Maranhão culpa vândalos por destruição mas deixa suas obrigações de lado.

O prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão postou em sua página oficial do Facebook, texto oficial da prefeitura onde acusa a população de cometer vandalismo. No post, é expresso: “Motoristas e pedestres sofrem com a falta de iluminação pública no trecho da Estrada do Rio Pequeno, que fica localizado depois do trevo do Cemitério Municipal até a Escola Estadual Cora Coralina. Devido à ação de vândalos, a fiação no local é destruída diariamente e, mesmo com reparos constante, por parte da empresa responsável, a Estrada fica sempre às escuras”.

A queixa do alcaide procederia caso o seu dever de casa estivesse sendo feito.

Nas imediações da queixa do prefeito, uma moradora diz: “Estou indignada com a atenção que é dada aos munícipes de Rio Grande da Serra. Moro em mais um bairro esquecido pelos órgãos competentes, se é que isso existe. Como todos sabem estamos sem transporte escolar, sendo assim o mínimo que poderiam fazer é facilitar o percurso dos pedestres. Aqui na estrada do Rio Pequeno, as crianças que frequentam a escola Ivete Vargas não tem como andar pelas calçadas devido ao mato que só espera por invadir a rua. É um absurdo!!!

Outro questionamento feito sobre a competência da gestão maranhão aponta da praça do Recanto das Flores.

Segundo o denunciante “crianças correndo risco de cobras no mato, e pior querendo aumentar o imposto pra 500,00 por causa da praça, mais que praça?

Segundo a queixa, a referida praça encontra-se cheia de mato auto, brinquedos totalmente enferrujados e quebrados, sem as menores condições de uso”.

Um outro munícipe reclama que ao procurar o sistema de saúde do município para uma consulta de rotina com um pediatra, ao solicitar ao médico verificar o ouvido de seu filho, o mesmo foi informado que tal procedimento não seria possível uma vez que o aparelho que seria utilizado encontrava-se sem pilhas a 2 meses…

Uma vergonha!

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply