Demóstenes: 2 meses na flauta e r$ 84 mil no bolso


Amigo do contraventor Carlinhos Cachoeira, procurador e ex-senador cassado foi novamente afastado por mais 60 dias pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) mantendo salário bruto mensal de R$ 42.129,32 entre vencimento efetivo, ajuda de custo e penduricalhos. O CNMP já concedeu ao procurador o instituto da vitaliciedade, que garante a ele como punição máxima (se vier a ocorrer) a aposentadoria.

Deixe uma resposta