Kiko Teixeira enfrenta novo processo judicial.

5828909

O pré-candidato a prefeito em Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB), enfrenta no dia 10 de maio mais uma batalha judicial.

Dessa vez Kiko responde por improbidade administrativa por causar dano ao erário público, conforme denuncia apresentada pelo ministério público em Rio Grande da Serra.

O caso envolve nepotismo, quando o então Prefeito Kiko demitiu o filho do Secretário de Administração, Luis Castillo Lopes e logo após abriu processo licitatório para contratação de empresa de serviços de manutenção de informática. Sendo o vencedor do certame empresa BV Service Informática ME de propriedade do filho do citado secretário municipal o que despertou suspeitas por parte da promotoria local de houve superfaturado, pois um funcionário na mesma função receberia mensalmente na época cerca de R$ 1.000,00, mas o contrato recolocou o funcionário na mesma função ao custo de R$ 4.500,00 mensais.

O processo corre no Fórum Distrital de Rio Grande da Serra em 1ª Instância. Abaixo a íntegra da ação movida pelo Ministério Público na época.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply