Em Ribeirão Pires, já começou a baixaria!

o-palhaço

É um tal de acusa daqui , aponta da li. Um frenético troca-troca e acusa-acusa que tenta desmoralizar adversários e varrer podres de polidos senhores para debaixo do tapete.

Ahhh… as eleições!!! Não se assustem! Esse é o maior espetáculo dessa terra serrana que apenas se inicia.

Eleitores sentem-se e acomodem-se, porque no picadeiro tem palhaço? Tem sim senhor! Sob essa lona tem ilibado? Não, não senhor!

Vejam: Fulano aponta, Cicrano rebate para logo após atacar Beltrano que não deixará por menos.

Enquanto isso, o respeitável público (que não é bobo), de boca aberta acompanha analiticamente a ausência produtiva em meio ao caos da saúde, ensino deficiente, obras inacabadas, promessas de ”new enchanted city” fitando as crateras do asfalto!

Não menos sério que o grafado acima, é a constatação de que o adversário de ontem, pode ser o aliado de hoje. Por isso é preciso muita prudência com o que se profere no calor de uma disputa eleitoral. Lamentavelmente, “pelo andar das Antas” não se pode esperar nada além, pela falta de repertório. O ideal seria um debate sério ao invés dessa luta cultural que pouco deixa a desejar aos combates de MMA. A população cansada desse joguete do “leva a cadeira quem esmurrar mais”, eleição a eleição, vem cada vez mais se ausentando das urnas por não suportar falta de boas propostas executáveis. Mais do que boas proposta, exige-se respeito. Diga “NÃO” a baixaria nas eleições! Luís Carlos Nunes

Deixe uma resposta