Category Archives: Política

Maranhão desembarca do PSDB e pode se filiar ao PSB. Kiko Teixeira pode ser a bola da vez.

Gabriel Maranhão, Márcio França, Atila Jacomussi e Lauro Michels. Ausência de Kiko causou surpresa

Após diversas aparições ao lado do governador Márcio França (PSB) em detrimento ao pré-candidato do PSDB, João Dória, o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão desembarcou do ninho tucano nesta segunda-feira (23).

O fato já era esperado e mais do que previsível. Conforme tem acompanhado o blog Caso de Política e também tem repercutido analistas políticos, Maranhão já de bom tempo vem se afastando de lideranças tucanas na região e estreitando relações com cardeais do PSB.

Visto com frequência ao lado do prefeito de Mauá (PSB), vem mantendo contato constante com o Palácio dos Bandeirantes mesmo antes da efetivação de Márcio França como governador do Estado de São Paulo.

Segundo informações, a cúpula do PSDB do estado foi as turras com Maranhão e o deputado estadual e presidente estadual da sigla, Pedro Tobias elaborou pedido de expulsão do prefeito de Rio Grande da Serra.

Na região, impõe-se racha na agremiação que nas eleições municipais de 2016 elegeu quatro prefeitos e agora com a sua possível filiação ao PSB de França, Maranhão reforçara o governador que pretende se reeleger ao cargo.

Analistas políticos, já especulam que o mesmo poderá acontecer com o prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB). Kiko vem de longa data afinado com o ex-prefeito de São Paulo, e pré-candidato ao governo estadual. Em agosto de 2017, Kiko fez parte da comitiva de João Dória (PSDB), para Palmas no estado do Tocantins. João Dória será adversário de Márcio França rumo ao Palácio dos Bandeirantes.

“O prefeito Kiko Teixeira pode ser vitimado com a sua expulsão do PSB, tudo no mesmo critério com que foi utilizado com Maranhão”, analisam.

Um outro dado que possivelmente explica a proximidade de Maranhão à Márcio França e que vai além da pura infidelidade partidária, é a ligação de João Dória ao prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, atual presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. Segundo os bastidores, Morando vem com mão de ferro se omitindo ao debate de políticas públicas para a região prejudicando a microrregião o que já levou Diadema, administrada pelo prefeito Lauro Michels a retirar o município do Consórcio. Morando vem sendo apontado como centralizador e aglutinador de benesses para o eixo São Bernardo-Santo André. Recentemente, foi apresentada emenda de autoria do vereador de São Caetano do Sul que objetiva suprimir trecho do texto legal que autoriza repasse de 1,2 milhão para o Consórcio Intermunicipal.

Existe expectativa de que Rio Grande da Serra  e Mauá venham nos próximos dias a não mais fazer parte da entidade regional o que na prática inviabilizaria a manutenção política e administrativa do órgão.

Dia do Índio é comemorado em sessão solene da Câmara de Ribeirão Pires.

A Câmara Municipal de Ribeirão Pires realizou nesta sexta-feira (20), Sessão Solene em comemoração ao Dia do Índio, celebrado nacionalmente no dia 19 de abril.

Acompanhe abaixo o Hino Nacional Brasileiro executado belissimamente pelo Cacique Cafuzo Tukumbó Dyeguaká Robson Miguel. Acompanhe a seguir a execução.

Antes da execução do Hino Nacional Brasileiro em Tupi-guarani sob o violão do Cacique Cafuzo Tukumbó Dyeguaká Robson Miguel, acompanhado pelo coral de alunos do curso de Guarani-Tupi-Guarani, o Pajé Xeromoin Awdju Pitotó fez uma saudação aos presentes com melodia tradicional de sua tribo.

Ver abaixo o vídeo

 

O Dr. Paulo Oliver, advoga e ex-presidente da Comissão de Direitos de Propriedade Imaterial e Intelectual Indígena da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), eu seu pronunciamento relatou sobre seus contatos com o povo indígena no estado de Pernambuco e Manaus no estado do Amazonas no período em que estuda o curso de direito.

Acompanhe o vídeo abaixo

A sessão foi presidida pelo vereador Rubão Fernandes (PSD) e teve como orador oficial o vereador Danilo Afonso (PSB). Também participaram da solenidade os vereadores Rogério Luiz (PSB) e Edmar Oldani (PV).

A índia Ysani Aweti Kalapalo, 28 anos, da tribo Xinguana localizada na reservado do Xingú no Mato Grosso esteve presente na cerimônia.

Ativista da causa indígena, Ysani aos 12 anos de idade veio para cidade juntamente com sua família com objetivo de conhecer e estudar cultura branca.

Aos 24 anos, cursava Ciência da Computação em Harvard, nos Estados Unidos, uma das mais prestigiadas instituições de ensino superior do mundo. Depois de abandonar quatro Cursos Universitários, ela também tem outros sete cursos técnicos: Teatro, Web Designer, Fotografia, Audiovisual, Programação Básica, Mídias Digitais e linguagem e expressão corporal em universidades brasileiras, com direito a bolsas de estudo em todas elas.

Veja abaixo o vídeo e para saber um pouco mais, clique aqui.

“Orlando Morando deixa a desejar e Consórcio do ABC pode se fragmentar” diz Claudinho Monteiro.

O líder do Governo Maranhão, Claudinho Monteiro (PSB), fez duras críticas a gestão do prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando à frente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

Segundo a fala de Monteiro durante sessão da Câmara de Rio Grande da Serra nesta quarta-feira (18), “o coordenador do Consórcio está deixando muito, mas muito a desejar”.

“A minha fala é preocupante, mas temos que cada vez mais estar discutindo a questão regional, precisamos estar discutindo a microrregião. É o que estamos fazendo aqui no dia a dia. Porque não pode chegar em Santo André e parar quando tem Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra”.

Um parlamentar fez ainda um questionamento, “o que foi feito na questão regional? Existe a contribuição de todos os municípios o que não é surpresa para ninguém”.

Em outro momento Monteiro disse compreender os motivos da retida do prefeito de Diadema do consórcio e que também é preciso abrir o olho do prefeito Gabriel Maranhão para a gravidade do problema.

Uma fala interessante feita pelo líder do Governo, ainda de que forma indireta, é que São Caetano do Sul poderia sair do Consórcio. Fato que praticamente se concretizou na manhã desta quinta-feira (19), quando uma emenda de autoria do vereador sãocaetanense, Parra que suprime o trecho do texto legal que corresponde ao repasse de 1,2 milhão para o Consórcio Intermunicipal. O projeto retornou à Comissão de Justiça e Redação da Casa para que se faça a supressão do inciso, e, posteriormente, retorne ao plenário para apreciação da redação final.

Se a leitura política de Claudinho Monteiro estiver correta, Mauá e Rio Grande da Serra sairão do da entidade regional o que inviabilizará a manutenção política do Consórcio Intermunicipal com a perca de sua representatividade e a sustentação financeira do órgão.

Acompanhe abaixo o discurso do vereador Claudinho Monteiro

Carinhanha fará neste sábado (21) ato “Em Defesa da Democracia e de Lula Livre”.

Está programado para este sábado, 21 de abril um ato contra a prisão do ex-presidente Lula. O ato acontece às 09:00 horas da manhã na Câmara de vereadores de Carinhanha, localizada na Praça dos Três Poderes.

“Movimentos como este, estão acontecendo em todo o país e mostra ao mundo de que não aceitaremos este forte ataque a democracia. O momento é resistência democrática em todo o país até que a justiça prevaleça e que Lula seja souto. Precisamos de Lula presidente, com a força do povo para que o Brasil volte a crescer justo e soberano”, disso professor Valdeci.

Acompanhe abaixo o vídeo

Justiça publica afastamento de Flávio Gomes do cargo de vereador.

Foi publicado nesta quinta-feira (19), decisão judicial proferida pelo juiz da 1ª Vara – Foro de Ribeirão Pires, juiz Walter de Oliveira Junior que determina o afastamento do vereador Professor Flávio Gomes (PPS) provisoriamente. Na decisão o magistrado reconhece possibilidade de demora em função que o processo tratar de interesse público e que o mesmo seguirá rito ordinário e que pode se estender em prazo próximo a dois anos.

“…Quanto ao perigo da demora, também se faz presente, uma vez que os autos tratam de interesse público. O processo seguirá o rito ordinário e durante o lapso temporal médio para sua conclusão (em torno de 02 anos)”…  

O processo é uma Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo onde ex-assessores do parlamentar o acusam de apropriação de parte de seus vencimentos.

Entre as justificativas para o afastamento, o juiz em decisão menciona que o afastamento “provisório do agente, busca o legislador fornecer ao juiz um importantíssimo instrumento com vistas à busca da verdade real, garantindo a verossimilhança da instrução processual. Busca-se enfim, propiciar um clima de franco e irrestrito acesso ao material probatório, afastando possíveis óbices que a continuidade do agente no exercício do cargo, emprego, função ou mandato eletivo poderia proporcionar.”

O juiz decretou ainda da indisponibilidade dos bens dos requeridos, com a expedição de ofício à Delegacia da Receita Federal, Oficiais de Registros de Imóveis desta Comarca e da cidade de Mauá, cadastro na Central de Indisponibilidade de bens, DETRAN e Banco Central. Pleiteou ainda a quebra do sigilo bancário e fiscal do réu, além da imediata busca e apreensão dos computadores e todos os documentos relacionados à vereança do réu Flávio existentes em poder da Câmara dos Vereadores, além de ofício para a Caixa Econômica Federal para remessa das microfilmagens dos cheques emitidos em nome de um dos acusadores, tendo como beneficiária Tânia Gomes da Silva”, irmã do vereador.

Segundo informou o presidente da Câmara, vereador Rubão Fernandes ao longo desta e da semana passada e reafirmado nesta quinta-feira, “A Câmara de vereadores de Ribeirão Pires ainda não foi notificada da decisão judicial, mas assim que recebermos convocaremos a assessoria jurídica da casa para analisar os caminhos a serem tomados para melhor cumprir a decisão judicial”.

A presidente ainda informou que o vereador “Flávio Gomes entrou em contato por telefone e informou que se encontra adoentado quadro depressivo e que encaminhará a Casa de leis um atestado médico”.

Flávio foi ausência notória nas duas sessões do parlamento. O edil, sempre assíduo, não compareceu em sessão de hoje, dia 19 e também na anterior, realizada no dia 12 de abril.

O edil não terá prejuízo de seus vencimentos enquanto durar o processo, mantendo o seu diploma de vereador eleito e a garantia legal de recorrer da decisão.

Caso não haja reversão no caso, e o presidência da Câmara de Ribeirão Pires seja notificada, deverá ser empossado imediatamente o primeiro suplente, Carlinhos Trindade (PPS).

Ribeirão contrata empresa para revitalizar sinalização, mas servidores públicos executam o trabalho. O contrato é de R$ 544.500,00.

A Prefeitura de Ribeirão Pires realizou processo licitatório, onde a empresa Portal Sinalização Viária Ltda – Epp saiu vencedora para a execução de revitalização da sinalização horizontal, sinalização vertical e semafórica, iluminação de faixa de pedestre e implantação de travessias elevadas na cidade. O valor do contrato é de R$ 544.500,00 tendo o referido contrato, início em 20 de março de 2018 e término em 19 de junho de 2018.

Contrariando o previsto no acordo selado que obriga a empresa Portal Sinalização Viária Ltda – Epp que deveria fornecer equipes de mão-de-obra, materiais e equipamentos, servidores da prefeitura municipal de Ribeirão Pires foram vistos realizando os serviços e também sendo transportados por veículo Kombi branca, ano 2006/2007, placas DBS 6852 de posse da municipalidade local. Após nossa a equipe do Caso de Política ser notada pelos servidores públicos de Ribeirão Pires, o paralisaram os serviços buscando esconderijo junto ao veículo oficial da prefeitura, na tentativa de se retirarem de cena.

Os servidores devidamente flagrados devidamente trajados com uniforme da Secretaria de Transportes e Trânsito realizando pintura em lombada na rua Eugênio Roncon, próximo a rua Manoel Simões, bairro Roncon.

Vale ressaltar que pelo contrato gerado pela licitação nº 0020/2018 a empresa Portal Sinalização Viária Ltda – Epp sediada na cidade de São Caetano do Sul, tem por obrigação revitalização da sinalização horizontal, sinalização vertical e semafórica, iluminação de faixa de pedestre e implantação de travessias elevadas bem como fornecer equipes de mão-de-obra, materiais e equipamentos.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran):

“A sinalização vertical é formada por placas, fixadas ao lado ou suspensas sobre a pista, que transmitem mensagens de perfil permanente. É classificada em três tipos, de acordo com sua função: Sinalização de Regulamentação, Sinalização de Advertência e Sinalização de Indicação.

Sinalização Horizontal se caracteriza por utilizar linhas, marcações, símbolos e legendas, pintados ou apostos sobre o pavimento das vias. São exemplos: Faixas de pedestres, linhas simples contínuas, dupla contínua, Contínua/Seccionada, setas indicativas”, dentre outras.

O blog Caso de Política publico em 13 de abril deste ano, matéria que retrata a baixa qualidades dos serviços que estão sendo executados (ver aqui).

No texto e imagens, pinturas sobre antigas faixas de pedestres, são feitas em asfalto rachado e esburacados. Um verdadeiro descaso com o dinheiro público. Os dados sobre os contratos estão disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura de Ribeirão Pires.

Projeto obriga cadastro de clientes de hotéis, motéis e pensões em Formosa do Rio Preto.

Os vereadores da Câmara Municipal Formosa do Rio Preto, aprovou durante sessão realizada na noite desta terça-feira (17), o Projeto de Lei no 002/2018 que torna obrigatório o registro de hóspedes nos hotéis da cidade.

Conforme expresso no parágrafo único do artigo 1 da lei: “Considera-se meios de hospedagem os empreendimentos ou estabelecimentos, independentemente de sua forma de constituição, destinados a prestar serviços de alojamento temporário, ofertados em unidades de frequência individual e de uso exclusivo do hóspede, bem como outros serviços necessários aos usuários, denominados de serviços de hospedagem, mediante adoção de instrumento contratual, tácito ou expresso, e cobrança diária”.

Ainda no texto legal, é grafado itens ao qual deve constar na ficha cadastral dos respectivos hóspedes, como segue ao final desta matéria jornalística.

Para a vereadora Manuela (PV), “O objetivo deste projeto é garantir a segurança de todos. Quantos tipos de violência já sofremos aqui na cidade vindo muitas vezes de pessoas de fora. Temos que evoluir, existem cidades menores na região que tem fluxo intenso de turista que já se utilizam desse método”, disse a parlamentar que parabenizou o Conselho Municipal de Segurança do Município e todo o setor hoteleiro que abraçou esta causa.

Acompanhe no vídeo, o pronunciamento da edil

Íntegra da Lei aprovada

Aécio Neves vira réu na Lava Jato por corrupção passiva e tentativa de obstruir a Justiça.

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) tornou réu, nesta terça-feira (17), o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Acusado de corrupção e obstrução da Justiça, Aécio é o primeiro integrante do PSDB réu na Operação Lava Jato e o primeiro político a ter denúncia aceita com base na megadelação dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da Holding J&F.

Por unanimidade, os ministros da turma tornaram Aécio réu por corrupção passiva. Já o crime de obstrução da Justiça, ficaram vencidos integralmente o ministro Alexandre de Moraes e parcialmente o ministro Marco Aurélio Mello, relator da ação contra Aécio na Corte.

Segundo a denúncia, Aécio solicitou a Joesley Batista, em conversa gravada pela Polícia Federal (PF), R$ 2 milhões em propina, em troca de sua atuação política em favor do grupo empresarial. O senador foi acusado dos crimes de corrupção passiva e tentativa de obstruir a Justiça.

Além do ministro Marco Aurélio, os ministros Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Rosa Weber votaram para tornar réu o senador tucano. Em seu voto, Barroso defendeu a abertura da ação penal e ressaltou que “no mundo de negócios lícitos empréstimos se fazem por transferência bancária ou no máximo por cheque. Nos dias de hoje ninguém sai por aí transportando pela estrada malas de dinheiro”.

Para Alexandre de Moraes, que discordou da maioria no que diz respeito à acusação de obstrução de Justiça, trata-se de uma “imputação genérica” contra o senador tucano. “Por mais absurda que tenham sido as gravações, algumas frases demonstram intenção, outras meras bravatas de poder, falso poder. Sejam bravatas ou intenções, ficaram aqui no mundo das intenções”, observou Alexandre, que antes de se tornar ministro da Justiça e do STF era filiado ao PSDB.

Também são alvos da mesma denúncia a irmã do senador, Andrea Neves, o primo dele, Frederico Pacheco, e Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), flagrado com dinheiro vivo. Todos foram acusados de corrupção passiva e, com a decisão desta terça-feira (17), se tornaram réus no inquérito que apura o caso.

“Recebeu R$ 2 milhões de Joesley Batista, quantia essa repassada por Ricardo Saud, representante do empresário, ao primo do senador Frederico Pacheco e a Mendherson. Em quatro parcelas. Importante frisar que a partir da segunda entrega tudo foi registrado em áudio e vídeo”, lembrou o procurador Carlos Alberto Coelho, que em nome da Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu a abertura de ação penal contra o senador.

A denúncia é baseada nas investigações da Operação Patmos, que resultou no afastamento temporário de Aécio do mandato e na prisão da irmã, do primo e do assessor parlamentar de Perrella. Imagens mostraram o momento em que o parente do senador recebeu o dinheiro de um emissário de Joesley. No STF, Aécio responde a oito inquéritos e uma ação penal.

Pedidos negados

Durante o julgamento, a defesa dos envolvidos tiveram todos os pedidos negados. Os ministros rejeitam a preliminar suscitada pelas defesas de que o caso deveria ser julgado pelo plenário porque a matéria envolve “nulidades ante a relação com gravações envolvendo presidente da República”.

Em outra questão, os ministros defenderam que os fatos investigados no inquérito, que envolve os quatro denunciados,  estão interligados e devem ficar no âmbito do STF, ao contrário do que pedia a defesa e do que queria o ministro Marco Aurélio. A defesa também pedia a nulidade do processo devido à participação do ex-procurador da República Marcelo Miller na negociação da delação da JBS. O pedido foi rejeitado.

Os advogados tentaram ainda pedir que os ministros declarassem a nulidade do processo sob o argumento de que o ministro Edson Fachin não era prevento para ter determinado as diligências iniciais no âmbito da delação da JBS, mas também foram frustrados. Fachin foi o relator inicial da ação.

Afastamento temporário

Em setembro do ano passado, por três votos a dois, a Primeira Turma do STF decidiu afastar Aécio Neves temporariamente do mandato. A decisão só foi revertida pelo plenário da corte, que devolveu o cargo ao senador. Na ocasião, votaram contra Aécio os ministros Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Rosa Weber. Foram contra o afastamento os ministros Alexandre de Moraes e Marco Aurélio Mello.

Entenda o caso

Veja abaixo a transcrição da conversa em que o senador, ainda presidente nacional do partido, foi gravado pedindo R$ 2 milhões ao dono da JBS, Joesley Batista. Em um dos áudios do diálogo, que durou cerca de 30 minutos, o tucano justifica que precisava pagar despesas com sua defesa na Operação Lava Jato e que por isso pediu o dinheiro.

O encontro entre Aécio Neves e Joesley Batista aconteceu no dia 24 de março, no Hotel Unique, em São Paulo. Na ocasião, Aécio citou o nome de Alberto Toron, como o criminalista que o defenderia. O dono da JBS, no entanto, diz não ter se surpreendido devido ao fato de que a irmã de Aécio, Andréa Neves, já havia feito menção ao advogado. O senador usa muitos termos chulos durante o diálogo.

Veja as transcrições:

Primeira parte:

“Tem que ser um que a gente mata eles antes dele fazer delação”

Joesley – Deixa eu te falar dois assuntos aqui, rapidinho. É… a tua irmã teve lá.

Aécio – Obrigado por ter recebido ela lá

Joesley – Tá… ela me falou de fazer dois milhões, pra tratar de advogado …primeira coisa, num dá pra ser isso mais. Tem que ser…

Aécio – É?

Joesley – Tem que ser. Eu acho pelo que a gente tá vendo tudo, pra mim e pra você… vai ser, a primeira coisa

Aécio – Por que os dois que eu tava pensando era trabalhar (no processo)

Joesley – Eu sei, aí é que tá

Aécio – …assim ó… toma não tem, pronto. Primeira coisa. Eu consigo […] que é pouco, mas é das minhas é das minhas lojinhas, que eu tenho, que caiu a venda pa caralho

Aécio – [Risos]

Joesley – É rapaz, isso aqui era setecentos, oitocentos.

Aécio – Como é que a gente combina?

Joesley – Tem que ver, você vai lá em casa ou…

Aécio – O FRED

Joesley – Se for o FRED eu ponho um menino meu pra ir. Se for você sou eu. [risos]. Só pra…

Aécio – Pode ser desse jeito… risos

Joesley – Entendeu. Tem que ser entre dois, não dá pra ser…

Aécio – Tem que ser um que a gente mata eles antes dele fazer delação [risos]

Joesley – [Risos] Eu e você. Pronto… ou FRED e um cara desses… pronto.

Aécio – Vamos combinar o FRED com um cara desse. Porque ele sai lá e vai no cara. Isso vai me dar uma ajuda do caralho. Não tenho dinheiro pra pagar nada. (…). Sabe porque eu tenho que segurar esse advogado. (…) Por que não tem mais, não tem ninguém que ajuda

Joesley – E do jeito que tá…

Aécio – Antes de ter mandado a ANDREA lá eu passei dez noites sem dormir direito. Falei não vou não porque o cara já me ajudou pra caralho. Mas não tem jeito, eu vou entrar numa merda dessa sem advogado?

Joesley – Você tá certo.

Aécio – Faz como?

Joesley – Pronto. O menino entre em contato com o FRED.

Aécio – O menino liga pro FRED. O FRED já sai de lá e já deixa na casa do cara e acabou.

Joesley – Pronto. Quinhentos por semana pá pá pá. Eu acho que eu consigo. A partir da semana que vem.

