Formosa: Nota de Esclarecimento – COLIGAÇÃO FORMOSA DE UM JEITO NOVO COM A FORÇA DO POVO

COLIGAÇÃO FORMOSA DE UM JEITO NOVO COM A FORÇA DO POVO

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Caros companheiros de lutas e esperanças, povo formosense!

Formosa do Rio Preto vive um momento único em sua história e diante dos atos patrocinados pelos que hoje detém o poder, cabe-nos esclarecer os fatos para que não reste unilateralmente a versão que circula entre todos nós com o fim único de fragilizar e confundir a população de uma maneira geral.

Ontem, como é do conhecimento de todos os formosenses, partidários do prefeito, em sua maioria funcionários públicos com cargo de confiança, praticaram atos de baderna e violência em frente ao Fórum quando da realização de audiência em processo por nós movido para apurar irregularidades nas eleições de 2012. Chegaram ao ponto de agredirem um Oficial de Justiça com socos. Soltaram foguetes e teve muita bebedeira, deixando transparecer a comemoração de uma vitória.

Temos consciência de que a razão está do nosso lado, mas nem por isso serei leviano e irresponsável ao ponto de cantar vitória antes da hora. Cabe à Justiça decidir de forma soberana e, por isso, teremos a paciência de esperar o desfecho final. Ontem foi apenas o primeiro ato de outros que virão. As comemorações são indevidas, levianas e precipitadas. Indevidas porque não há razão alguma para comemorar; levianas porque traduzem bem a irresponsabilidade dos comandantes; e precipitadas porque, como exímios conhecedores das leis e seus protocolos, expuseram e elevaram ainda mais o nível de insegurança em uma cidade inteira diante da queima de fogos e da disseminação da bravata de que saíram vencedores.

Não há vencedores. A decisão final das ações em curso não virá da vontade dos que comemoram hoje e sim da Justiça que determinará, depois de cumpridos todos os ritos processuais, quem irá governar Formosa do Rio Preto. Saibam todos que os processos estão em andamento. Ontem foi a primeira parte e outras duas audiências estão marcadas para os dias 11 e 30 do próximo mês de julho. E há mais 3 outros processos em andamento a espera de marcação de audiências.

Mantenham a serenidade e recusem qualquer forma de provocação. O nosso momento agora é de mantermos firmeza em nossos objetivos e tranquilidade diante dos que tentam passar para toda a população uma sensação de vitória antecipada, sem esperar o desfecho final a ser dado pela Justiça.

É a esperança que deve nos mover na direção dos nossos ideais, que nos deixa mais fortes diante dos projetos e promessas que não se concretizaram por aqueles que ganharam as eleições e não conseguem repousar em paz, pois que sabem os artifícios vis empregados para que chegassem ao poder.

Dizem que onde há fumaça há fogo. Neste caso, especificamente neste, onde se solta foguete, não existe vitória.


Abraços a todos vocês!

Deixe uma resposta