Esses vereadores declararam serem contrários a demolição da Fábrica de Sal.

voto contra

O projeto de construção de um Shopping Center em Ribeirão Pires em local hoje ocupado pela Fábrica de Sal, uma biblioteca e uma pré-escola irá a plenário para votação na próxima segunda-feira (14) na câmara de vereadores.

Para ser aprovado, o governo de Saulo Benevides (PMDB) precisará de 12 votos. Até o momento, 07 entre os 17 vereadores já se declararam contrários ao projeto, são eles: Berê do Posto (PMN), Diva do Posto (PR), Eduardo Nogueira (SD), Flávio Gomes (PPS), Gabriel Roncon (PTB), Paixão (PPS) e Renato Foresto (PT).

O tema tem despertado na cidade movimentações apaixonadas entre os que apoiam e os que são contrários. Os que concordam, tem como principal argumentação de que um Shopping Center na cidade aqueceria a economia local e geraria aproximadamente 1.000 empregos diretos e indiretos. Os contrários ao empreendimento defendem o tombamento da antiga Fábrica de Sal como patrimônio histórico, a criação no local de espaço público na área de cultura e laser bem como não concordam com a concessão do espaço por 99 anos avaliado em aproximadamente 20 milhões de reais para a iniciativa privada. Os contrários afirmam ainda que o Shopping Center pode prejudicar o comercio local com o fechamento dos mesmos e a perda dos atuais postos de trabalho.

A sessão da Câmara de vereadores de Ribeirão Pires acontece nessa segunda-feira (14) a partir das 14 horas.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply