Formosa: Bebê de gestação abdominal nasce saudável no Hospital do Oeste


Thianne Lira
Criança se desenvolveu por 40 semanas abdomen da mãe. Risco de mortalidade é 90 vezes maior do que em partos normais.
A mãe de 30 anos, veio da cidade de Formosa do Rio Preto, a 150 km de Barreiras, deu entrada no Hospital do Oeste com 40 semanas de gestação, já que o feto se apresentava em posição transversa, sendo indicada a cesariana. Mas, na hora do parto, para surpresa dos obstetras Fabiany Romeiro e Jailton Lopes, o bebê não estava no útero e sim no abdômen. O bebê nasceu com 3 kg e 40 centímetros, sem nenhuma deformação, pelo contrário, nasceu perfeito como qualquer outro bebê de gestação normal.
Diferente da gestação abdominal, na gravidez normal, o espermatozoide entra pelo útero e percorre a tuba uterina até encontrar o óvulo. Após fecundado, ele faz o caminho inverso, retornando para útero, local adequado para a gravidez se desenvolver.
A gravidez ectópica (fora do útero) acontece em 1% de todas as gestações do mundo. O risco de mortalidade materna é 90 vezes maior que uma gestação normal e o risco do bebê falecer é de 95%.
Terá sido este mais um milagre da nossa irmã Dulce? (do Jornal Nova Fronteira)

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.