Category Archives: Policial

Viaturas da GCM começam a ser consertadas mas dissídio atrasado ainda é incerto.

O sub-comandante da GCM de Ribeirão Pires entrou em contato com o Caso de Política para esclarecer fatos relatados em matéria  intitulada, “GCM’s de Ribeirão denunciam viaturas quebradas, falta de combustível e sinalizam por possível greve”.

Segundo Sandro Amante, “duas viaturas que estavam quebradas, saíram nesta segunda-feira da oficina mecânica e se encontram em condições para o trabalho. As outras duas tem previsão para estarem com a manutenção feita até quinta-feira”.

Sandro ainda disse que: “as duas viaturas que voltam a tropa vão operacionalizar em regime de 24 horas em conjunto com duas viatura da Romu e uma do Canil”.

Sobre a viatura nova que fora recebida em doação pela CBC no mês de março, o sub-comandante afirmou que a mesma “foi emplacada”.

A Guarda Civil Municipal de Ribeirão Pires é reconhecida pela população como órgão da administração pública como um dos poucos atuantes e eficientes na cidade.

Os guardas se queixam a tempos dos baixos salários e de falta de respeito por parte da administração municipal que nos anos de 2016, 2017 e 2018 não realizou pagamento de dissídio salarial capaz de recompor perdas inflacionárias. Muitos alegam que se mantém na ativa por amor a profissão e que para garantirem a sobrevivência estendem suas jornadas realizam bicos.

Um sindicato que representa categoria servidores públicos na cidade ingressou na justiça requerendo o pagamento das reposições inflacionária, obtendo ganhos em causas, mas a prefeitura vem recorrendo para não efetivar os devidos pagamentos. Da mesma forma servidores que ingressaram com ações através de advogados particulares não estão conseguindo o cumprimento das decisões.

Não é recente, a fala por parte de guardas de que a GCM da Estância, por insatisfação pode deflagrar greve, assim como noticiamos anteriormente aqui no Caso de Política. em março desse de 2018, registramos o desabafo de um dos guardas.

“Sentimento de esgotamento, para completar renda, os gastos que temos hoje em dia com R$ 1.096,00 não dá. Tem muito guarda que se dedica muito mais ao bico do que na função, ele acaba não tendo descanso, trabalha todos os dias, sem ter tempo de ficar com a família, isso revolta muito, pois não temos plano de carreira, não temos nada para nos motivar e muitos ainda tiram dinheiro do bolso para manutenção das viaturas, coisas como pneu, óleo ou ter que se humilhar em algum comércio e pedir, ter que mendigar, é tudo isso este desgaste emocional que temos e reflete tudo na nossa vida”.

Além dos salários corrigidos, os Guardas cobram plano de carreira e especialmente o cumprimento integral da Lei Federal nº 13.022, de 8 de agosto de 2014 que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais.

É lamentável que viaturas devam parar para que algum tipo de manutenção seja feito, da mesma forma é triste ver os heróis da GCM sendo deixados de lado e sem a mínima dignidade no trabalho para oferecerem segurança a população. Para garantir a sobrevivência, enfrentam jornadas extras se expondo ao perigo e aumentando a taxa de estresse. São inúmeras as ocorrência feitas pelos GCM’s. Tráfico, roubo, recuperação de veículos roubados, apreensão de armas… Os guardas tiram leite de pedras, mas o governo… esse vai bem… A GCM é aclamada pela população como “A ENTIDADE” que funciona e dá resultado, muito diferente de outras pastas da administração municipal, todas sucateados.  São preparados, e em meio ao incontável número de ações, não se houve falar em mortos. Há prisões, há flagrantes, há diligências sempre com grande responsabilidade e respeito a vida. Fica aqui todo o apoio e solidariedade do Caso de Política a esses valorosos e respeitados homens e mulheres, cidadãos que a duras penas, cumprem a sua árdua função social de zelar pela segurança da população de Ribeirão Pires. Luís Carlos Nunes

GCM’s de Ribeirão denunciam viaturas quebradas, falta de combustível e sinalizam por possível greve.

Viaturas da Guarda Civil Municipal estão quebradas, com pneus carecas e sem combustível para atender ocorrências e fazer patrulhamento em Ribeirão Pires

Segundo denúncias feitas por GCMs, cinco veículos que deveriam fazer fiscalização ostensiva pela cidade estão parados por falta de manutenção e até combustível.

“A nossa situação nunca foi boa, mas nos últimos 10 dias ficou ainda pior. Três viaturas da base do centro estão quebradas por diversos motivos, os pneus estão carecas, falta freios e tem outras diversas avarias mecânicas”, disse um GCM ao Caso de Política.

“A viatura que fica em Ouro Fino não sai para o patrulhamento por falta de combustível”.

Todos os servidores ouvidos pelo Caso de Política pediram para não serem identificados por receio de sofrerem represálias.

“Estamos há cerca de duas semanas sem atender ocorrências e fazer patrulhamento ostensivo, que também é nossa função. Rodando só tem ROMU, Canil e motos. No caso do ROMU só patrulham até as 02:00 horas da manhã. A coisa tá feia, todos aquartelados. O não pagamento do dissídio, questão salarial, assédio moral, cobrança de serviço sem condições. Tá feio, estamos sucateados, é abandono total”.

Outro guarda conta que quando vítimas de crimes, ou denunciantes, ligam para a GCM para pedir socorro são aconselhadas a buscar ajuda da PM.

“A gente explica que não tem como atender a ocorrência no momento e indica que a pessoa ligue para o 190 e peça auxílio da PM. As pessoas ficam revoltadas, mas infelizmente não podemos fazer nada”, afirma.

Conforme os guardas, esta não é primeira vez que as viaturas ficam sem combustível. Eles dizem que a administração municipal não deu explicações de porque o problema está ocorrendo.

“Não somos informados de nada do que se passa na administração, simplesmente o comando ou chefia diz que não tem combustível ou que a viatura não dá pra rodar e pronto,” revela outro guarda.

Insatisfeitos por receberem os mais baixos salários da região, falta de equipamentos básicos, itens de higiene no local de trabalho e se sentindo abandonados, alguns do GCM’s já indiciam a possibilidade real de uma paralisação.

“Esse prefeito foi eleito em cima de mentiras. Antes ele falava que iria dar atenção aos Guarda, mas hoje estamos em uma situação difícil. Estamos revoltados, e se não resolverem a nossa situação seremos obrigados a fazer greve,” disse o guarda.

Em março de 2018, o Caso de Política postou matéria em que os Guardas municipais analisavam a possibilidade de paralisação. Clique aqui e leia a reportagem.

Governo Maranhão lança pedra fundamental da sede do Corpo de Bombeiros.

Em mais uma ação positiva, o prefeito Gabriel Maranhão (sem partido), lançou na manhã deste sábado (19), a pedra fundamental que marca oficialmente o início da obra da futura sede do Corpo de Bombeiros em Rio Grande da Serra.

Por volta das 11:00 horas, o prefeito Gabriel Maranhão, acompanhado do deputado federal Alex Manente (PPS), de sua vice, Professora Marilza, do Presidente Executivo da Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM), Fernando Figueiredo, da Diretora de Relações Institucionais e Sustentabilidade, Marina Rocchi Martins Mattar, representantes do deputado Estevam Galvão (DEM), vereadores e secretários municipais se dirigiram até a avenida Jean Lieutaud, bairro Santa Tereza (ao lado do Teixeirão) para oficializar o início das obras da futura sede do Corpo de Bombeiros na cidade.

As tratativas com as indústrias tiveram a iniciativa do deputado federal Alex Manente (PPS), a pedido do prefeito Gabriel Maranhão. O deputado Federal Alex Manente é membro da Frente Parlamentar da Cadeia Produtiva do Setor Químico.

“hoje estamos dando o primeiro passo para a construção da base dos bombeiros na cidade que ajudará em diversos aspectos. Desde o acidente do dia a dia da cidade e termos aqui os resgates com maior rapidez, uma vez que a unidade mais próxima dos bombeiros fica a pelo menos 15 minutos. Outro ponto importante é o barateamento do seguro das empresas o que possibilitará a vinda de novas empresas com a consequente geração de novos empregos. Temos na região do ABC, um déficit muito grande de postos de trabalho”, disse o deputado.

O prefeito Gabriel Maranhão, visivelmente emocionado, fez um agradecimento especial ao presidente da ABIQUIM, Fernando Figueiredo, a Diretora Marina Rocchi Martins Mattar e ao deputado Alex Manente.

“Nossa cidade é a única da região do ABC que não possuía um posto do Corpo de Bombeiros, e é uma reivindicação antiga da população. Após a sua implantação, irá contribuir de forma decisiva na segurança da nossa cidade. Quero agradecer a todas as empresas envolvidas no projeto e principalmente ao deputado federal Alex Manente que foi quem intermediou a construção da sede dos Bombeiros para Rio Grande da Serra”, concluiu o prefeito.

Estiveram também presentes no ato, o prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior, o ex-prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi, o ex-vice-prefeito Edinaldo de Menezes (Dedé da Folha), presidente do PPS de Ribeirão Pires e Wagner Lima, presidente do PPS de Rio Grande da Serra, dentre outras autoridades e lideranças políticas.

Ribeirão Pires conquista Universidade Estadual Univesp, matrículas começam na segunda-feira (21), vereador Amaury comemora.

Ricardo Bocalon, diretor da Univesp, João Mancuso, vereador Amaury Dias e o deputado estadual André do Prado

Conforme noticiou o Caso de Política em matéria de 15 de abril (ver aqui), o vereador Amaury Dias em parceria com o deputado estadual André do Prado (PR) buscavam implantação de um Pólo da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP) em Ribeirão Pires.

A confirmação do pleito feito pelo vereador Amaury Dias foi feita na última quinta-feira (17) através da portaria nº 29 da Univesp que incluiu oficialmente a Estância como Pólo Universitário. 

“Estamos trabalhando a muito tempo em busca desta conquista, e hoje me sinto muito feliz por ver Ribeirão Pires oficialmente reconhecida como Pólo da Univesp. A implantação dessa conceituada Universidade Estadual é um importante marco para o desenvolvimento tecnológico e social de nossa cidade. Agradeço ao Deputado Estadual André do Prado e ao Prefeito Kiko Teixeira, que acreditarem em nosso objetivo e não mediram esforços. O endereço do espaço físico do Pólo Univesp em Ribeirão Pires será anunciado pela Prefeitura em breve.”, declarou o vereador Amaury.

As matrículas começam nesta próxima segunda-feira (21 de maio) e seguem até 19 de junho. Em Ribeirão Pires, serão oferecidos quatro cursos com 50 vagas cada um:

  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Produção
  • Licenciatura em Matemática
  • Pedagogia

Os interessados devem fazer a sua inscrição a partir desta segunda-feira (21) diretamente no site da Univesp (mais informações, clique aqui e aqui) e ter em mãos toda a documentação pessoal. Clique aqui para baixar o arquivo ou aqui e conheça as normas operacionais do Processo Seletivo Vestibular, do 2º Semestre de 2018, para ingresso nos cursos de graduação da Univesp.

Não há limite de idade e o custo da inscrição é de R$ 45,00. Nos três primeiros dias, de 21/05, às 10h, até 23/05, às 23h59, todas as pessoas inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) terão isenção da taxa. Os cursos são totalmente gratuitos e as provas serão realizadas no dia 08/07, às 14h, de forma presencial nas cidades que englobam diversas regiões do Estado de São Paulo.

Os cursos são realizados em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), plataforma on-line na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas, que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático, bibliotecas digitais e tirar dúvidas do conteúdo com tutores. Já os polos são espaços físicos onde os alunos contam com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) e realizam atividades como provas e discussões em grupo. No local, também podem ser solicitados serviços de secretaria acadêmica e o esclarecimento de dúvidas.

