portaria que homologa a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que orientará os currículos da educação básica em escolas públicas e privadas em todo o país. A cerimônia contou com a presença do presidente Michel Temer.

Durante o evento, o ministro anunciou que o MEC alocará R$ 100 milhões no orçamento do ano que vem para apoio técnico e financeiro para o início das ações de implantação da base, em parcerias com estados e municípios. A Base foi aprovada na última sexta-feira (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). As ações envolvem o apoio com consultores e técnicos especializados, workshops de formação continuada de professores e organização de materiais didáticos, principalmente guias de orientação para a implementação da base.

Segundo o ministro, a BNCC é plural, respeita as diferenças e os direitos humanos. “Ela é fruto de uma construção coletiva. É imperfeita, mas buscamos fazer com que ela pudesse ter a expressão de identidade de um Brasil que é amplo, diverso e que é vivo e que quer construir um novo caminho. O Brasil só será um país decente quanto tiver a educação como um fator de transformação social”.

O presidente Michel Temer disse que a Base promove a igualdade entre os alunos. “A base curricular é a bússola de nossas escolas. E por isso mesmo agora temos mais clareza quanto às competências que as crianças devem desenvolver ao longo da vida escolar. Com a base curricular hoje anunciada estamos também promovendo um tema caro à Constituição brasileira, que é a igualdade. Portanto, estamos promovendo a igualdade de todos os alunos, seja no sistema público seja no sistema privado, que passam a ter direitos iguais de aprendizado”.

O presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Aléssio Costa Lima, destacou que o grande desafio ainda está por vir, que é fazer a discussão chegar a cada uma das salas de aula do país. A vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Maria Cecilia da Motta, ressaltou a necessidade do fortalecimento do regime de colaboração entre estados e municípios para a implementação da Base.

Implantação

A previsão é de que o processo de implantação da BNCC nas escolas esteja consolidado até 2020. Ao longo 2018, as escolas e redes de ensino deverão se adaptar e rever seus currículos para iniciarem a implementação da Base em 2019. Segundo o MEC, os professores receberão formação para conhecer em profundidade o documento e haverá a adequação necessária do material didático.

A implantação de uma Base Nacional Comum Curricular está prevista na Constituição Federal e na Lei de Diretrizes e Bases da Educação. A primeira versão foi divulgada pelo MEC em 2015 e a versão aprovada está em debate desde abril desse ano.

O documento homologado hoje não estabelece as diretrizes para os currículos das escolas de ensino médio. Segundo Mendonça Filho, a base para o ensino médio deverá ser enviada pelo Ministério da Educação ao CNE até o fim do primeiro trimestre do ano que vem.

Referência

A BNCC servirá como referência para a formulação dos currículos dos sistemas e das redes escolares estaduais e municipais e das propostas pedagógicas das instituições escolares. Seu papel será o de orientar a revisão e a elaboração dos currículos nos estados e nos municípios.

O documento define o conjunto de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da educação infantil e do ensino fundamental. Também estabelece os conhecimentos, as competências e as habilidades que se espera que todos os estudantes desenvolvam ao longo da escolaridade básica.

Segundo o CNE, o objetivo da BNCC é elevar a qualidade do ensino no país, indicando com clareza o que se espera que os estudantes aprendam na educação básica, além de promover equidade nos sistemas de ensino.

Uma das mudanças trazidas pela BNCC é a antecipação da alfabetização das crianças até o 2º ano do ensino fundamental. Atualmente, as diretrizes curriculares determinam que o período da alfabetização deve ser organizado pelas escolas até o 3º ano do ensino fundamental.

A mudança foi defendida pelo ministro Mendonça Filho. “Quando você admite que uma criança pode ser alfabetizada até o 3º ano do ensino fundamental, você está impondo às crianças mais pobres uma defasagem logo no início de sua vida educacional, porque as famílias de classe média garantem a alfabetização no máximo até o segundo ano, na sua grande maioria no primeiro ano”, disse.

Rio Grande da Serra: Projeto Vida Saudável foca atenção à diabéticos e hipertensos.

Iniciado no mês de fevereiro deste ano, o Projeto Vida Saudável tem como principal objetivo garantir mais saúde e qualidade de vida a população de Rio Grande da Serra. Direcionado, especialmente a hipertensos e diabéticos, o projeto conta com caminhadas e exercícios físicos orientados por professores de Educação Física e da Saúde, que fazem o teste de glicemia e aferição da pressão.
Atualmente 50 pessoas participam semanalmente do projeto em duas unidades da rede pública. Na UBS Santa Tereza são 40 inscritos e as caminhadas são realizadas três vezes por semana; já na UBS do Parque América, as caminhadas acontecem as terças e quintas e contam com dez participantes. 
prefeito Gabriel Maranhão aferindo pressão arterial
Na manhã da sexta-feira (15), o prefeito Gabriel Maranhão, acompanhado da Secretaria de Saúde, Suzenete Carlis, do Secretário de Esporte e Lazer João Batista participou da entrega de camisetas para os participantes do Projeto “Vida Saudável”.
Na ocasião o prefeito assumiu o compromisso de entregar frutas e água aos participantes do projeto e incluir a disponibilização de transporte para passeios periódicos.
Interessados em participar do “Vida Saudável” devem entrar em contato com a UBS mais próxima de sua casa e fazer a inscrição.

Ribeirão Pires: Escola de Música apresenta Concerto Natalino neste sábado (23).

A Escola Municipal de Música de Ribeirão Pires apresenta neste sábado, dia 23, às 20h, o emocionante “Concerto Noite Azul”,  na Vila do Doce – Palco Central (Rua Boa Vista, s/nº – Centro).

O evento, promovido Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, contará com a participação de 60 músicos da Orquestra Municipal, além de 60 cantores do coro adulto, 200 crianças do coro infantil, e diversos solistas convidados.

No repertório estão previstas apresentações de músicas natalinas para emocionar o público presente como Suíte de Natal, Jesus Nasceu, Noite Azul, Pinheirinhos, entre outras.

A regência da Orquestra está sob o comando do professor e maestro Gesiel Vilarúbia e os arranjos foram feitos pelos professores Marcos Lozano, Alex Duarte e Gesiel Vilarúbia. O espetáculo marca a chegada do Papai Noel para animar as famílias que estarão na Vila do Doce.

Base Nacional Comum Curricular foi aprovada hoje (15) pelo CNE. Saiba o que é.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), servirá como referência para a formulação dos currículos dos sistemas e das redes escolares estaduais e municipais e das propostas pedagógicas das instituições escolares. Seu papel será o de orientar a revisão e a elaboração dos currículos nos estados e nos municípios.

A BNCC é um documento de caráter normativo, que define o conjunto de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da educação infantil e do ensino fundamental, de modo a que tenham assegurados seus direitos de aprendizagem e desenvolvimento, como determina o Plano Nacional de Educação (PNE).

A base nacional estabelece conhecimentos, competências e habilidades que se espera que todos os estudantes desenvolvam ao longo da escolaridade básica. Segundo o CNE, o objetivo da base é elevar a qualidade do ensino no país, indicando com clareza o que se espera que os estudantes aprendam na educação básica, além de promover equidade nos sistemas de ensino.

O documento aprovado hoje não estabelece as diretrizes para os currículos das escolas de ensino médio. A base para o ensino médio deverá ser enviada pelo Ministério da Educação ao CNE só no início do ano que vem.

Alfabetização

Uma das mudanças trazidas pela BNCC é a antecipação da alfabetização das crianças até o 2º ano do ensino fundamental. Atualmente, as diretrizes curriculares determinam que o período da alfabetização deve ser organizado pelas escolas até o 3º ano do ensino fundamental.

“Nos dois primeiros anos do ensino fundamental, a ação pedagógica deve ter como foco a alfabetização, a fim de garantir amplas oportunidades para que os alunos se apropriem do sistema de escrita alfabética de modo articulado ao desenvolvimento de outras habilidades de leitura e de escrita e ao seu envolvimento em práticas diversificadas de letramentos”, diz o texto da base nacional.

Religião

O texto aprovado pelo CNE incluiu novamente orientações sobre o ensino religioso nas escolas. O assunto estava nas versões anteriores da base, mas tinha sido excluído da terceira verão enviada pelo MEC em abril, e foi recolocado antes da votação.

Segundo o texto previsto na base nacional, o ensino religioso deve ser oferecido nas instituições públicas e privadas, mas como já ocorre e está previsto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), a matrícula poderá ser optativa aos alunos do ensino fundamental. Entre as competências para esse ensino estão a convivência com a diversidade de identidades, crenças, pensamentos, convicções, modos de ser e viver.

O CNE ainda deverá decidir se o ensino religioso terá tratamento como área do conhecimento ou como componente curricular da área de Ciências Humanas, no Ensino Fundamental.

Gênero

O CNE decidiu avaliar posteriormente a temática gênero, que foi objeto de muita polêmica durante as audiências públicas realizada para debater a BNCC. “O CNE deve, em resposta às demandas sociais, aprofundar os debates sobre esta temática, podendo emitir, posteriormente, orientações para o tratamento da questão, considerando as diretrizes curriculares nacionais vigentes”, diz a minuta de resolução divulgada pelo conselho.

Na versão encaminhada pelo MEC em abril, uma das competências gerais da BNCC era o exercício da empatia e o respeito aos indivíduos, “sem preconceitos de origem, etnia, gênero, idade, habilidade/necessidade, convicção religiosa ou de qualquer outra natureza”. Esse trecho foi modificado, e o texto aprovado hoje fala apenas “sem preconceitos de qualquer natureza”.

Competências

Ao longo da Educação Básica, as aprendizagens essenciais definidas na BNCC devem concorrer para assegurar aos estudantes o desenvolvimento de dez competências gerais, que resumem, no âmbito pedagógico, os direitos de aprendizagem e desenvolvimento dos alunos.

Conheça as 10 competências gerais da Base Nacional Comum Curricular:

  1. Valorizar e utilizar os conhecimentos historicamente construídos sobre o mundo físico, social, cultural e digital para entender e explicar a realidade, continuar aprendendo e colaborar para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva.

  2. Exercitar a curiosidade intelectual e recorrer à abordagem própria das ciências, incluindo a investigação, a reflexão, a análise crítica, a imaginação e a criatividade, para investigar causas, elaborar e testar hipóteses, formular e resolver problemas e criar soluções (inclusive tecnológicas) com base nos conhecimentos das diferentes áreas.

  3. Valorizar e fruir as diversas manifestações artísticas e culturais, das locais às mundiais, e também participar de práticas diversificadas da produção artístico-cultural.

  4. Utilizar diferentes linguagens – verbal (oral ou visual-motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e digital –, bem como conhecimentos das linguagens artística, matemática e científica, para se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos e produzir sentidos que levem ao entendimento mútuo.

  5. Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.

  6. Valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais e apropriar-se de conhecimentos e experiências que lhe possibilitem entender as relações próprias do mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu projeto de vida, com liberdade, autonomia, consciência crítica e responsabilidade.

  7. Argumentar com base em fatos, dados e informações confiáveis, para formular, negociar e defender ideias, pontos de vista e decisões comuns que respeitem e promovam os direitos humanos, a consciência socioambiental e o consumo responsável em âmbito local, regional e global, com posicionamento ético em relação ao cuidado de si mesmo, dos outros e do planeta.

  8. Conhecer-se, apreciar-se e cuidar de sua saúde física e emocional, compreendendo-se na diversidade humana e reconhecendo suas emoções e as dos outros, com autocrítica e capacidade para lidar com elas.

  9. Exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação, fazendo-se respeitar e promovendo o respeito ao outro e aos direitos humanos, com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e de grupos sociais, seus saberes, identidades, culturas e potencialidades, sem preconceitos de qualquer natureza.

  10. Agir pessoal e coletivamente com autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, tomando decisões com base em princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários

Domingo (17) tem tarde de Flash Back em Rio Grande da Serra.

Neste domingo (17), apartir das 13 horas, Rio Grande da Serra terá uma tarde de flash back na praça da Bíblia, centro da cidade.

O evento, organizado pelo DJ Tuta da Light Som, vai contar com a apresentação de seis DJs que vão tocar o melhor dos anos 60, 70, 80, 90 e 2000.

Sábado (16), tem Festa do Caranguejo no Jardim Caçula.

Acontece neste sábado, 16 de dezembro, a 1ª Festa do Caranguejo. O evento de confraternização acontece na sede da Sociedade Amigos de Bairro do Jardim Caçula, localizada na rua Clemente peralta 321, Jardim Caçula em Ribeirão Pires.

Os organizadores “Irmãos Fausto e Fernando Cesar Dos Santos” convidam a todos para participarem dessa deliciosa festa. Além da deliciosa porção de caranguejo a preços populares, também será servido caldo de corvina com camarão e cerveja bem gelada.

Claurício Bento é o vereador mais atuante em Rio Grande da Serra no ano de 2017.

Levantamento aponta o vereador do DEM com mais de 252 iniciativas legislativas apresentadas somente em 2017

Consulta feita junto a Câmara Municipal de Rio Grande da Serra aponta o vereador Claurício Bento (DEM) como o mais atuante no ano de 2017, com 252 iniciativas legislativas apresentadas, que incluem indicações, requerimentos, moções e projetos de lei, dentre outras. A totalização o coloca como líder no ranking entre os 13 vereadores que compõem o Legislativo Municipal.

Clauricio Bento faz gestão e garante ampliação de repasses para a UPA

Claurício Bento, durante entrevista em seu gabinete: “garanto continuar lutando por melhorias”

No dia 12 de abril de 2017, através do requerimento nº 213/2017, o vereador encaminhou solicitação ao Ministério da Saúde solicitando o aumento do repasse que é destinado a saúde do município. No documento (conforme abaixo), Clauricio alega gasto mensal de R$ 600 mil na UPA e um repasse do Ministério da Saúde de apenas R$ 100 mil. R$ 300 mil somente com folha de pagamento. Como resposta, Rio Grande da Serra teve acréscimo no valor dos repasses em 70%, passando a receber R$ 170 mil mensal totalizando R$ 2 milhões por ano.

Claurício Bento ganhou expressiva notoriedade no estado de são Paulo quando entrou com um pedido no mês de maio, solicitando o rompimento do contrato, previsto até 2034, com a Sabesp alegando que a empresa de água prejudica demais a cidade com várias obras que são feitas e até mesmo a falta de melhorias.

Segundo Clauricio Bento “é inadmissível uma empresa que se instala na cidade não desrespeitar os poderes constituídos e a população fazendo o que bem entender. Quando solicitei a quebra do contrato, eu pedi mudança na postura da empresa para com a cidade e os cidadãos que aqui moram. Até mesmo porque Rio Grande da Serra não pode ser vista somente como uma grande caixa de água que abastece outras localidades. Não aceitei e nunca vou aceitar esse tipo de situação. Rio Grande da Serra na minha visão está sempre em primeiro lugar”, disse ao Caso de Política. Em 2014, o vereador Claurício Bento liderou uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) a qual um dos principais objetivos era saber onde a Sabesp e suas terceirizadas atuaram na cidade. Quais trabalhos foram executados e quais as contrapartidas.

Veja abaixo os números de 2017

No ano de 2017 (até 12/12) foram apresentados pelos 13 vereadores na Câmara Municipal um total de 654 requerimentos. Clauricio Bento, somente neste período apresentou individualmente 129 requerimentos, 20% do total.

252 Ofício foram registrados na Casa de Lei, sendo que 120 (47%),foram de autoria do vereador Clauricio bento. Já no item Projeto de Lei, o vereador apresentou 25%, sendo registrados na Câmara Legislativa um total de 12.

Segundo informado pela assessoria do parlamentar Clauricio “no ano de 2017, foram registrados 1.080 atendimentos no gabinete.

Fiscalizando

Em análise das matérias propostas, mostra que Claurício Bento não foi somente um vereador de gabinete, mas esteve sempre nas ruas ouvindo as reivindicações das pessoas, que foram traduzidas em reivindicações na defesa de obras, programas e serviços para inúmeros bairros da cidade. O vereador tem atuado pela melhoria de todas as áreas que integram a administração pública municipal sem se esquecer de também cumprir a função fiscalizadora que é própria do vereador, acompanhando a gestão e aplicação dos recursos públicos. “O mandato deve ser feito com o componente popular, Vereador, servidores e cidadãos juntos, resultam na soma de esforços pelo desenvolvimento e progresso constante da cidade”, considera Claurício Bento.

Comissões

Presidente da Comissão de Redação e Justiça e membro da Comissão de Finanças e Orçamento, Claurício Bento adotou como prioridade o desenvolvimento local, sempre enfatizando questões ligadas a infraestrutura, desenvolvimento social e econômico, geração de emprego e renda, o turismo, educação e segurança pública.

“Nosso propósito é a defesa de políticas que assegurem a sustentabilidade dos setores emergentes e produtivos da cidade sem se esquecer do cidadão comum que sofre seus efeitos diretamente na ponta”, garante o vereador.

Avaliação

Para o vereador Claurício Bento, o trabalho intenso desenvolvido neste primeiro ano de mandato representa aquilo que se propôs a fazer durante a campanha eleitoral. “Hoje o grande desafio do homem público não é apresentar os problemas, mas sim propor soluções que sejam possíveis de serem executadas”, diz. “Ninguém suporta mais demagogia e discurso mentiroso”, acrescenta.

“Nosso trabalho vai continuar com a mesma intensidade. Continuarei com minhas andanças nos gabinetes de deputados e órgão público das outras esferas de poder buscando recursos e soluções para Rio Grande da Serra. A cidade hoje tem um projeto arrojado e visionário sob o comando do prefeito Gabriel Maranhão na área da infraestrutura. Nesse sentido coloco o meu mandato a disposição para ajudar no que for possível. Sei das limitações que são impostas, mas quero fazer a minha parte colaborando com a segurança pública, a saúde, o esporte, a preservação do meio ambiente. O desafio é grande onde ruas precisam ser urbanizadas, de forma a garantir melhor fluidez ao trânsito e garantir segurança à população e visitantes”, afirmou Claurício Bento.

Reconhecimento e parceria com seus pares

“A saúde pública continua sendo nossa preocupação e precisa ser encarada sem demagogias e com a responsabilidade que a vida humana merece. Enfim, a segurança pública municipal precisa ser implantada com vigor. São inúmeras as demandas e os desafios que Rio Grande da Serra exige de nós homens públicos, reforçou o vereador que embora tenha sido o parlamentar que mais apresentou matérias em plenário, fez questão de reconhecer e exaltar também o trabalho e o empenho de cada um dos outros 12 vereadores de Rio Grande da Serra.

Ribeirão Pires: 4º Festival do Cambuci acontece neste final de semana.

Foods trucks, shows musicais e diversos produtos derivados do fruto fazem parte da programação da festa

Neste final de semana, dias 9 e 10, a Estância Turística de Ribeirão Pires promove o 4º Festival do Cambuci da cidade. Chalés de gastronomia, food trucks e atrações musicais serão destaques do evento, que tem entrada gratuita e será realizado das 12h às 22h, no Paço Municipal (Rua Miguel Prisco, 288 – Centro).

Produtores de cambuci do município e da região do ABC participam do Festival, organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico. As bandas Lo Ramma, The Brothers e Serial Funkers fazem parte da programação desta edição da festa. Entre produtos derivados do cambuci é possível encontrar geleias, licores, cachaça, mousse, doces, molhos, entre outros.

O Festival do Cambuci de Ribeirão Pires acontece desde 2014, ano em que a Estância ingressou na Rota do Cambuci, iniciativa que combina festivais gastronômicos, um arranjo produtivo sustentável, roteiros turísticos e uma rede de pesquisadores. A Rota é uma iniciativa do Instituto Auá em parceria com os municípios de São Paulo, Rio Grande da Serra, Santo André, Mogi das Cruzes, São Lourenço da Serra, Salesópolis, Paraibuna, Ribeirão Pires, Bertioga e Caraguatatuba, e representa uma grande oportunidade para o resgate da cultura em torno do fruto nativo, a produção agroecológica e o comércio justo.

Confira abaixo a programação completa:

Sábado – 9 de dezembro

12h – Dj Kiko

15h30 – Waishi Daiko

16h30 – Ricardo Reis

19h – Lo Ramma

21h – Gullivera (Tributo a Tim Maia)

Domingo – 10 de dezembro

12h – Dj Kiko

16h30 – The Brothers

19h – Steve Sil

21h – Serial Funkers

10ª Feira de Oratórios e Presépios de Paranapiacaba será nos dias 9 e 10 de dezembro.

Atividade terá feira de artesanatos natalinos no Antigo Mercado e atrações culturais

A Vila de Paranapiacaba recebe nos próximos dias 9 e 10 de dezembro a 10ª edição da Feira de Oratórios e Presépios. Nos dois dias, das 10h às 17h, o público poderá conferir a feira de produtos natalinos no Antigo Mercado, além de série de atrações do Encontro de Culturas Populares em diversos espaços da vila ferroviária de Santo André.

O evento, organizado pelo Coletivo FOPP, composto por artistas e moradores da Vila e do Grande ABCDMR, tem como principal objetivo o intercâmbio e a apresentação e comercialização de seus trabalhos.

Além feira no Antigo Mercado, a programação deste ano terá entre outras atrações, Luiz Carcará – Benditos e Folias, e Leandro Amadeus e Banda. A FOPP é uma ação do projeto Santo André Múltiplos Tons.