Mulheres agredidas terão amparo financeiro


A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou hoje (18/dez), projeto de lei que cria o Fundo Nacional de Amparo a Mulheres Agredidas, que garante às vítimas de violência doméstica uma bolsa mensal por período de um ano, no valor máximo de um salário mínimo. Como tramitou em caráter terminativo, o projeto seguirá direto para a Câmara dos Deputados. O dinheiro destinado a essas mulheres vai ajudá-las a se manter após a separação do cônjuge quando este for o provedor da família.
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply