Combustíveis: Setembro inicia com novo aumento de gasolina e diesel.

Os preços dos combustíveis em todo o país terão mais um aumento. A Petrobrás comunica que irá elevar os valores do diesel em 0,8% e da gasolina em 4,2% nas refinarias a partir de 1º de setembro. É o maior reajuste feito pela estatal desde o início de julho, quando estabeleceu uma política que permite reajustes diários, caso necessário.

Essa elevação nos preços acompanha a disparada na cotação internacional, causada pelo furacão Harvey nos Estados Unidos. Os moradores de regiões próximas ao Texas vêm enfrentando falta de combustível depois que um dos maiores oleodutos do sudeste norte-americano teve que interromper as operações. A gasolina ficou 15% mais cara naquele país e pode subir ainda mais.

A consultoria Datagro disse à agência Reuters que a Petrobrás já operava com preços mais de 7% abaixo dos praticados no mercado internacional. Com o aumento dos valores no exterior, a estatal não teve escolha e aplicou o reajuste. A empresa já havia anunciado uma elevação de 0,5% no preço do diesel e de 2,5% no da gasolina a partir de hoje (31).

Além da nova política que permite à Petrobrás reajustar os valores de acordo com o mercado internacional, os brasileiros tiveram de lidar com o aumento nos impostos de PIS e Cofins sobre os combustíveis. Apesar das liminares que impediram a elevação das taxas, o governo conseguiu derrubá-las. A medida irá ajudar a equilibrar as contas públicas, porém a gasolina foi de R$ 0,38 para R$ 0,79 por litro.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply