Evento debate novo marco regulatório da mineração


Encontro promovido pela Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração do Estado da Bahia (Sicm), ocorrido na última segunda-feira, em Salvador, discutiu o desenvolvimento do setor de mineração na Bahia, além de subsídios que nortearão a elaboração do novo marco regulatório nacional do setor. Mais de 50 representantes da comunidade mineral baiana estiveram presentes no evento.

Na ocasião, o secretário James Correia afirmou que a mineração no Brasil passa por um momento muito importante, com a definição do seu novo marco regulatório. “Dentro desse contexto, o Governo do Estado pretende conhecer as expectativas da comunidade mineral baiana. Queremos que esse encontro seja o passo inicial nesse processo”, comentou.
De acordo com o secretário, com base na troca de informações, o governo baiano espera definir um esboço da mineração do estado, para ser apresentado ao governo federal e à Comissão de Minas e Energia da Câmara Federal. “Essa discussão é muito importante para que possamos ter um cenário real do que poderemos apresentar como proposição ao governo federal”, disse.
Segundo dados do governo do estado, a Bahia tem um dos maiores potenciais minerais do Brasil. Atualmente é o quinto maior produtor mineral do país, sendo o estado mais bem estudado geologicamente, com sua área coberta em 86% por levantamento aerogeofísico.

Seu extenso território possui uma gama de minerais com grande potencial para exploração, a exemplo da bauxita, ferro, cobre, níquel, ouro, manganês, titânio, vanádio, magnesita, molibdênio e quartzo de alta pureza.(com informações Secom-Bahia)
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply