Justiça nega ter feito prisões por crime eleitoral em Ribeirão Pires.

debate

Diante boatos de que candidatos haviam sido presos realizando Boca de Urna em Ribeirão Pires, o Repórter ABC procurou os órgão policiais da cidade, judiciário e Cartório eleitoral em busca de clarear as especulações.

Segundo o Cartório Eleitoral da cidade, “houve algumas denúncias de crime eleitoral e o Juiz determinou acompanhamento por parte da Polícia Militar e GCM. Segundo ainda foi apurado, o juiz Eleitoral não determinou prisões, solicitou caso sejam flagrados desvios, que houvesse recolhimento de pessoas e material para elaboração de Termo Circunstanciado na Delegacia de Polícia”.

Até o momento, não há nenhum registro na Delegacia, Polícia Militar e GCM.

Deixe uma resposta