De acordo com o governador Márcio França, a Univesp representa a oportunidade para jovens cursarem graduações no padrão das melhores universidades brasileiras. “Para contribuir ainda mais com o ingresso à universidade, neste vestibular de 2º semestre, vamos disponibilizar a isenção da taxa de inscrição destinada às pessoas cadastradas no CadÚnico”, ressaltou o governador Márcio França.

O processo seletivo da Univesp para o segundo semestre 2018, disponibilizará 18.250, distribuídas em 330 pontos do Estado de São Paulo.

Doação a pré-candidato por meio de “crowdfunding” já pode ser realizada.

Desde a última terça-feira (15), pré-candidatos nas eleições deste ano podem começar a pedir doações por meio de mecanismos de financiamento coletivo, o chamado crowdfunding. A ferramenta deve ganhar impulso neste ano com a proibição de doações por empresas e ajudar pré-campanhas de partidos que vão contar com fatias magras do recém-criado fundo público de financiamento de campanhas.

Em 2018, a novidade é que os candidatos vão poder contratar plataformas independentes e podem começar a arrecadar antes mesmo do início oficial da campanha.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quase quatro dezenas de plataformas solicitaram credenciamento junto à Justiça Eleitoral. Até agora, pouco mais de 20 receberam autorização. Entre elas estão startups novatas e braços de sites de crowdfunding que já atuam há anos no País.

Nas eleições de 2016, foram poucos candidatos que decidiram pedir doações pela internet. Não havia possibilidade de terceirizar o serviço e eram várias as dificuldades para habilitar doações por meio de cartão de crédito e débito em plataformas próprias.

Rio Grande da Serra abre concurso público com 664 vagas.

A prefeitura de Rio Grande da Serra está com seletivo para um total de 664 vagas em cargos de níveis alfabetizado, fundamental, médio, médio/técnico e superior. São 184 vagas imediatas e 480 para formação de cadastro de reserva. As remunerações vão de R$ 1.071,58 a R$ 3.556,20. A data da prova está prevista para o dia 24 de junho e as mesmas serão aplicadas em dois blocos um no período da manhã e outro no período da tarde, de acordo com  o cargo, ou seja, os interessados poderão se inscrever para até 2 (duas) opções, desde que seja escolhida uma opção por bloco de cargos.

Os cargos de nível superior são para analista ambiental I e II, arquiteto, assistente jurídico, assistente social, bibliotecário, biólogo, engenheiro ambiental, engenheiro civil, engenheiro de tráfego, estatístico, farmacêutico, jornalista, pedagogo, professor de educação física, terapeuta ocupacional e turismólogo.

As vagas de nível médio ou médio técnico são para agente de fiscalização sanitária, artesão, assistente de pessoal, auxiliar de farmácia, fiscal, fiscal de meio ambiente, fiscal de trânsito, fiscal de turismo, guarda municipal feminino e masculino, guia de turismo, instrutor de arte, técnico de enfermagem, técnico de odontologia, técnico de turismo e tesoureiro.

Os postos de nível fundamental são para agente de controle, agente de defesa civil, agente de serviço externo, agente de trânsito, agente de almoxarifado, agente de compras, auxiliar de educação infantil, auxiliar de odontologia, auxiliar de tesouraria, coveiro, digitador, eletricista, encanador, fotografo, instrutor de arte, instrutor de esporte, marceneiro, mecânico, operador de máquina, pedreiro, pintor.

Os postos para nível alfabetizado são para roçador e servente de serviço geral feminino e masculino.

As taxas vão de R$ 40 a R$ 65 e os candidatos podem se inscrever até o dia 04 de junho clicando aqui.

PRF mapeia 2,4 mil pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças.

Em rodovias e estradas federais de todo o Brasil, pelo menos 2.487 pontos são considerados vulneráveis à exploração de crianças e adolescentes, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O dado foi divulgado nesta segunda-feira (14), por meio do lançamento da sétima edição do projeto Mapear 2017/2018, executado em parceria com a organização Childhood Brasil. O volume é 20% maior que o registrado no biênio anterior.

Do total de locais mapeados, 489 foram considerados pontos críticos; 653 com alto risco; 776 com médio risco; e 569 foram avaliados como de baixo risco para exploração sexual de crianças e adolescentes. A maior parte dos pontos (59,55%) está concentrada nas zonas urbanas, portanto de fácil acesso, embora a incidência (40,45%) também seja alta em áreas rurais. Na maioria das vezes, esses pontos estão vinculados a postos de combustível, bares, casas de shows, pontos de alimentação e também de hospedagem.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a ONG Childhood Brasil lançam a Cartilha Mapear, que contém o mapeamento dos pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais brasileiras dos últimos dois anos.

A edição atual do mapeamento confirma uma dinâmica já registrada em estudos anteriores: a redução de pontos críticos, que são aqueles que possuem a maior possibilidade de ocorrência de exploração. Desta vez, foram 435 a menos, o que equivale a 47% do total em comparação ao biênio 2009/2010. Clique aqui para ter acesso ao documento.

Presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da PRF, Igor de Carvalho Ramos avalia que “a redução é importante porque mostra que a gente está conseguindo fazer nosso trabalho, mas, ainda assim, é preocupante o número de 489 pontos. Agora, temos que atuar para continuar reduzindo essa vulnerabilidade crítica”.

Outra questão relevante diagnosticada no estudo é a migração dos espaços para pontos que não estão à beira de rodovias federais, mas para áreas mais internas. “A exploração sexual de crianças e adolescentes é um crime muito dinâmico, porque se você faz um enfrentamento, é possível que a prática migre, porque é uma questão enraizada na cultura”. Isso mostra, na opinião de Ramos, que o enfrentamento deve ser feito em articulação com outras instituições e com a sociedade civil organizada.

Regiões

A região Nordeste é a que concentra maior número de pontos vulneráveis: 644. Também é onde está a maior concentração de pontos críticos: 156. Depois, estão Sul (575 pontos), Sudeste (468), Norte (404) e Centro Oeste (396). No caso da região Norte, houve um incremento expressivo no número de pontos vulneráveis, que passou de 160 para 404.

Entre os estados, os com maior número de pontos são Paraná (299), Pará (232), Goiás (185), Minas Gerais (184) e Ceará (180). Paraná e Pará ampliaram o número em 40% e 64%, respectivamente. Goiás manteve-se praticamente estável, com pequeno aumento de 5%. Minas teve redução de 41% e Ceará aumentou 92% o número de pontos registrados – o maior aumento entre todas as unidades da federação.

Diante dessa elevação, Ramos pondera que o aumento também se deve à ampliação da fiscalização, não necessariamente à da exploração. “Nós achamos que esses pontos já existiam, mas nos últimos anos a gente trabalhou muito na capacitação de policiais e passamos a usar um aplicativo de smartphone que facilita muito o monitoramento”, explica.

De acordo com a PRF, o objetivo do mapeamento é contribuir com os mecanismos de busca, organização e disponibilização de dados sobre a exploração, bem como no direcionamento de ações preventivas e repressivas para o enfrentamento de tal violação de direitos. Como resultado dessa iniciativa e da articulação com outros órgãos, neste biênio foram resgatadas 121 crianças e adolescentes de situação de vulnerabilidade. Entre 2005 e 2018, a PRF resgatou 4.749 crianças e adolescentes identificados em situação de risco nas rodovias federais brasileiras.

Guardas Civis de Mauá iniciam curso de formação em Segurança Urbana.

Os 40 novos Guardas Civis Municipais contratados pela Prefeitura de Mauá iniciaram na manhã desta terça-feira (8) o Curso de Segurança Urbana no Centro Regional de Formação em Segurança Urbana (CRFSU) do Consórcio Intermunicipal Grande ABC. O treinamento deve durar cerca de quatro meses, e inclui mais duas fases: a atualização e especialização dos novos GCMs. A grade curricular é composta por 38 disciplinas, incluindo Administração Pública, Sistema Brasileiro de Segurança Pública, Direito Penal, Direitos Humanos, Segurança Escolar, Mediação de Conflitos, Libras e Armamento. Além dos quatro meses iniciais, os GCMs de Mauá passarão ainda por mais duas etapas do curso: a atualização e especialização.

Para o major Edson Lima de Oliveira, diretor do Centro Regional de Formação, o treinamento é fundamental para a capacitação dos GCMs. “Os guardas se aperfeiçoam com esse treinamento e logo estarão prontos para defender a população”, destaca o coordenador do curso voltado para a formação e a capacitação dos guardas civis municipais do Grande ABC.

Para o coronel Carlos Alberto dos Santos, coordenador do Grupo de Trabalho Segurança Pública e secretário de Segurança Urbana de São Bernardo, o curso é uma forma de capacitar os GCMs e otimizar a atuação na defesa da população das cidades do Grande ABC. “A padronização de estratégias operacionais do dia a dia reforça a integração e propicia uma melhor qualidade nos procedimentos de atuação dos guardas civis na segurança pública”, destacou.

O treinamento dos guardas civis de todas as cidades do ABC será realizado seguindo esse modelo. O curso foi pensado desde o início com caráter regional, resultado do diálogo e do trabalho dentro do Grupo de Trabalho Segurança Pública do Consórcio, com o objetivo de promover uma formação padronizada. A formação dos Guardas Civis Municipais inclui ainda aulas de Legislação; Administração; Direitos Humanos; Abordagem e Prática de tiro pelo Método Giraldi, em defesa da vida. Com estes 40 novos GMS, a guarda de Mauá passa a contar em seus quadros com o total de 240 profissionais.

Acidente envolve quatro carros no centro de Ribeirão Pires.

Aconteceu nesta sexta-feira (10), por volta das 14:30 horas um acidente que envolveu quatro veículos na esquina da avenida Brasil com a avenida Fortuna, centro de Ribeirão Pires.

Segundo informações colhidas pelo Caso de Política que esteve no local momentos após as colisões, um veículo Fiesta que seguia pela avenida Brasil deu seta para entrar na avenida Fortuna, momento em que entrava na via, um Kia Soul entrou junto na curva vindo os automóveis a colidir, com ambos adentrando em um estacionamento de ensino de línguas onde haviam mais dois veículos (um Prisma Prata e um Santana Cinza) que também foram atingidos.

Apesar do forte impacto entre os veículos, não houve vítimas com ferimentos, sendo que a condutora do Kia foi amparada pelos socorristas dos Bombeiros apresentando apenas abalo emocional.

Além dos Bombeiros que compareceram para possíveis atendimentos, uma viatura da polícia militar esteve no local, e também o departamento de trânsito municipal que bloqueou o acesso para a avenida Fortuna temporariamente.

GCM prende ladrão em cima do telhado da OAB de Ribeirão Pires.

Um homem de 41 anos de nome Gleiser de Oliveira Moreno foi preso em flagrante na madrugada desta quinta-feira (26) por Guardas da GCM de Ribeirão Pires.

Segundo o ocorrido, os guardas foram solicitados por uma empresa de monitoramento a comparecerem a sede da Ordem dos Advogados de Ribeirão Pires em razão de um indivíduo estar no telhado do referido imóvel e ter disparado o alarme. Chegando ao local, por volta das 05:25 horas. os Guardas municipais flagraram o acusado no telhado. Constataram também que o sensor do alarme estava danificado, deixando nítida a intenção do indivíduo de furtar a sede da OAB após ter danificado o alarme.

Após verificação por parte da Polícia, foi constatado que o acusado tem diversas passagens criminais relacionadas ao crime de furto.

Voz de prisão foi dada ao acusado, sendo posteriormente ratificada pela autoridade policial assim que tomou conhecimento dos fatos, sendo determinada a lavratura de Boletim de Ocorrência do auto de prisão em flagrante delito.

Projeto obriga cadastro de clientes de hotéis, motéis e pensões em Formosa do Rio Preto.

Os vereadores da Câmara Municipal Formosa do Rio Preto, aprovou durante sessão realizada na noite desta terça-feira (17), o Projeto de Lei no 002/2018 que torna obrigatório o registro de hóspedes nos hotéis da cidade.

Conforme expresso no parágrafo único do artigo 1 da lei: “Considera-se meios de hospedagem os empreendimentos ou estabelecimentos, independentemente de sua forma de constituição, destinados a prestar serviços de alojamento temporário, ofertados em unidades de frequência individual e de uso exclusivo do hóspede, bem como outros serviços necessários aos usuários, denominados de serviços de hospedagem, mediante adoção de instrumento contratual, tácito ou expresso, e cobrança diária”.

Ainda no texto legal, é grafado itens ao qual deve constar na ficha cadastral dos respectivos hóspedes, como segue ao final desta matéria jornalística.

Para a vereadora Manuela (PV), “O objetivo deste projeto é garantir a segurança de todos. Quantos tipos de violência já sofremos aqui na cidade vindo muitas vezes de pessoas de fora. Temos que evoluir, existem cidades menores na região que tem fluxo intenso de turista que já se utilizam desse método”, disse a parlamentar que parabenizou o Conselho Municipal de Segurança do Município e todo o setor hoteleiro que abraçou esta causa.

Acompanhe no vídeo, o pronunciamento da edil

Íntegra da Lei aprovada

Polícia Militar de Rio Grande prende mulher com farta quantidade de drogas nesta terça-feira (03).

A Polícia Militar de Rio Grande da Serra em trabalho incessante na luta contra o tráfico de drogas, prendeu na tarde desta terça-feira (03) uma mulher com grande quantidade de drogas.

Policiais enquanto realizavam patrulhamento de rotina pela avenida Cido Franco, região central da cidade, avistou uma mulher com uma mochila nas costas, a mesma demonstrou nervosismo ao perceber a aproximação da equipe, foi abordada e dentro da mochila foi encontrado 160 pinos de cocaína, 80 trouxinha de maconha grande, 220 trouxinhas de maconha pequena, 1.000 pedras de crack e 40 vidros de lança perfume.

Diante do flagrante delito, os policiais militares deram voz de prisão e conduziram a meliante para a delegacia para abertura de Boletim de Ocorrência.

Ônibus de Lula na Caravana é atingido por tiros.

Ônibus que integram a comitiva do ex-presidente Lula na caravana do Sul foram atingidos por tiro nesta terça-feira 27. A Polícia Militar foi contactada para realizar perícia sobre as marcas. Não houve feridos. O ônibus chegou no início da noite no campus da Universidade Federal da Fronteira Sul na cidade de Laranjeira do Sul, no Paraná. Trata-se de uma tentativa de atentado contra Lula.

A informação foi publicada inicialmente pelo site Brasil de Fato nas redes sociais. A página noticiou ainda que também foram colocados pregos na estrada para furar os pneus dos ônibus da caravana. Segundo apuração, dois tiros atingiram o segundo ônibus e dois, o terceiro veículo. Nenhum atingiu o primeiro ônibus.

Lula sobre agressores: Eles têm é medo que eu ganhe no 1º turno

Recebido por uma multidão nesta terça-feira 27 em Quedas do Iguaçu, no Paraná, o ex-presidente Lula comentou as agressões de grupos fascistas contra o ônibus de sua caravana na região Sul. “Ontem em Francisco Beltrão (PR), colocaram fogo em pneus pra gente não passar. É essa gente que diz defender a paz, que se enrola na bandeira do Brasil pra dizer que são democráticos”, discursou.

“Agora olha a sem-vergonhice. Eles compram ovos pra jogar na gente, mas não paga decentemente a empregada na casa deles”, criticou. “Seria muito mais digno doar esse ovo para quem tem fome. Ou até pra gente da caravana fazer um omeletinho”, completou.

Para Lula, os agressores buscam, com os atos, te tirar da disputa para que ele não vença no primeiro turno. “Eles querem me tirar da disputa porque sabem que se eu for candidato, posso ganhar no primeiro turno”. “Estou indignado porque eles estão criando um processo de mentiras para evitar que o @LulapeloBrasil seja candidato”, acrescentou.

O ex-presidente lembrou de ações de seu governo que beneficiaram produtores rurais. “Eu visitei pequenos produtores que estão vendendo leite a preço menor que o preço de custo. Como o governo pode deixar que um produtor fique refém do mercado assim? Foi por isso que fizemos políticas públicas como o PAA, que protegiam o pequeno produtor”, destacou.

E fez uma promessa importante: “Chega do povo pobre pagar por atos de irresponsabilidade que não foi ele que cometeu. Quando eu virar presidente, quem ganhar menos de 5 salários mínimos não vai pagar imposto de renda”.

Clique aqui e assista a íntegra do discurso no Facebook

Gabriel Maranhão busca convênio para instalação do Corpo de Bombeiros na cidade.

O prefeito Gabriel Maranhão (PSDB), recebeu nesta terça-feira (20) em seu gabinete, a visita do Coronel Nauheimer, da Capitã Kelly e do Tenente Hélio. Com a participação do Secretário Municipal de Segurança Urbana, Trânsito e Defesa Civil, Coronel Renan Oliveira Corte Brilho, o encontro teve por objetivo discutir o convênio entre a Prefeitura e a Secretaria Estadual de Segurança Pública para implantação da 1° Base do Corpo de Bombeiros em nossa cidade.

O encontro é continuidade de reunião acontecida em agosto de 2017, onde o prefeito Gabriel Maranhão, acompanhado do deputado federal, Alex Manente (PPS), estiveram reunidos com representantes de grandes empresas da região, com o intuito de viabilizar a instalação do Corpo de Bombeiros e a ampliação de curso técnico no município.

No encontro estiveram presentes Aníbal do Vale (presidente da Unipar Carbocloro), Carlos Parente (diretor da Braskem), Martim Afonso Penna (diretor da Abiclor) e Fernando Figueiredo (presidente da empresa Abiquim), que receberam do prefeito e do deputado a demanda de implantação de um prédio do Corpo de Bombeiros.

“Tratamos sobre estas questões de suma importância para o desenvolvimento da nossa cidade e agora seguiremos com os trâmites necessários para que os projetos se concretizem”, disse Maranhão na oportunidade.

Para o deputado Manente, “contribuir para o desenvolvimento de Rio Grande da Serra sempre estará entre suas prioridades. O meu mandato sempre estará à disposição dos moradores de Rio Grande, faremos o possível para concretização de mais esses ganhos importantes”.

Vereador Banha lamenta o assassinato da vereadora Marielle Franco.

O vereador Edson Banha Savieto (PPS), lamentou a morte da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL), assassinada a tiros na noite de quarta-feira (14) na Região Central da capital fluminense.

“Tudo é muito triste! Confesso que a indignação toma conta de mim. Nada justifica a barbaridade cometida contra a vereadora carioca Marielle Franco, brutalmente assassinada”, disse consternado.

Ainda em sua manifestação de pesar, Banha afirma que “independentemente de posição política e ideológica, a hora é de união para combater esse mal que diariamente ceifa vidas no Brasil. Minha solidariedade a todos os amigos e familiares da vereadora Marielle Franco. Lamento profundamente esse ato de extrema covardia e me sinto entristecido com os rumos em que este país está tomando”.

Marielle, num Rio sob intervenção militar

Agência Brasil – O Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) classificou hoje (15) como “profundamente chocante” o assassinato da vereadora Marielle Franco, num ataque a tiros na noite de quarta-feira, no Rio de Janeiro. Integrante da Câmara Municipal do Rio, Marielle, 38 anos, foi morta num ataque que também matou o seu motorista, Anderson Pedro Gomes, e deixou uma assessora ferida.

Em nota, a porta-voz do Escritório da ONU, Liz Throssel, lembrou que Marielle era uma defensora dos direitos humanos que atuava contra a violência policial, pelos direitos das mulheres e de afrodescendentes em áreas pobres do Rio de Janeiro.

O comunicado ressalta que as autoridades devem realizar uma completa investigação do assassinato. A ONU pediu ainda que o inquérito ocorra o mais rapidamente possível.

Justiça

Para o Escritório de Direitos Humanos, é preciso que a investigação seja transparente e tenha credibilidade e que os autores do crime sejam levados à justiça.

O Sistema ONU no Brasil também condenou a morte de Marielle Franco e pediu rigor na investigação do caso.

A ONU no Brasil lembrou que a vereadora, do Partido Socialismo e Liberdade (Psol), estava em seu primeiro mandato na Câmara e era uma das principais vozes na defesa dos direitos humanos da cidade e lutava contra o racismo. Ela promovia a igualdade de gênero assim como a eliminação da violência, sobretudo nas periferias e nas favelas do Rio de Janeiro.

Polícias de Rio Grande e Ribeirão Pires tem os melhores resultados em recuperação de veículos roubados no ABC, aponta SSP.

O trabalho da polícia contra o roubo e furto de veículos nas cidades de Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires tem obtidos grandes resultados, segundo aponta levantamento feito pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP).

Segundo os dados, Ribeirão Pires no ano de 2016 teve 231 roubos registrados contra 169 em 2017, o que representa uma queda de 26,84%. Ainda na cidade, a Polícia conseguiu recuperar 32,9% dos automóveis.

Em Rio Grande da Serra, ainda que haja aumento se compararmos o ano de 2016 com 2017, foram recuperados 62,1% dos veículos roubados. Em 2016 foram 36 furtos e em 2017 41, o que representa elevação de 13,89%.

Registros no ABC

O trabalho da polícia contra o roubo e furto de veículos é praticamente de enxugar gelo no ABC. Enquanto os policiais recuperaram média de 17 carros por dia em todo o ano passado, os criminosos levaram cerca de 53 automóveis diariamente no mesmo período. Em números absolutos, foram 19.552 veículos roubados ou furtados em 2017 contra 6.410 devolvidos ao dono pela polícia – taxa de recuperação de apenas um terço do que é alvo dos bandidos (32,7%).

Os números do governo estadual também mostram que caiu a produtividade policial na região quando se trata de recuperação de automóveis. Em 2016, 6.937 carros roubados ou furtados foram recuperados. Já no ano passado, o número caiu para 6.410, diminuição de 7,6% de um ano para o outro.

Somente em duas das sete cidades houve aumento na quantidade de veículos recuperados: Santo André e Rio Grande da Serra. Em todas as demais, houve diminuição da produtividade policial neste quesito.

“Esse é um dos grandes desafios da polícia do Estado hoje. Em torno de 40% a 50% dos casos os bandidos não têm interesse em ficar com o carro e o abandonam. São nessas situações que eles são recuperados e a polícia diz que é por mérito, mas não é.

Se tivéssemos trabalho maior de investigação sobre qual o destino dos automóveis, a taxa desses crimes seria ainda menor.”, comentou o especialista em segurança pública José Vicente da Silva Filho.

Resposta

A SSP justifica que as polícias Civil e Militar combatem os roubos e furtos de veículos com diversas operações em oficinas e estacionamentos suspeitos de serem desmanches, além de realizar bloqueios policiais em locais em que há maior incidência deste tipo de crime.

A secretaria alega ainda que os casos tanto de roubos quanto de furtos de veículos diminuíram de um ano para o outro – de 21.623 veículos em 2016 para 19.552 no ano passado (queda de 9,6%).

STF diz que Guardas Municipais têm direito à aposentadoria especial.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que os pedidos de aposentadoria especial de quatro guardas municipais sejam apreciados pelas prefeituras correspondentes, aplicando, no que couber, os termos da Lei Complementar (LC) 51/1985. A decisão foi tomada nos Mandados de Injunção (MIs) 6770, 6773, 6780 e 6874, impetrados por guardas municipais de Barueri (SP), Indaiatuba (SP) e Montenegro (RS).

O ministro explicou o artigo 40, parágrafo 4º, inciso II, da Constituição Federal prevê aposentadoria especial para os servidores públicos que exerçam atividades de risco. E ao reconhecer a mora legislativa no caso, uma vez que não foi aprovada pelo Congresso Nacional e pela Presidência da República legislação regulamentando o dispositivo, deve ser utilizado o parâmetro previsto na Lei Complementar 51/1985, que dispõe sobre a aposentadoria do servidor público policial, para viabilizar o exercício do direito aos guardas municipais.

Em relação à ausência de legislação complementar regulamentadora do dispositivo constitucional, o ministro lembrou que a jurisprudência do STF passou a exigir que a periculosidade seja inequivocamente inerente ao ofício, de forma a se reconhecer o nexo de causalidade entre a omissão normativa do Poder Público e a inviabilidade do exercício do direito. “Nesse sentido, a Corte reconheceu a presença desse fato determinante para a categoria dos agentes penitenciários e determinou a aplicação do regime jurídico da LC 51/1985”, lembrou. No caso dos guardas municipais, verificou Moraes, está presente o fato determinante exigido pelo STF, pois a periculosidade é aspecto inerente às atividades essenciais exercidas na carreira enquanto integrante do sistema de Segurança Pública. Neste sentido, citou precedente da Corte no Recurso Extraordinário (RE) 846854.

O ministro ressaltou que a periculosidade das atividades de Segurança Pública sempre é inerente à função, e citou dados da Ordem dos Policiais do Brasil mostrando que a carreira de guarda municipal é a terceira com o maior número de mortes nos dez primeiros meses de 2016, em um total de 26 casos, abaixo somente da Polícia Militar (251) e da Polícia Civil (52) e acima dos agentes do sistema penitenciário (16). “Assim sendo, a essencialidade das atividades de segurança pública exercidas pelos guardas municipais autoriza a aplicação dos precedentes, como garantia de igualdade e segurança jurídica, e, por decorrência lógica, deve ser utilizado o parâmetro previsto na Lei Complementar 51/1985 para viabilizar ao impetrante, na qualidade de guarda municipal, o exercício do direito estabelecido no artigo 40, parágrafo 4º, inciso II, da Constituição Federal”, concluiu.

Operação Pão Nosso: PF cumpre 24 mandados de prisão contra suspeitos de fraude em presídios do Rio.

Operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta terça-feira (13), prendeu o delegado Marcelo Martins, atual Diretor Geral de Polícia Especializada, e o ex-secretário da Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) na gestão do ex-governador Sérgio Cabral (MDB-RJ), o coronel César Rubens Monteiro de Carvalho.

Foram expedidos 14 mandados de prisão, sendo 9 temporárias e 5 preventivas. Segundo as investigações, os suspeitos integravam 1 esquema de superfaturamento e fraude no fornecimento de pão para os presos. De acordo com o MPF (Ministério Público Federal), foram desviados dos cofres públicos R$ 73 milhões durante pelo menos 6 anos (2009-2014).

Os suspeitos estão sendo investigados pelos crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, fraude em licitação e peculato.

O nome da operação faz alusão aos pães feitos pelos detentos sob custódia da Seap, cujo contrato para fabricação também teria sido utilizado para desviar recursos públicos.

Vereador Amigão D’orto solicita atenção para a GCM e a segurança pública de Ribeirão Pires.

Na última sessão da Câmara de Ribeirão Pires, realizada em 08 de março, o vereador Amigão D’orto apresentou quatro documentos ligados a setores da segurança pública.

Segundo o parlamentar “é preciso que se valorize e reconheça os Guardas Municipais de Ribeirão Pires. Para tanto, estou solicitando informações sobre convênio médico para a corporação e se há previsão de reajuste para os Guardas”.

No requerimento 210/2018 é solicitado intensificação do policiamento ao 30º Batalhão de Polícia Militar na região do Centro Alto.

E ainda solicita informações ao Executivo Municipal, quanto as ações que a Administração Pública vem desenvolvendo, em atenção à mulher vítima de violência.

Veja abaixo os requerimentos

Insatisfeitos, Guardas Municipais podem paralisar suas atividades.

“A gente faz porque ama. Mas os piores dias, é o dia 1º do mês quando cai o pagamento, pô meu salário não ganho nada!”

Durante a sessão da Câmara de Ribeirão Pires realizada nesta quinta-feira (08), temas que envolvem a segurança pública tomaram grande parte dos debates.

O vereador Amigão D’orto (PTC), após apresentar requerimento solicitando ao Executivo informações sobre a Guarda Municipal da Estância, o parlamentar relatou uma série de mensagens recebidas.

“Estive conversando pessoalmente com diversos Guardas, fora os que me enviaram mensagens por WhatsApp e até cartas anônimas e cada um com uma história diferente, mas todos com um único sentimento de cansaço”, disse.

Em uma das mensagens é dito: “Estamos cansados de promessa e ser enganados. Olha só o salário base de Suzano, R$ 1.728,00 enquanto nossa GCM recebe R$ 1.470 e o mais novo R$ 1.06,00”.

Lendo ainda as denúncias, o vereador uma das principais queixas dos GCM’s é que há defasagem de 1997 e na gestão Saulo Benevides em 2013, foi concedido apenas o dissídio de 2014 e 2015 e a partir do ano de 2016 não houve dissidio ou aumento nas remunerações.

“Sentimento de esgotamento, para completar renda, os gastos que temos hoje em dia com R$ 1.096,00 não dá. Tem muito guarda que se dedica muito mais ao bico do que na função, ele acaba não tendo descanso , trabalha todos os dias, sem ter tempo de ficar com a família, isso revolta muito, pois não temos plano de carreira, não temos nada para nos motivar e muito ainda tiram dinheiro do bolso para manutenção das viaturas, coisas como pneu, óleo ou ter que se humilhar em algum comércio e pedir, ter que mendigar, é tudo isso este desgaste emocional que temos e reflete tudo na nossa vida”.

Em um último relato, o vereador leu: “GCM’s estão revoltados… o novo comando da Guarda não quer saber de ajudar os guardas porque já ganham uma porcentagem de comissão e o secretário aí piorou… não está fácil o jeito é parar tudo, só assim vão dar atenção a nós!”.

Concluindo o seu pronunciamento, Amigão D’orto solicitou o apoio de todos vereadores, secretários do prefeito e seu vice para que seja dado atenção necessária a estes verdadeiros heróis urbanos.

ROCAM prende traficante em Mauá.

Policiais Militares da ROCAM (Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas) do 30º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, na cidade de Mauá, durante o patrulhamento, prenderam hoje (27) no Jardim Zaira, um indivíduo por tráfico de drogas.
No local, a equipe desconfiou da atitude suspeita do indivíduo, o qual saiu correndo, mas logo foi detido. A equipe prosseguiu na abordagem, e na busca pessoal foram localizadas  803 porções de maconha, 618 pedras de crack, seis pinos de cocaína, cinco rádios e um caderno com anotações sobre o tráfico de drogas.
Ele recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e foi encaminhado para o 4º Distrito Policial de Mauá, onde permaneceu à disposição da Justiça.

Aplicativo permite denúncia contra assédio no transporte público na grande São Paulo.

O aplicativo gratuito para celular, VouD, disponibiliza, a partir desta terça-feira (20), um recurso para denúncia anônima de ocorrências de assédio sexual nos transportes públicos da Grande São Paulo. O recurso também permite fazer notificações sobre furtos ou vandalismos nos trens e ônibus intermunicipais.

De acordo com a Autopass, empresa de serviços de mobilidade responsável pelo aplicativo, as informações farão parte de um banco de dados em desenvolvimento. Nele, poderão ser visualizadas as linhas, estações, terminais e trajetos que mais tiveram relatos de casos como esses.

O VouD também permitirá compra de créditos do cartão de transporte metropolitano BOM, consulta de saldo e busca por pontos de recarga mais próximos da localização do passageiro. O aplicativo está disponível para sistemas Android e iOS.

PC apreende 50 tijolos de maconha em Mauá.

Policiais civis do 44º Distrito Policial de Guaianazes (Decap) prenderam, na sexta-feira (16/2), um homem por tráfico de drogas, no Jardim Zaira, em Mauá.

Após  investigações relacionadas ao tráfico de drogas em Guaianazes, os policiais identificaram um indivíduo que guardava drogas em um veículo estacionado em um estacionamento,  para sua posterior comercialização. Feita a abordagem, os agentes encontraram 50 tijolos de maconha no interior do veículo.

O dono do automóvel foi preso em flagrante. Ele alegou receber um valor semanal para guardar o entorpecente. As investigações prosseguem, no sentido de localizar e prender seus comparsas.

Intervenção com militares no Rio é “licença para matar”, diz Conselho Nacional dos Direitos Humanos.

O Conselho Nacional de Direitos Humanos classificou como uma “licença para matar” a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. Em nota divulgada na tarde desta segunda-feira (19), o colegiado afirma que a medida “aprofunda a ruptura com a institucionalidade democrática do país, com o estado de exceção, e traz graves ameaças à estabilidade democrática e, consequentemente, aos direitos humanos”. “Trata-se de uma decisão completamente inadequada e ineficaz”, considera.

Leia também

Chefe do Exército critica desde julho uso das tropas por Temer: “Desgastante, perigoso e inócuo”

O conselho diz que o histórico das Forças Armadas é marcado pelo aumento no número de violações de direitos humanos, por operar na lógica do “combate ao inimigo”. “Segundo essa lógica, a população negra, pobre e moradora de favelas e periferias é quem tem sido ‘combatida’ pelas tropas do Exército, da Marinha e da Aeronáutica”, destaca o texto.

Ônibus colide em grave acidente e deixa vários mortos e feridos.

do Jornal OExpresso – jornalista Carlos Alberto Sampaio

Um grave acidente entre um ônibus da Expresso Guanabara e duas carretas, na manhã desta quinta-feira (15/2), deixou mortos e feridos na BR-020, entre os povoados de JK e Bezerra, após o município de Formosa (GO), a 45km do Distrito Federal.

Segundo as informações preliminares da Polícia Rodoviária Federal (PRF), estão confirmadas 6 mortes e 12 feridos graves. De acordo com a Polícia Militar do DF, várias pessoas ficaram presas nas ferragens até a chegada dos bombeiros.

Uma imagem postada em alguns perfis no Facebook mostra o ônibus com a lateral destruída e várias pessoas ao redor. Há informações de que há ao menos 50 pessoas no ônibus. Nas redes sociais, há relatos de que o impacto entre os veículos foi tão grande, que o transporte de passageiros teria se partido ao meio.

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) enviou uma aeronave e sete ambulâncias para ajudar no resgate das vítimas. Militares da corporação e agentes da PRF estão no local do acidente dando apoio às equipes de Goiás. O trânsito está totalmente interditado. O percurso conta com uma pista simples, com ultrapassagem proibida.

Vereador Jhol Jhol participa de sessão solene em Ribeirão Pires.

O vereador Jonathan Rago (PSD), popular Johol Jhol, esteve na última quinta-feira (15) na cidade de Ribeirão Pires. O vereador na oportunidade fez visita ao secretário Municipal de Segurança, Coronel José Luiz Navarro, onde buscou informações sobre os trabalhos na área de segurança e sobre a atuação da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Ainda na agenda, o edil participou de sessão solene em homenagem a Força de Segurança local, que diante de diversas ações empreendidas, ganhou notoriedade nacional.

Convidado a se sentar pelo presidente da Casa de Leis de Ribeirão Pires, Rubão Fernandes (PSD), junto aos vereadores da cidade, Jhol Jhol usou da palavra ao visitante.

Jhol Jhol, falou sobre a sua expectativa para a implantação da GCM em Rio Grande da Serra e lembrou dos esforços de seu mandato com os vereadores Clauricio Bento e Maciel da Padaria que garantiram recursos financeiros para a construção da 1ª Base da Guarda que será implantada em Rio Grande da Serra.

Veja abaixo o vídeo.