Luís Eduardo: Em evento acadêmico Alecrim fala sobre segurança pública

O vice-prefeito e titular da pasta de Segurança, Ordem Pública e Trânsito de Luís Eduardo Magalhães, Marcos Alecrim, representou o governo do município na segunda noite de debates da V Semana Jurídica (Sejur) da Faculdade Arnaldo Horácio Ferreira (FAAHF), nesta quarta-feira, 14. O evento reuniu autoridades ligadas ao tema Segurança Pública no município como o Juiz de Direito da Vara Crime de Luís Eduardo Magalhães, Dr. Claudemir Pereira, Promotor de Justiça da Vara Crime, Dr. George Elias, Capitão da PM Cipe Cerrado, Giovanni Castro, Capitão da 5º Companhia da PM, Elpídio Sacramento, Delegado da Policia Civil, Rivaldo Luz, presidente do Conselho de Segurança do município (CONSEG-LEM), Jair Francisco e o Dr. Iuri Fernandez moderador da mesa.

O evento teve início com a apresentação de alunos do curso de Direito abordando a situação da segurança pública do município e as condições que se encontram as polícias na cidade. Em seguida, os debatedores iniciaram seus comentários, abordando a junção entre o poder público e a academia de ensino, discutindo as questões para melhoria na segurança pública na cidade. Para Alecrim, o ordenamento da segurança pública é um tema complexo que demanda muito trabalho e união. “Não basta colocarmos viaturas e policiais na rua, as Policias, Civil e Militar devem trabalhar em conjunto e quem sente é a comunidade”, disse.
Alecrim comentou também sobre as ações educativas realizada no trânsito da cidade no primeiro semestre deste ano e o início da aplicação de multas para quem infringir a legislação; explicou também sobre a central de monitoramento, uma parceria com a PM, que prevê a instalação de 29 câmeras em pontos estratégicos da cidade; a situação da Policia Civil e como o município auxilia no custeio de suas ações. O secretário saudou ainda a implantação do Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) e possibilidade de construção de uma cadeia pública no município com capacidade para 388 presos.

O debate se desenvolveu em torno da relação repressão e prevenção. É consenso que em Luís Eduardo Magalhães existe uma divisão de renda muito grande, o que gera como produto social, a criminalidade. Em nome do prefeito Humberto Santa Cruz o secretário saudou o poder de organização da sociedade na busca de soluções para os principais problemas de segurança do município. (Assessoria de Comunicação do Governo de Luís Eduardo Magalhães – ASCOM)

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply