Enquanto a CEI da Saúde não sai sobram problemas no setor.

Eduardo Nogueira trans

Ribeirão Pires assistiu à ocupação da Câmara por jovens liderados pela união da Juventude Socialista (UJS), favoráveis abertura da CEI para investigar possíveis irregularidades na saúde.

Atividade legítima que merece o reconhecimento de todos nós. Meu apoio vem pela atitude, organização e determinação desse grupo que cobrou posição e clareza no trato público. A indicação da CEI foi votada em setembro de 2015, pedida por um grupo de vereadores, inclusive eu, para investigar o setor que acumula problemas. O requerimento aguarda desde então, a indicação dos membros. Os nomes que irão compor a CEI são de exclusividade do presidente da Casa, segundo o Regimento Interno. Cobro semanalmente a instalação da CEI, mas não sou atendido. Espero que com a repercussão do caso, possamos finalmente investigar o setor e descobrir os motivos da recorrente falta de medicamentos, médicos, exames e outros itens.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply