Estelionatários fazem novas vítimas em agências bancárias de Ribeirão Pires.

extrato

Um professor da rede pública municipal de Ribeirão Pires, 31 anos ao consular seu extrato bancário constatou que houve um empréstimo pessoal debitado em sua conta no valor de R$ 400,00 e também um pagamento eletrônico no valor de R$ 1.026,99. A vítima informa que não realizou nenhuma das transações bancárias.

Já a despachante de 54 anos está arcando com um golpe que lhe rendeu prejuízo de R$ 13.592,49. O crime cibernético foi notado na última terça-feira (19), quando ao fazer verificação de seu extrato bancário percebeu movimentações na quais não havia conhecimento e tão pouco o fez. Habituada, em função de sua atividade profissional a realizar pagamento de taxas de veículos através do Cidadetran, serviço interno do banco Bradesco onde possui conta corrente em agência de Ribeirão Pires.

Em outro caso, uma mulher de 40 anos, titular de um cartão de crédito do HSBC constatou através de extratos bancários que um individuo não identificado realizou compras com o cartão em diversos estabelecimentos comerciais de Ribeirão Pires, a exemplo de supermercados, postos de gasolina prejuízo o que lhe proporcionou um rombo de R$ 1.000,00.

Em ambos os casos, a polícia judiciária realiza investigações.

Deixe uma resposta