Morre aos 90 anos o historiador marxista Jacob Gorender


Morreu nesta terça-feira (11/mai) em São Paulo, aos 90 anos, Jacob Gorender, um dos mais importantes historiadores marxistas brasileiros.

Sua principal obra como historiador foi a tese “O Escravismo Colonial” de 1978, onde apresenta sua teoria para a compreensão da história colonial e imperial brasileira com base na apresentação do escravismo colonial, um modo de produção historicamente novo.
Entre seus trabalhos também se destacam “A burguesia brasileira” (1981) e “Combates nas trevas” (1987).
Gorender nasceu em Salvador em 20 de janeiro de 1923 e ingressou no Partido Comunista Brasileiro (PCB) ainda estudante, durante a II Guerra Mundial, na Itália, onde integrou a Força Expedicionária Brasileira (FEB).
Deixou o PCB na década de 60 para fundar o Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR). Em 1964, após o Golpe Militar no Brasil, Gorender foi preso e passou para a clandestinidade política. (EBC)
Assista o documentário da TV Câmara: Jacob Gorender: A esquerda Revelada


Deixe uma resposta