Dominguinhos morre em São Paulo, aos 72 anos

O cantor, que lutava contra um câncer no pulmão há 6 anos, havia voltado para a UTI do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, nesta segunda-feira; o sanfoneiro tinha deixado a UTI no último dia 13, depois de apresentar melhoras quanto ao quadro de infecção respiratória e de controle da arritmia cardíaca, mas não resistiu à piora do quadro
O sanfoneiro, compositor e cantor José Domingos de Morais, o Dominguinhos, morreu no início da noite desta terça-feira (23/jul), em São Paulo, em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas. Ele havia voltado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio Libanês nesta segunda-feira. O músico havia deixado a UTI no último dia 13, depois de apresentar melhoras quanto ao quadro de infecção respiratória e de controle da arritmia cardíaca. A morte do cantor de 72 anos foi confirmada pelo Sírio-Libanês, que emitiu a nota de falecimento às 19h50. Dominguinhos foi vencedor do Grammy Latino em 2002, com o CD Chegando de Mansinho. Entre suas músicas mais conhecidas estão Eu Só Quero um Xodó, De Volta Para o Aconchego e Isso Aqui Tá Bom Demais. O artista lutava contra um câncer de pulmão há seis anos. Ele foi internado no Recife no dia 17 de dezembro do ano passado, com pneumonia e problemas cardíacos, tendo de colocar um marca-passo temporário. Devido às complicações no seu estado de saúde, Dominguinhos foi transferido para o Sírio Libanês no dia 13 de janeiro.
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply