Mulheres continuam sendo usadas para levar drogas e celulares para cadeias do ABC Paulista

Santo André

Mulher escondeu cocaína e maconha em absorvente íntimo mas foi flagrada pelo scanner

No Centro de Detenção Provisória (CDP) de Santo André, no sábado (8), os servidores de plantão constataram uma anormalidade na região abdominal de uma visitante, que passava por revista no scanner corporal. Ao ser encaminhada para local apropriado para revista manual, foi observado que a mulher levava substâncias características à maconha e à cocaína em seu absorvente íntimo.

Ainda no mesmo dia, outra visitante tentou entrar na unidade penitenciária de Santo André com ilícitos. Dessa vez, o material escondido era um aparelho celular que estava introduzido em seu corpo. O volume anormal na região abdominal da mulher foi visto pelo scanner corporal.

Os casos foram encaminhados ao 4° Distrito Policial de Santo André, onde foram registrados Boletins de Ocorrência para demais procedimentos cabíveis.

São Bernardo do Campo

Agentes do Centro de Detenção Provisória (CDP) “Dr. Calixto Antônio”, de São Bernardo do Campo, apreenderam entorpecente análogo à maconha com uma visitante da unidade. O fato foi registrado no último domingo (9), enquanto a mulher aguardava para passar por revista no aparelho body scanner.

Os agentes de plantão observaram um volume atípico na região dorsal, entre os ombros, da mulher que, ao ser questionada, afirmou ser a etiqueta do top que estava utilizando. Para realização de uma revista mais detalhada, a visitante foi encaminhada a local apropriado e o ilícito foi encontrado. Após recolhimento do entorpecente a mulher foi encaminhada ao 3° Distrito Policial de São Bernardo do Campo para registro de Boletim de Ocorrência.

Diadema

Durante o domingo (9), os agentes de segurança do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Diadema apreenderam uma visitante com entorpecente característico à maconha com um invólucro do ilícito introduzido em sua genitália.

Speak up! Let us know what you think.