Aécio – Primeiro liga pro FRED

Joesley – Pronto, eles se acertam

Documento conclui: “Como se vê da transcrição, Joesley e o Senador Aécio Neves, numa reunião intermediada pela irmã do parlamentar, Andrea, que já havia sido a portadora da solicitação da vantagem indevida feita por seu irmão, acertam o pagamento de 2 milhões de reais, em quatro parcelas semanais, a serem recebidos por um intermediário, no caso, seu primo Frederico Medeiros (FRED)”.

 

Segunda parte:

“Ministro é um bosta de um caralho”

Aécio – Esses vazamentos, essa porra toda, é uma ilegalidade.

Joesley – Não vai parar com essa merda?

Aécio – Cara, nós tamos vendo (…) Primeiro temos dois caras frágeis pra caralho nessa história é o Eunício [Oliveira, presidente do Senado] e o Rodrigo [Maia, presidente da Câmara], o Rodrigo especialmente também, tinha que dar uma apertada nele que nós tamos vendo o texto (…) na terça-feira.

Joesley – Texto do quê?

Aécio – Não… São duas coisas, primeiro cortar o pra trás (…) de quem doa e de quem recebeu.

Joesley – E de quem recebeu.

Aécio – Tudo. Acabar com tudo esses crimes de falsidade ideológica, papapá, que é que na, na, na mão [dupla], texto pronto nãnã. O Eunício afirmando que tá com colhão pra votar, nós tamo (sic). Porque o negócio agora não dá para ser mais na surdina, tem que ser o seguinte: todo mundo assinar, o PSDB vai assinar, o PT vai assinar, o PMDB vai assinar, tá montada. A ideia é votar na… Porque o Rodrigo devolveu aquela tal das Dez Medidas, a gente vai votar naquelas dez… Naquela merda das Dez Medidas toda essa porra. O que eu tô sentindo? Trabalhando nisso igual um louco.

Joesley – Lógico.

Aécio – O Rodrigo enquanto não chega nele essa merda direto, né?

Joesley – Todo mundo fica com essa. Não…

Aécio – E, meio de lado, não, meio de leve, meio de raspão, né, não vou morrer. O cara, cê tinha que mandar um, um, cê tem ajudado esses caras pra caralho, tinha que mandar um recado pro Rodrigo, alguém seu, tem que votar essa merda de qualquer maneira, assustar um pouco, eu tô assustando ele, entendeu? Se falar coisa sua aí… forte. Não que isso? Resolvido isso tem que entrar no abuso de autoridade… O que esse Congresso tem que fazer. Agora tá uma zona por quê? O Eunício não é o Renan.

Joesley – Já andaram batendo no Eunício aí, né? Já andaram batendo nas coisas do Eunício, negócio da empresa dele, não sei o quê.

Aécio – Ontem até… Eu voltei com o Michel ontem, só eu e o Michel, pra saber também se o cara vai bancar, entendeu? Diz que banca, porque tem que sancionar essa merda, imagina bota cara.

Joesley – E aí ele chega lá e amarela.

Aécio – Aí o povo vai pra rua e ele amarela. Apesar que a turma no torno dele, o Moreira [Franco], esse povo, o próprio [Eliseu] Padilha não vai deixar escapulir. Então chegando finalmente a porra do texto, tá na mão do Eunício.

(…)

Joesley – Esse é bom?

Aécio – Tá na cadeira (…). O ministro é um bosta de um caralho, que não dá um alô, peba, está passando mal de saúde pede pra sair. Michel tá doido. Veio só eu e ele ontem de São Paulo, mandou um cara lá no Osmar Serraglio, porque ele errou de novo de nomear essa porra desse (…). Porque aí mexia na PF. O que que vai acontecer agora? Vai vim um inquérito de uma porrada de gente, caralho, eles são tão bunda mole que eles não (têm) o cara que vai distribuir os inquéritos para o delegado. Você tem lá cem, sei lá, 2.000 delegados da Polícia Federal. Você tem que escolher dez caras, né?, do Moreira, que interessa a ele vai pro João.

Joesley – Pro João.

Aécio – É. O Aécio vai pro Zé […]

[sobreposição de vozes]

Aécio – Tem que tirar esse cara.

Joesley – É, pô. Esse cara já era. Tá doido.

Aécio – E o motivo igual a esse?

Joesley – Claro. Criou o clima.

Aécio – É ele próprio já estava até preparado para sair.

Joesley – Claro. Criou o clima.

Vanessa Damo assume a Secretaria de Relações Institucionais de Mauá.

O prefeito Atila Jacomussi (PSB) deu posse, nesta terça-feira (17), a ex-deputada Vanessa Damo (MDB) como a nova Secretária de Relações Institucionais de Mauá. A cerimônia aconteceu na sede do Paço municipal e contou com a presença de diversas autoridades e políticos da região do ABC Paulista, entre eles o vereador de Ribeirão Pires Amigão D’orto (PTC).

Vanessa já era especulado para assumir um posto no governo Mauaense desde o final do ano passado e a decisão ocorreu após Atila consultar aliados mais próximos, a exemplo de seu pai, o vereador Admir Jacomussi e demais vereadores de sua bancada de sustentação no parlamento municipal.

Vereador de Ribeirão Pires, Amigão D’orto (PTC) acompanhou a posse de Vanessa Damo como Secretária de Relações Institucionais de Mauá

Vanessa Damo tem 36 anos, foi deputada estadual em São Paulo (a mais jovem da legislatura 2007-2010) e terceira secretária da mesa diretora da Assembleia Legislativa de São Paulo (2007-2009). Enquanto deputada, Vanessa era tida na região do ABC como a parlamentar que mais destinava emendas para a região.

Filha da atual Vice-Prefeita da cidade, Alaíde Damo e de Leonel Damo e do ex-prefeito de Mauá na gestão 2005-2008, é formada em Desenho Industrial pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo.

Antes de ser deputada, fora vereadora, eleita em 2004, aos 23 anos, com 6.020 votos (a mais votada da história de Mauá até então.

Como missão, a Secretaria de Relações Institucionais estabelece comunicação entre o município, a Câmara de Vereadores, organizações governamentais e não-governamentais e representantes da sociedade civil e deve amplia a capacidade de articulação, implementando políticas de fortalecimento das ações do Poder Executivo para a atender os interesses dos munícipes.

Donisete Braga toma café da manhã com vice prefeito de Ribeirão Pires

O ex-prefeito de Mauá, Donisete Braga, de passagem por Ribeirão Pires tomou café da manhã o vice-prefeito de Ribeirão Pires. Donisete Braga, militante histórico do Partido dos Trabalhadores (PT), tendo sido eleito para quatro mandatos consecutivos como deputado estadual por São Paulo. Em 2012 foi eleito pela mesma agremiação, prefeito de Mauá. Concorreu a reeleição sendo derrotado por Atila Jacomussi.

Donizete Braga disse ao Caso de Política que pleiteará cadeira no parlamento Federal pelo PROS – Partido Republicano da Ordem Social.

Sobre o teor da conversa com o vice-prefeito de Ribeirão Pires, Braga disse “que o encontro foi casual, de que está de passagem pela cidade articulando apoios, e que Gabriel Roncon (PTB), é pessoa de sua estima.

A dupla de políticos, acompanhada pelo irmão de Donisete, comeram pão com manteiga na chapa e tomaram pingado em uma tradicional padaria de Ribeirão Pires na manhã desta terça-feira (17).

Vereador Amaury Dias solicita polo da Univesp em Ribeirão Pires.

Garantir acesso amplo e gratuito aos ribeirãopirenses ao ensino superior, pelo sistema EAD (Educação a Distância), é o objetivo do vereador Amaury Dias (PV). Na última quarta-feira (11), o parlamentar participou de audiência na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado para as tratativas da implantação de um Polo de Estudos da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP) em Ribeirão Pires.

Requerimentos foi encaminhado ao executivo municipal. O documento também foi apresentado à presidência da Univesp, ao deputado estadual André do Prado e na Câmara Municipal de Vereadores onde teve aprovação e apoio unânime de todos os vereadores.

“Um polo da Univesp para Ribeirão Pires foi o motivo da minha audiência com o diretor administrativo da instituição, Ricardo Bocalon, e com o vereador Amaury Dias. Desde que conversei com o vereador sobre este projeto, tenho trabalhado para que se torne realidade para as pessoas. Na atualidade, as pessoas que querem estudar precisam ir a outras cidades do Grande ABC. Queremos que isso mude e que possam graduar-se estudando em casa. O secretário municipal de Assuntos Estratégicos, João Mancuso também acompanhou o encontro”, disse o deputado Estadual André do Prado.

“Estamos trabalhando a muito tempo em busca desta conquista, e hoje vejo que estamos muito próximos deste objetivo. Acreditamos que implantar uma Universidade Estadual, será um importante marco no desenvolvimento tecnológico de nossa cidade. Agradeço ao Deputado Estadual André do Prado e ao Prefeito Kiko, que acreditaram em nosso objetivo e estão trabalhando por esta conquista”, defendeu Amaury em sua solicitação.

No vídeo ao final desta matéria, o diretor administrativo da instituição, Ricardo Bocalon disse que: “em breve Ribeirão Pires terá a Univesp, Universidade Virtual do Estado de São Paulo”.

Para a instalação de um polo da Univesp no município é necessária uma infraestrutura física e tecnológica, além de pessoas para suporte e a orientação dos alunos no desenvolvimento dos projetos pedagógicos de cada um dos cursos da instituição.

Atualmente a Univesp possui cem pontos instalados com cursos semipresenciais e 38 convênios com municípios.

A UNIVESP – Universidade Virtual do Estado de São Paulo oferece os cursos: Engenharia de Computação, Engenharia de Produção, Licenciatura em Biologia, Licenciatura em Física, Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Química, Pedagogia e Tecnologia em Gestão Pública.

Eleição muda mapa do poder: PSB cresce nos estados, PSDB encolhe e PT perde sua única capital.

A mudança no controle de seis estados por causa do calendário eleitoral redesenhou o mapa do poder. Com o fim do prazo para que chefes do Executivo renunciem ao mandato para concorrer a outros cargos, no último dia 7, dois partidos ampliaram suas fronteiras: o PP, que herdou o Paraná, e o PSB, que ganhou São Paulo e Rondônia. Já o PSDB, com duas baixas, inclusive o maior colégio eleitoral do país, e o MDB, com uma, encolheram.

A paranaense Cida Borghetti e o paulista Márcio França assumiram o comando estadual graças à saída dos tucanos Beto Richa e Geraldo Alckmin, pré-candidatos ao Senado e à Presidência, respectivamente. Os novos titulares são candidatos à reeleição. Embora não tenha herdado qualquer governo, o PSDB preservou Goiás, mesmo com a saída de Marconi Perillo, já que o seu vice e candidato à sucessão, José Eliton, também é do partido.

No saldo final nos estados, o MDB, do presidente Michel Temer, ficou com uma unidade federativa a menos. Herdou Santa Catarina, com a ascensão de Eduardo Pinho Moreira, mas perdeu Rondônia e Sergipe com as renúncias de Confúcio Moura e Jackson Barreto. Assim como o ex-governador Raimundo Colombo (PSD-SC), Confúcio e Jackson renunciaram ao governo para disputar o Senado.

Em quatro capitais também houve dança das cadeiras. Com pouco mais de um ano de mandato, João Doria (PSDB) renunciou à prefeitura da maior cidade do país para tentar o governo paulista. Em seu lugar ficou o também tucano Bruno Covas.

Sem capital

Pela primeira vez desde 1988, o PT não administra uma capital estadual. O petista Marcus Alexandre abriu mão da prefeitura de Rio Branco para disputar o governo do Acre. O partido do ex-presidente Lula foi o grande derrotado das últimas eleições municipais. No lugar de Marcus entrou Socorro Nery, do PSB. Carlos Eduardo (PDT) passou o comando de Natal para Alvaro Dias (MDB). Carlos Amastha (PSB) cedeu a vaga à tucana Cinthia Ribeiro. Os dois também vão disputar o governo de seus estados.

Com Cinthia, o PSDB subiu seu domínio para oito capitais e se consolidou como a sigla que mais controla cidades desse porte. O MDB vem atrás com cinco. PSB tem três e o PSD, duas. DEM, PCdoB, PDT, PHS, PMN, PPS, PRB e Rede comandam uma capital cada. Na Câmara, após o troca-troca da janela partidária, o PT retomou do MDB o posto de maior bancada, segundo levantamento do portal Congresso em Foco. O partido do presidente Michel Temer foi o maior perdedor com as mudanças.

Veja quem saiu e quem entrou no comando dos estados:

Vereador Edmar fala sobre grave situação na saúde de Ribeirão Pires.

“Eu batalho muito pela Saúde. Estamos desde o ano passado para arrumar as ambulâncias com consertos e de conseguir algumas novas”.

Segundo o parlamentar Edmar Oldani (PV), “existem seis ambulâncias na cidade, mas não temos motorista e enfermeiros hoje”.

“Estamos atrás de deputado para solicitar emendas. Fui na UPA atendendo ao chamado de uma pessoa para conferir a situação. Eu não sei o que houve, tinha uma empresa destinada a isto e é isto o que está acontecendo. Batalhamos, batalhamos, batalhamos para que tivéssemos ambulância e hoje temos, mas a coisa não está funcionando”.

Segundo ainda o vereador: “Tenho algumas denúncias, tenho algumas fotos que está o motorista dirigindo e a pessoa enferma atrás sem se quer um enfermeiro. Então estou fazendo um requerimento de informações dirigido a secretária de Saúde para ela nos dizer que pode ser feito o mais rápido possível, muito obrigado”.

O pronunciamento do vereador Edmar Oldani aconteceu na última sessão da Câmara de vereadores de Ribeirão Pires ocorrida na quinta-feira, 12 de abril.

Embaixador da Rússia: ataque dos EUA na Síria terá consequências.

Agência Sputinik – As ações empreendidas hoje na Síria terão consequências, e a responsabilidade total recai sobre os Estados Unidos, o Reino Unido e a França, disse o embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, em um comunicado após o ataque.

“As piores apreensões se tornaram realidade. Nossos alertas não foram ouvidos. Um cenário premeditado está sendo implementado. Novamente, estamos sendo ameaçados. Advertimos que tais ações não serão deixadas sem consequências”, disse Antonov na sexta-feira.

Presidente dos EUA, Donald Trump, discursa em Ohio, em 29 de março de 2018
© AP PHOTO / PABLO MARTINEZ MONSIVAIS

“Toda a responsabilidade cabe a Washington, Londres e Paris”, disse o diplomata.Na noite de sexta-feira, Trump disse um ataque estava em andamento, em resposta ao suposto ataque químico em Douma, que Damasco e Moscou negam.

Os analistas estão intrigados com a lógica da decisão de Trump de enfrentar o “assassino Assad” com chuva de explosivos na Síria, matando sírios.

As cidades de Damasco, Homs, uma instalação de pesquisa em Barzeh foram supostamente atacadas durante as operações militares dos EUA, Reino Unido e França.

França confirma também ter atacado a Síria.

Sputinik – O gabinete do presidente francês, Emmanuel Macron, confirmou por meio de nota que a França atacou o território sírio, em parceria com os Estados Unidos e Reino Unido.

De acordo com Macron, os bombardeios na Síria visam “arsenais de armas químicas do regime [de Bashar Assad]”.

A primeira-ministra britânica também confirmou os ataques e disse que os ataques não se tratam de uma tentativa de mudar o regime.

“Trata-se de um ataque limitado e direcionado que não agrava ainda mais as tensões na região e faz que faz todo o possível para evitar mortes de civis”, disse May em um comunicado.

Inglaterra também anuncia ataque à Síria.

Da Agência Sputinik – A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse que autorizou as forças britânicas a realizar ataques de precisão contra a Síria para destruir arsenais de armas químicas.

“Não se trata de intervir em uma guerra civil. Não se trata de mudança de regime”, disse May em um comunicado.

“Trata-se de um ataque limitado e direcionado que não agrava ainda mais as tensões na região e faz que faz todo o possível para evitar mortes de civis”.

O ataque foi realizado em parceria com os Estados Unidos e a França.

Trump ataca a Síria e pode ter começado a terceira guerra mundial.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidiu atacar a Síria, sob a alegação não comprovada de uso de armas químicas, no que pode ter sido o início da Terceira Guerra Mundial. Como a intervenção norte-americana na Síria, que matou 450 mil pessoas e deixou 10 milhões de refugiados, foi barrada pela Rússia, os Estados Unidos partiram para um ataque surpresa, nesta noite. Antes disso, a Rússia já havia avisado que iria derrubar mísseis norte-americanos e que poderia haver uma guerra entre as duas maiores potências nucleares. Abaixo, reportagem da Sputinik:

Agência Sputinik – O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou neste sexta-feira que deu ordens para ataques aéreos de precisão na Síria.

“Uma operação combinada com as forças armadas da França e do Reino Unido está em andamento”, disse o presidente Trump em rede nacional na noite desta sexta-feira.

“O presidente Trump aprovou ataques militares dos EUA na Síria”, disse o repórter do Pentágono, Lucas Tomlinson, citando um funcionário do governo.

EUA, Reino Unido e França prometeram esta semana uma “resposta internacional” contra o presidente sírio, Bashar Assad, pelo suposto uso de armas químicas em Douma.

As defesas aéreas sírias foram ativadas e “explosões” foram ouvidas em Damasco.

Analista avalia possíveis medidas de retaliação da Rússia em caso de ataque contra Síria

A mídia norte-americana listou alvos que poderiam ser atingidos na Síria. O especialista Boris Dolgov comentou ao serviço russo da Rádio Sputnik sobre uma possível resposta da Rússia.

Os EUA consideram oito alvos na Síria, informou o canal de televisão norte-americano CNBC, citando fontes seguras.

A lista de oito alvos potenciais inclui dois aeródromos militares, um centro de pesquisa e uma empresa supostamente relacionada à produção de armas químicas. A fonte não especificou a localidade dessas instalações no território da Síria.

British Union flag waves in front of the Elizabeth Tower at Houses of Parliament containing the bell know as Big Ben in central London
© AP PHOTO / MATT DUNHAM
Mais de 60% dos cidadãos do Reino Unido preferem que Parlamento vote intervenção na Síria

O interlocutor também informou ao canal de TV, que o comando da Força Aérea da Síria redistribui aeronaves para aeródromos onde a Força Aérea Russa está baseada, na expectativa de que os EUA não ataquem as instalações russas.Dados de monitoramento da aviação militar, publicados pelo Mil Radar em sua conta do Twitter, mostram que no último sábado (7), aeronaves militares norte-americanas realizaram missões de reconhecimento no leste do Mediterrâneo, na costa da Síria, onde estão localizadas a base aérea russa em Hmeymim, e a base naval russa em Tartus.

Trata-se de seis aviões de patrulha antissubmarino P-8A Poseidon da Força Aérea dos EUA e da aeronave de reconhecimento eletrônico EP-3E ARIES II, que decolou da base na ilha grega de Creta.

Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca, disse que o presidente dos EUA, Donald Trump, ainda não tomou uma decisão final sobre a resposta ao suposto ataque químico na Síria.

“Continuamos analisando os dados da inteligência e interagindo com nossos parceiros”, disse Sanders.

Por sua vez, o secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, também comentou que ainda não foi definido o ataque contra a Síria.

Anteriormente, Valery Gerasimov, chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia, advertiu que o sistema de defesa antiaérea russa abateria mísseis norte-americanos e seus portadores, se houver uma ameaça à vida dos militares russos na Síria.

O especialista em ciências políticas, Boris Dolgov, falou ao serviço russo da Rádio Sputnik que a mídia ocidental já publicou uma série de cenários alternativos de ataque à Síria.

Ataque com mísseis dos EUA contra base aérea na Síria
U.S. NAVY / FOTOS PÚBLICAS
Ataque contra Síria é uma questão de tempo, mas EUA avisarão Rússia, opina analista

“Foi relatado sobre um possível ataque de mais de 20 alvos na Síria, incluindo instalações militares e empresas associadas à indústria química militar. E esta é a segunda opção, a primeira é um impacto mais local, especialmente nas bases aéreas da Síria, de onde decolaram (ou poderiam decolar) as aeronaves envolvidas no bombardeio de locais em Ghouta Oriental, onde, como alegam, teriam sido usadas armas químicas. E há mais outra opção, em que são atingidos não apenas alvos militares, mas também os distritos governamentais de Damasco, onde se encontram os representantes russos. Esta é a mais perigosa opção que gerará uma resposta imediata da Rússia e poderá levar a um conflito de grande escala”, comentou Dolgov.

Ele observou que a reação da Rússia dependerá da opção que será eventualmente adotada pelos EUA.

“As medidas de retaliação podem ser diferentes. Podem ser as ações da Força de Defesa Aérea da Síria e da Força Aérea Russa para destruir mísseis de cruzeiro lançados contra os alvos sírios — porque, provavelmente, os norte-americanos usarão mísseis de cruzeiro. Esses mísseis podem ser lançados de várias instalações localizadas no mar e no ar. E neste caso, seria lógico supor que, no caso de um ataque, as aeronaves de combate norte-americanas não estarão no espaço aéreo sírio, mas em espaço neutro ou no espaço aéreo de um dos países vizinhos. Em qualquer caso, os mísseis serão destruídos. Além disso, podem ser destruídos também os portadores, aeronaves e navios. O comando russo advertiu que, sob certas condições, isso será feito. Sem dúvida, os norte-americanos levarão isso em consideração e acredito que não chegará até esse ponto”, conclui analista.

O aumento de tensão em torno da Síria ocorreu no âmbito de relatórios sobre o uso de armas químicas na cidade de Douma, mas o Centro Russo para a Reconciliação na Síria negou todas as informações sobre o uso de tais armas no leste de Ghouta Oriental. Os especialistas da organização visitaram o local do suposto ataque e não encontraram nenhum vestígio tóxico.

Projeto que prevê treinamento contra engasgo de bebês é aprovado em primeira votação.

O Projeto de Lei nº 008/2018 de autoria do vereador Anselmo Martins (PR) foi aprovado em primeira votação por todos os vereadores de Ribeirão Pires. Muito elogiado, a iniciativa prevê que hospitais e maternidades do município de ribeirão Pires ofereçam aos pais e responsáveis por recém-nascidos, treinamento, orientação para primeiros socorros em caso de engasgamento, aspiração de corpo estranho e prevenção de morte súbita.

“Infelizmente o caso é muito comum. Tenho um amigo que já passou por essa situação e a criança veio a óbito. Policiais e socorristas recebem treinamento para estes tipos de ocorrência, mas, cada segundo é importante para se manter a vida dessas crianças”, disse o vereador, autor da Proposta legislativa.

Superada essa primeira votação, O Projeto de Lei segue agora para uma análise e votação do parlamento municipal que está prevista para acontecer na próxima quinta-feira, 19 de abril, às 14 horas no Plenário da Câmara de vereadores de ribeirão Pires.

Acompanhe abaixo a defesa feita pelo vereador Anselmo Martins em favor da aprovação de seu projeto.

Prefeitura de Ribeirão contrata empresa por mais de R$ 540 mil para revitalização de sinalização de trânsito.

Prefeitura da Estância vai pagar R$ 544.500,00 para empresa pintar faixas de pedestres, lombadas e revitalizar outras sinalizações de trânsito

A prefeitura de Ribeirão Pires iniciou trabalho de pintura de faixas de pedestres nas vias e ruas da cidade. Com pouco mais de 15 dias, as poucas faixas pintadas na cidade já apresentam desgastes nas pinturas que foram realizadas recentemente em asfalto com trincas e buracos.

A Empresa contrata em pelo Contrato 84 na modalidade pregão é a Portal Sinalização Viária Ltda.- EPP, que para realizar revitalização da sinalização horizontal, sinalização vertical e semafórica, iluminação de faixa de pedestre e implantação de travessias elevadas receberá R$ 544.500,00. A vigência do contrato é de 20 de março de 2018 à 19 de junho do mesmo ano.

Na rua Pedro del Corto, a pintura foi feita em asfalto fachado com tinta contornado buracos

Um bom exemplo de descaso, fina na rua Pedro del Corto, esquina com a avenida Francisco Monteiro, altura do número 1.300, uma faixa pintada recentemente apresenta buracos contornados pela tinta e diversas rachaduras.

Diversas lombadas estão sem pintura e em péssimo estado e se deteriorando

Na realidade, o que era para elevar nível de segurança de pedestres e condutores de veículos, promover acessibilidade à idosos, portadores de necessidades especiais, se caracteriza como um grande desperdício de dinheiro público onde significativas cifras são despejadas no ralo da ineficiência.

No último dia 11 de março (quarta-feira), a administração municipal realizou a “Operação Ribeirão Segura”, onde profissionais do departamento de Trânsito, Guarda Civil Municipal e Polícia Militar realizaram mais de 90 autuações e o recolhimento de três veículos ao Pátio municipal.

Segundo a Prefeitura, “as autuações são uma forma de chamar a atenção dos condutores para a necessidade do cumprimento à legislação nacional de trânsito. Usar o cinto de segurança ou o celular somente com o veículo estacionado, por exemplo, salvam vidas”.

Dessa forma, sem cumprir a legislação de trânsito, a prefeitura promete realizar novas operações neste mesmo sentido e já se prepara para o maio amarelo, mês tido como mês da consciência e prevenção de acidentes no trânsito.

Nota de repúdio: O blog Caso de Política repudia a ameaça de morte contra jornalista.

O blog Caso de Política vem manifestar publicamente o seu profundo repúdio à ameaça de morte em que sofreu o jornalista Rogério Júnior do site RP de Fato na madrugada desta sexta-feira (13), através de um perfil do Facebook.

Para o blog Caso de Política, a ameaça se constituir em crime grave contra a liberdade individual e ao direito da informação. Episódios como esse representam um atentado à vida humana, ao jornalismo, ao direito de informar, de receber informação e à sociedade como um todo.

Casos como estes não são raros, assim como já foi registrado por este veículo. Ver aqui e aqui

Portanto, o blog Caso de Política vem se solidarizar com o colega Rogério Júnior e reafirmar publicamente a defesa incondicional do direito à informação livre, comprometendo-se sempre em envidar esforços contra este e qualquer outro tipo de violência.

 

Luís Carlos Nunes

Blog Caso de Política

Câmara de Ribeirão Pires homenageará Jornalistas em sessão solene nesta sexta-feira (13).

Jornalista serão homenageados, hoje, 13 de abril, durante sessão solene na Câmara Municipal de Ribeirão Pires.

A proposta de realização da sessão solene é de autoria do vereador Rogério Luiz (PSB) e foi aprovada pelos camaristas por unanimidade.

A sessão acontece dois dias após flagrante desrespeito por parte do vereador de Rio Grande da Serra, Jhol Jhol (PSB) quando o mesmo proferiu palavras de depreciação ao jornalista Rogério Júnior em pleno exercício de sua atividade. Na madrugada desta sexta-feira o jornalista recebeu ameaça de morte anônima.

O ato de galardão por reconhecimento de relevantes serviços aos Jornalista acontece nesta sexta-feira, 13 de abril, no plenário da Câmara de Vereadores da Estância Turística de Ribeirão Pires, situado na rua João Domingues de Oliveira, 12 – centro, às 19:00 horas.

Vereador Amaury Dias faz avaliação de seu mandato em Ribeirão Pires.

O vereador Amaury Dias (PV) vem ampliando o seu canal de comunicação com a população. O parlamentar tem feito de seu gabinete um verdadeiro espaço democrático e também acessível a toda a população do município.

“Um político colocar o seu mandato a disposição da população é questão básica. Com o apoio de minha assessoria temos desde o início do mandato, páginas no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube e recentemente desenvolvemos também um site do mandato para aproximar ainda mais a população. Mas mesmo com todos esses canais de comunicação, não deixamos de receber pessoalmente o cidadão no gabinete ou mesmo de realizar visitas nos bairros”, disse Amaury.

Segundo o vereador, frutos positivos estão sendo colhidos. “Estou em meu primeiro mandato como vereador em Ribeirão Pires. Tive um primeiro ano de muito aprendizado e muitas dificuldades. Passado esse primeiro ano, sinto que o meu mandato de vereador amadureceu e conseguimos ampliar o nosso trabalho”, argumentou.

Justificando a sua fala, o parlamentar disse que no ano de 2017, somados os meses de fevereiro, março e abril, foram apresentados 34 documentos na Câmara solicitando melhoria na cidade, sempre ouvido as reivindicações do povo. No mesmo período de 2018, o gabinete do vereador Amaury Dias expediu 46% a mais que no ano anterior.

Questionado sobre o principal Projeto foi defendido por seu mandato, o vereador Amaury respondeu: “Essa é uma pergunta muito difícil de responder. Sempre ouvindo a população e técnico em diversas áreas, presentamos projetos em diversos setores. Meio ambiente, saúde, emprego, além de indicações de execução de serviços nos diversos bairros de Ribeirão Pires. Talvez um que tenha um pouco mais de relevância, seja a indicação que pede a instalação da Universidade Estadual na cidade. Acredito que a educação e o conhecimento sejam os maiores bens que uma pessoa possa ter”, disse.

“Estamos trabalhando com seriedade, reconheço que haja pontos a ser melhorado no mandato, para tanto peço que entrem em contato com o mandato através das redes sociais ou pessoalmente em nosso gabinete, desta forma queremos fazer um mandato cada vez mais próximo da realidade do povo e antenado nas necessidades de toda cidade

Para saber mais sobre o vereador Amaury Dias, clique aqui.

Defensor-geral destaca o papel da Defensoria no acesso à justiça durante visita à Formosa do Rio Preto.

O defensor público geral, Clériston Cavalcante de Macêdo, na tarde desta segunda-feira (9), ministrou a palestra “Justiça: direito de todos, dever do Estado”, como parte das ações da visita da Unidade Móvel à cidade. O evento palestra contou com a presença de estudantes de Direito, policiais militares, professores, advogados, vereadores, secretários e servidores municipais

Durante o bate-papo, o defensor-geral destacou o artigo 134 da Constituição Federal de 1988, que determina a função da Defensoria Pública como instituição permanente e essencial à justiça. “Na Bahia, a Defensoria Pública foi instalada em 1985, através da Lei Estadual nº 4658/85. Nosso trabalho é garantir os direitos dos cidadãos em situação de vulnerabilidade e que não têm condições financeiras de pagar um advogado. Muitas vezes, fazer justiça é muito mais que ajuizar uma ação: nós buscamos a mediação e conciliação dos conflitos e caminhamos rumo à resolução extrajudicial dos casos”, explicou o defensor-geral, que também falou do seu papel como presidente do Colégio Nacional de Defensores Públicos Gerais – Condege – e da Defensoria Pública no exterior: “a Defensoria já tem uma atuação interamericana e, agora, se expande para a Europa”.

Ainda durante o encontro, o defensor público geral falou sobre o projeto de interiorização da Defensoria baiana, os desafios e o trabalho da Unidade Móvel. “Já fui defensor público no interior e sei que a realidade é diferente da capital. O projeto da Unidade Móvel nasceu desta vontade de levar a Defensoria para os rincões mais distantes de Salvador, a exemplo desta nossa vinda para Formosa do Rio Preto”, destacou Clériston Cavalcante de Macêdo.

Sem medir esforços

“Realmente, a Defensoria não mede esforços e nem quilometragem para garantir os direitos de todos os cidadãos e essa escolha por Formosa do Rio Preto comprova isso. Que esta sua garra e sua força inspirem os demais defensores públicos e todo o mundo. É dessa busca por justiça que precisamos”, falou a vereadora Manuela da Saúde (PV) durante a palestra.

Segundo ainda a parlamentar que aproveitou para saber mais sobre os seus direitos. “Ficou bem claro qual o papel da Defensoria Pública e como ela pode nos auxiliar e o quanto temos direitos e, muitas vezes, nem sabemos”, concluiu.

A Unidade Móvel da Defensoria permaneceu em Formosa do Rio Preto nos dias 09 e 10 na Praça Dr Altino Lemos Santiago, no centro da cidade.

Amigão D’orto amplia em 25% a sua atuação em 2018.

Segundo informações prestadas pela assessoria do vereador Amigão D’orto (PTC), “o mandato cresceu aproximadamente 25% em sua atuação parlamentar”.

Segundo os dados, no ano de 2017 no período de janeiro a 30 abril, a soma de todos os documentos apresentados foi de 116 divididos entre projetos de Leis, requerimentos de informação, indicações. Já neste primeiro quadrimestre de 2018 (01 de janeiro à 12 de abril), foram 144.

“Estamos mantendo um ritmo acelerado de trabalho, realizando visitas aos diversos bairros da cidade, ouvindo as demandas da população e encaminhando ao poder executivo para que o mesmo faça os atendimentos. Se compararmos anos de 2017 e 2018 temos um acréscimo de 25% nos encaminhamentos, produção legislativa e atendimentos à população”, esclareceu o vereador Amigão que lamenta não ter todas a solicitações prontamente atendidas pelo executivo municipal.

Segundo ainda o parlamentar, “o trabalho vai continuar e as cobranças serão sempre direcionadas ao Paço que tem a responsabilidade de realizar e executar os serviços. Como vereador estamos fiscalizando a ações da administração municipal com vista a contribuir com o desenvolvimento de Ribeirão Pires”, concluiu.

Zé Carlos assume vaga de vereador na câmara de Rio Grande da Serra.

Zé Carlos (PR) foi empossado como vereador de Rio Grande da Serra nesta quarta-feira (11) durante sessão da câmara.

Jose Carlos Pereira dos Anjos tem 44 anos, é nascido e criado em Rio Grande da Serra, bacharel em direito, possui expressiva experiência política onde já exerceu cargo de assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo entre os anos de 1994 e 1998, trabalhou no setor administrativo da secretaria de saúde de Rio Grande e foi chefe do setor de ambulâncias. Trabalhou na secretaria de Ação Social do município, foi diretor por duas vezes da câmara municipal de Rio Grande da Serra.

Nas eleições de 2016, concorrendo a uma cadeira no parlamento municipal, Zé Carlos obteve 500 votos ficando na primeira suplência. Com o pedido de Licença do vereador Maciel da Padaria que assumiu o comando da secretaria de Esportes, Zé Carlos foi investido no cargo de vereador.

Da tribuna, em seu discurso de posse, o edil renovou o seu compromisso com o desenvolvimento da cidade ao mesmo tempo em que colocou o seu mandato a disposição da população de Rio Grande da Serra.

Acompanhe abaixo, o pronunciamento do vereador Zé Carlos.

Jhol Jhol admite ser dono de página que denegria Maranhão em período eleitoral.

Um fato lastimável ocorreu durante a sessão na Câmara de vereadores de Rio Grande da Serra nesta quarta-feira (12).

O vereador Jonathan Rago (PSD), popular Jhol Jhol, no uso da Tribuna, visivelmente contrariado com proposta apresentada pelo vereador Clauricio Bento (DEM) que pretende criar no município o dia do jornalista e dos profissionais de imprensa, visivelmente desequilibrado, disparou duras palavras contra representantes da imprensa.

Jhol Jhol, antecipando o seu voto, por se sentir perseguido e se colocando na condição de vítima de Fake News (notícia falsa) por parte de jornalistas que  disse que não votaria favorável ao projeto e que não apoiaria politicagem apresentando emenda de R$ 250 mil enviada pelo deputado Federal Goulart e que também foi o autor de solicitação de emenda de mais de R$ 1 milhão de reais na cidade.

O vereador Clauricio Bento, ocupou a tribuna ao mesmo tempo em que o presidente da Casa João Mineiro solicitou para que Jhol Jhol, na condição de vice-presidente assumisse a condução da sessão. O que foi feito.

Clauricio iniciou sua fala lamentando a postura de Jhol Jhol. E apresentou versão sobre a origem da emenda de mais de R$ 1 milhão que está sendo utilizada para serviços em vielas do município.

“Lamentável, uma fala de um jovem vereador neste sentido! Lamentável um vereador se apropriar de uma verba de R$ 1 milhão que foi assinado na legislatura passada e esse vereador nem estava aqui e ele fala que foi mandado a ele!”

Jhol Jhol sem o menor trato parlamentar, tentou interromper a fala do orador

“Eu tenho documento”, disse o presidente em exercício.

Cobrando respeito e com o dedo em ‘riste’, Clauricio disse: “Eu quero que o senhor não me interrompa”.

A discussão se instalou com falas de ambos os lados.

Jhol Jhol foi chamado de burro ao demonstrar desconhecimento do regimento interno ao não apresentar o tempo previsto a que tem direito um parlamentar na tribuna. Ele ainda aos gritos exaltava a sua condição de presidente tentando impor censura a fala de Clauricio.

No debate acalorado, Jhol Jhol assumiu a titularidade da página do Facebook “Boca no Trombone” que durante todo o período eleitoral de 2016, anonimamente disseminou duros ataques ao prefeito Gabriel Maranhão.

O tema “fake news” é objeto de intensos debates no meio acadêmico e jurídico nacional e está sendo tratado com muito afinco no Tribunal Superior Eleitoral na busca de coibir e criminalizar os práticas de veiculação de notícias falsas nas redes sociais.

Acompanhe abaixo o episódio