Eduardo Nogueira lamenta redução do índice de reajuste do dissídio aos servidores municipais.

_DSC9005

O Vereador de Ribeirão Pires, Eduardo Nogueira (SD), lamentou o acordo firmado entre a Prefeitura da Estância e o sindicato da categoria, para pagamento de 4,5% de dissídio salarial, parcelado em três vezes. Anteriormente foi acertado o reajuste de 11,8% para pagamento integral em Maio.

“Sabemos da precária condição financeira da Prefeitura, contudo, não se justifica firmar um acordo e retroceder. 4,5% de dissídio é menos que metade da inflação do período, um desrespeito com o servidor.”

O parlamentar lembrou que a justificativa utilizada pelo Executivo merece considerações.

“O Município passa por dificuldades, isso é certo, mas dizer que não possui dinheiro para pagar o dissídio é inadmissível. No Diário Oficial há uma série de gratificações. Para isso existe verba?”, pergunta Eduardo Nogueira.

O Vereador irá questionar o fato através de documento, assim que a Câmara retornar do recesso parlamentar.

Deixe uma resposta