Escolas estaduais recebem matrículas de jovens e adultos que não concluíram os estudos.

9648

Interessados podem se inscrever na unidade de ensino mais próxima

Quem não concluiu os estudos e deseja voltar para dentro das salas de aula tem uma nova chance. A Educação abriu novas vagas para a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) com início no primeiro semestre de 2017. Escolas com vagas para classes da modalidade estão abertas em todas as regiões do Estado. Clique aqui para localizar a unidade de ensino mais próxima de sua casa.

No ato da matrícula é recomendável a apresentação de documento de identidade (RG, carteira de trabalho ou passaporte), comprovante de residência e, se possível, histórico escolar. A idade mínima para ingressar na modalidade depende do ciclo. É preciso ter no mínimo 15 anos para se matricular no Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e 18 anos no Ensino Médio (1ª a 3ª série).

Na EJA, a organização é semestral. Caso o estudante já tenha realizado anteriormente cursos regulares de Fundamental e Médio, a equipe gestora pode aplicar o “aproveitamento de estudos”. Assim, o candidato terá a opção de concluir apenas os termos que ainda restam.

Material didático

Em São Paulo, os alunos da EJA de Ensino Fundamental têm acesso a um material didático que faz do ‘mundo do trabalho’ o foco da aprendizagem. Os conteúdos fazem parte da distribuição do KIT “EJA no Mundo do Trabalho”, elaborado em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia.

A proposta é que, com base no cotidiano, os alunos consigam resolver exercícios que propõem temáticas como cálculo do adicional de férias, o pagamento das horas extras e o lucro líquido mensal, sempre com ajuda do Caderno do Aluno e vídeos. Orientações para elaboração de currículos e informações sobre o mercado corporativo também foram incluídos.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply