Município do oeste receberão retroescavadeiras para combater os efeitos da seca


Para combater a difícil realidade de 100 municípios do Semiárido baiano, atingidos pelos efeitos de uma das maiores estiagens registradas na região, começará a mudar a partir da manhã desta segunda-feira (27). Neste dia, o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) vai promover a entrega de uma centena de equipamentos na cidade de Feira de Santana.
Os municípios oestinos de Canápolis, Cocos, Coribe, Cotegipe, Cristópolis, Formosa do Rio Preto, Mansidão e Serra Dourada estão selecionados para receber retroescavadeiras, enquanto Angical, Brejolândia, Baianópolis e Santa Maria da Vitória serão contempladas com Motoniveladoras.

No total, o MDA entregará na Bahia, 40 retroescavadeiras e 60 motoniveladoras  que integram a segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e serão utilizadas na reestruturação de estradas vicinais, para viabilizar o escoamento da produção agrícola, e na construção de reservatórios de água. O investimento total do MDA, somente nesta entrega, foi de R$ 27,744 milhões. Os equipamentos irão beneficiar 153.093 estabelecimentos da agricultura familiar que concentram 829 mil trabalhadores rurais.
Emergência
O delegado federal do MDA na Bahia, Welliton Rezende Hassegawa, destaca o caráter emergencial da entrega, assinalando que os critérios para a seleção dos 100 municípios foram os da impessoalidade e da real necessidade. “A prioridade foi atender municípios que ainda não receberam equipamentos do PAC, que possuem decretos ativos de situação de emergência, que reúnem os piores IDHs (Índices de Desenvolvimento Humano) e a maior concentração da agricultura familiar”, explicou Hassegawa. (ASCOM-MDA, editado por Oeste Global)
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply