Nos oito pés a quadrão. Autor: Assis Coimbra.

capa cordel

Eu canto todos os dias

Louvando as Santas Marias,

Pois tenho nas cantorias

A minha “santa” missão.

E pulsando o coração

Assim vou cantando tanto,

Na rua ou em qualquer canto…

NOS OITO PÉS A QUADRÃO.

*

Eu canto pra realeza

E também para a pobreza,

Que só me causa tristeza

Me levando a comoção!

Por isso eu não canto em vão

E faço a todos saber,

Que eu tenho muito a dizer…

NOS OITO PÊS A QUADRÃO.

*

Pra você que é covarde

E vou lhe capar mais tarde,

Peço apenas que me aguarde

Pois não darei meu perdão!

E teus comparsas verão,

Que eu nunca mando recado.

Pois o que é teu tá guardado…

NOS OITO PÉS A QUADRÃO!

*

Pra você que é mau político

Vou lhe deixar “paralitico”,

Pois o que eu digo pratico

Ou que tu queiras ou não!

Pois cabra que fala em vão

Tem um jeito de “fuleiro”!

E além disso é caloteiro…

NOS OITO PÉS A QUADRÃO.

*

Sei que você não me atura

Por saber que a cultura,

Faz parte da criatura

E dela eu não abro a mão!

Pois sou igual um rojão,

Quando explode no terreiro,

No rabo de um trapaceiro…

NOS OITO PÉS A QUADRÃO!

*

Pra você que é Baba-ovo

Aqui lhe digo de novo

O seu nome é Chupa-ovo

E capacho de ladrão!

Mas tu serve de padrão

Pra aquele que quer ser corno!

Que faz do chifre um adorno…

NOS OITOS PÉS A QUADRÃO!

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610 de 19/02/1998

Faço cordéis por encomenda.

Contatos:Assis_coimbra@yahoo.com

Fone e WhatsApp : (11}9.4213. 7976

visite o blog do Poeta clicando aqui

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply