No aniversário do golpe, Romário desgasta Marin


O deputado Romário, Presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara aproveita o 49° aniversário do golpe militar de 1964 para levar à sede da CBF petição pública com mais de 54 mil assinaturas pela saída de José Maria Marin da presidência da entidade. Junto com Romário, foi Ivo, o filho de Vladimir Herzog, jornalista covardemente assassinado por agentes da ditadura. Na justificativa da petição, Ivo diz que Marin ajudou a dar sustentação política ao regime militar.

Deixe uma resposta