Em crise financeira, Ribeirão Pires corta salário de comissionados.

aerea-ribeirao-pires

A Prefeitura de Ribeirão Pires, preparou a folha de pagamento dos servidores para esta quarta-feira (30/11) sem incluir os salários dos funcionários comissionados. O prefeito Saulo Benevides (PMDB) admitiu que a situação financeira é ruim e que as sucessivas quedas de arrecadação tornaram o pagamento dos comissionados impossível.

Ao responder sobre o não pagamento aos comissionados, Benevides foi direto: “Sim é verdade estamos com dificuldades. Nunca atrasei (pagamento) ao longo desses anos, mas a arrecadação cai todos os dias”. O prefeito não soube precisar quantos são os servidores que ficarão sem pagamento amanhã, mas disse apenas que é um número “pequeno”.

Os comissionados em sua maioria secretários e assessores serão pegos de surpresa nesta quinta-feira, uma vez que o prefeito disse que não chegou fazer um comunicado, já que a decisão foi tomada hoje. Perguntado sobre se há alguma expectativa de pagamento dentro dos próximos dias, Saulo Benevides disse que “vai tentar” fazer os pagamentos, mas isso depende da prefeitura receber repasses dos governos estadual e federal.

“Não tenho o valor exato do rombo das contas, mas com a queda da arrecadação é automático o aumento de dívida. Ninguém paga IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), ISS (Imposto Sobre Serviços) e ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), e o FPM (Fundo de Participação dos Municípios ) caiu”, lamentou o prefeito. ABCDMaior

Deixe uma resposta