Gabriel Maranhão assina ordem de serviços para obras de tratamento de esgoto no Pq. América

“Saneamento básico mais que tratamento de esgoto é higiene e saúde para a população,” afirma o prefeito

O prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido), assinou na manhã desta segunda-feira (1/10) a autorização para que a Sabesp inicie a implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto nos bairros Parque América e Vila Fordiane.

Os investimentos que somam quase R$ 27 milhões, beneficiaram 5.000 pessoas e farão com que o esgoto desses bairros passe a ser enviado até a estação de tratamento, contribuindo para garantir mais saúde aos moradores e para melhorar a qualidade da água da represa.

Segundo o prefeito Gabriel Maranhão, após a conclusão dos serviços, a população terá inúmeros benefícios.

Prefeito Gabriel Maranhão autoriza o início das obras de saneamento básico para o Parque América

“O serviço de esgotamento sanitário no Parque América e Vila Fordiane são a concretização de um sonho. Desde o início de meu primeiro mandato que venho lutando para conquistar esse benefício. Segundo técnicos e especialistas, a cada R$ 1 investido em saneamento básico temos a economia de R$ 4 na saúde. Outro ponto de grande importância é a valorização imobiliária na região além de proporcionar na localidade um aspecto mais saudável. Me sinto muito feliz pela conquista, mas sei que temos muito o que fazer pela cidade de Rio Grande da Serra”, disse.

Segundo ainda Maranhão, “Com esta obra, a cidade dará um importante salto de qualidade de vida da população. Estamos trabalhando muito para levar cada vez mais qualidade de vida aos moradores da cidade. Saneamento básico mais que tratamento de esgoto é higiene e saúde para a população”, concluiu.

Rio Grande da Serra terra 100% de sua rede de esgoto tratada

Ainda durante o evento que aconteceu no Salão do Fundo Social de Solidariedade do município, Rio Grande da Serra recebeu das mãos do Secretário Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Ricardo Borsari, o Plano Municipal de Saneamento. O Plano entregue, leva em consideração a projeção do crescimento populacional de Rio Grande da Serra nos últimos 20 anos, bem como as possíveis indústrias que se instalaram na região, atividades que podem ser incorporadas, levantamento de todas as obras que precisarão ser feitas para suprir as necessidades da população e a análise aumento da demanda.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.