Moinho Santo André iniciará contratação em 2 meses

O Moinho Santo André, que reabriu as portas nesta quinta-feira (26/07), administrado pelo grupo argentino Canuelas, informou que as contratações de funcionários deve iniciar em dois meses, quando a empresa passará a funcionar com produção 24 horas. “Hoje, estamos trabalhando com 98 empregos”, afirmou. A empresa estima a geração de 500 postos, entre empregos diretos e indiretos.

De acordo com o diretor institucional do Moinho Canuelas, Gustavo Segré, as contratações se darão por meio da Central de Trabalho e Renda da Prefeitura, que divulgará o início das contratações.”As pessoas vão se cadastrar por lá”, afirmou o diretor ao acrescentar que a empresa até poderia aceitar currículo em sua portaria, mas optou deixar a seleção das pessoas para o órgão ligado à Prefeitura.

O Moinho tem uma produção mensal de 7 mil toneladas de farinha de trigo e afins. Na empresa, além dos 98 funcionários diretos, ainda há 53 terceirizados e mais de 350 empregos indiretos especialmente na área da logística. O diretor citou, por exemplo, os caminhoneiros.

Com o funcionamento 24 horas, a produção passará para 15 mil toneladas por mês, ou seja, mais que o dobro, o que também dobrará os empregos (subirá para 200), além dos empregos terceirizados e indiretos

Moinho Santo André

A empresa argentina assinou contrato para subarrendar o local e poderá utilizar as instalações do antigo Moinho Santo André por um período de 30 anos e também quer atuar em projetos sociais do Fundo Social de Solidariedade.

“Vamos nos integrar com a padaria artesanal e fornecer material, aulas práticas, ajudando no que pudermos. Além disso, às quartas-feiras, doaremos pães fabricados aqui para serem doados para a população da cidade”, finalizou Gustavo Segré.

Speak up! Let us know what you think.