O que esperar de um bom prefeito? Por Charles D’orto.

Em minhas andanças por Ribeirão Pires tenho ouvido muitas reclamações do povo a respeito da administração instalada no município. Muitas dessas reclamações surgem de fato da falta de assistência do Governo Municipal, como também outras surgem de pessoas desesperadas e com carências diversas que muitas vezes podem pela emoção formular críticas muitas vezes infundadas.

O prefeito não deve ser bom somente pelo fato de que ele te beneficiou de alguma forma, ou deve ser ruim porque fez o contrário. O papel do prefeito é mesmo administrar para todos, sem tentar agradar a uma meia dúzia de pessoas.

Partindo do pressuposto de que administrar é muitas vezes ter que contrariar interesses, é lógico que nem todos ficarão satisfeitos com qualquer que seja a administração, mas nem por isso o gestor deve buscar agradar a todos. O gestor deve mesmo é administrar para todos.

Eis algumas características de um bom prefeito. Analise se o seu prefeito têm esse perfil:

O bom prefeito é aquele que está a serviço do município, conhece as necessidades da comunidade e resolve seus problemas. Não só administra com dedicação e seriedade, mas também presta contas de seu trabalho.

Espera-se dele, fidelidade ao seu povo, expressa no cumprimento de um programa de governo previamente elaborado, capacidade administrativa, liderança política, bom conhecimento dos assuntos da cidade, equilíbrio no enfrentamento de crises, postura de diálogo aliada à capacidade de decisão no tempo oportuno, paciência e disponibilidade para ouvir a população e seus legítimos representantes, tolerância quanto à diversidade de estilo das pessoas com quem trabalha disponibilidade para ter presença contínua no município, hábito de trabalhar com planejamento e em equipe e coragem de dizer não, quando necessário.

Por último, o bom prefeito deve ter as qualidades necessárias para uma vida política sadia e honesta, com transparência nas atividades públicas, separação completa entre os recursos públicos e os interesses da família, dos amigos, de empresas e do partido. Por fim, pede-se a um bom prefeito que seja competente na arrecadação de recursos para dar conta das demandas populares.

O poder municipal é o que está mais próximo do contato direto com a população e o primeiro a ser questionado. Para muitos cidadãos, o prefeito é mais importante do que o presidente da República, pois é quem pode resolver o seu problema imediato. Promessas utópicas ou demagógicas serão cobradas, mais tarde.

Deixe uma resposta